Home/Pesquisa e Conhecimento/Centro de Estudos em Negócios/Núcleo de Estudos em Operações e Logística

Núcleo de Estudos em Operações e Logística

Carros e caminhões em rodovia

 

Contextualização

O Núcleo de Estudos em Operações e Logística (NEOL) é formado por professores, estudantes e profissionais comprometidos com a produção e a disseminação de conhecimentos sobre as melhores práticas de gestão de operações, logística e de cadeias de suprimentos que mais contribuem para a melhoria de desempenho das empresas.

A transformação digital, a indústria 4.0, o uso de práticas sustentáveis e a integração das cadeias de suprimentos são temas globais abordados em estudos e projetos do NEOL, desenvolvidos com o apoio e a parceria de empresas privadas e instituições nacionais e internacionais de pesquisa e fomento.

Nas últimas décadas, o bom gerenciamento das operações, da logística e das cadeias de suprimentos se tornaram chaves para que as empresas alcancem vantagens competitivas sustentáveis.

Tanto empresas de manufatura como de serviços buscam gerenciar seus recursos e processos estratégicos de forma a entregar bens e serviços que atendam às necessidades de qualidade, custo e tempo de seus clientes.

O Brasil, para se tornar um país mais competitivo, precisa desenvolver sua infraestrutura e investir em práticas de gestão que busquem eficiência e eficácia das operações de suas cadeias produtivas para que operem de forma mais produtiva e sustentável.

O relatório “Competitividade Brasil 2019-2020”, publicado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que o Brasil ocupa o penúltimo lugar no ranking comparativo entre 18 economias mundiais.

O país fica somente à frente da Argentina e, apesar de ter registrado uma redução da burocracia para abertura de empresas, não conseguiu se destacar.

Economias de países latino-americanos como Chile e México foram bem melhor que o Brasil, ocupando a 8ª e 12ª posição, respectivamente. Em primeiro lugar ficou a Coreia do Sul como a economia mais competitiva.

A partir de estudos e pesquisas baseadas em análises qualitativas e quantitativas, o NEOL espera contribuir para o debate, esclarecimento de causas, efeitos dos problemas relacionados aos desafios da gestão das operações, da logística e das cadeias de suprimentos, bem como no desenho de soluções eficientes, eficazes e sustentáveis.

As atividades do NEOL se alinham ao espírito de escola integrada que o Insper preconiza, portanto, busca construir pontes entre as áreas de Administração, Engenharia, Economia e Direito da instituição.

Frentes de Atuação

O Núcleo possui as seguintes frentes de atuação:

Icon Research
Atividades de Pesquisa
envolve desenvolvimento de projetos, sistematização e repositório de dados e publicações acadêmicas e técnicas, nos diversos formatos audiovisuais, para auxiliar na ampla disseminação do conhecimento.
Icon Learning
Atividades de Ensino
envolve desenvolvimento de cursos e disciplinas nos diversos programas de graduação, pós-graduação (stricto e lato senso) e educação executiva.
Icon service
Atividades de Extensão e Serviços à Comunidade
envolve realização de eventos em parcerias com outros Núcleos do Insper e stakeholders externos (empresas, universidades, entre outros). Envolve também desenvolvimento de projetos em parceria com organizações, com e sem fins lucrativos, bem como comunidades. Estes projetos são realizados por professores, colaboradores, alunos e profissionais parceiros da escol

Questões norteadoras

As questões que norteiam as atividades do Núcleo são:

  1. Quais as práticas de gestão das operações e das cadeias de suprimentos que impactam positivamente o desempenho das organizações?
  2. Como as novas tecnologias digitais estão impactando a gestão das operações e das cadeias de suprimentos?
  3. Como desenhar e operar sistemas produtivos complexos de forma mais sustentável, equilibrando aspectos ambientais, sociais, econômicos e de governança?

Coordenadores

André Duarte
Doutor em Administração de Empresas – EAESP-FGVE-mail: andrelcmd@insper.edu.br
Luiz Francisco Modenese Vieira
Doutor em Engenharia – MITE-mail: luizfmv@insper.edu.br

Integrantes e temas de pesquisa

Alex Camilli Bottene
Doutor em Engenharia de Produção – EESC-USP

Gestão integrada da manufatura, processos avançados de manufatura, sustentabilidade na manufatura, transformação digital.


André Filipe de Moraes Batista
Doutor em Engenharia da Computação – USP

Transformação digital, Data Analytics, estratégia de operações, logística urbana.


Carlos Magno de Oliveira Valente
Doutor em Automação da Manufatura – EESC-USP

Transformação digital, indústria 4.0, digital operations platform, systems engineering.


Fábio Ferraz Júnior
Doutor em Automação da Manufatura – EESC-USP

Indústria 4.0, transformação digital, aprendizado de máquina aplicado na indústria, manutenção 4.0.


Fábio Tescari
Doutor em Administração de Empresas – EAESP-FGV

Gestão da Cadeia de Suprimentos, Compras, Estratégia de Operações, Transformação Digital, ESG.


Fernando Picasso
Doutor em Administração de Empresas – EAESP-FGV

Risco e resiliência na cadeia de suprimentos; sustentabilidade em cadeias de suprimentos; responsabilidade social na cadeia de suprimentos.


Guilherme Silveira Martins
Doutor em Administração – EAESP-FGV

Qualidade e melhoria de processos, gestão da cadeia de suprimentos, gestão de estoques, gestão de fornecedores.


Irineu Gianesi
Doutorado em Administração de Empresas – Cranfield School of Management

Estratégia de operações, sales and operations planning, gestão de estoques, gestão de demanda.


Lars Meyer Sanches
Doutorado em Engenharia de Transportes – UNICAMP

Dinâmicas de Sistema (Strategy Dynamics), gestão de operações em start-ups, logística de alimentos perecíveis, BOP (bottom of the pyramid).


Priscila Borin Claro
Doutora em Administração – UFLA

Oportunidades e barreiras para sustentabilidade, estratégias orientadas à sustentabilidade, ODS e ESG, inovação orientada à sustentabilidade, relatórios de sustentabilidade.


Raphael Galdino dos Santos
Doutor em Engenharia de Produção – EESC-USP

Processos avançados em manufatura, engenharia do ciclo de vida, indústria 4.0.


Rinaldo Artes
Doutor em Estatística – IME-USP

Análise de risco em cadeia de suprimentos.


Vinicius Liks
Phd em Engenharia Elétrica – University of New Mexico

Gestão e simulação de processos, controle, processamento de sinais, vibrações mecânicas.


Vinicius Picanço Rodrigues
Doutor em Engenharia Mecânica – DTU

Sustentabilidade em logística e cadeia de suprimentos, pesquisa operacional aplicada, dinâmica de sistemas, engenharia de sistemas, simulação.

Publicações e Matérias recentes