Cursos e disciplinas em Empreendedorismo

Sabemos que alguns empreendedores, não só no Brasil, iniciam muitas vezes prematuramente suas carreiras no mundo dos próprios negócios, mas é imprescindível ressaltar que a busca por capacitação prepara melhor o futuro empreendedor para as intempéries do mercado, auxiliando na tomada de decisão com base em análise prévia de dados ou a estabelecer estratégias compatíveis com seus projetos. A aquisição de conhecimento ajuda a reduzir improvisos e, para isso, oferecemos cursos e disciplinas voltadas ao desenvolvimento e ampliação do conhecimento em empreendedorismo. Saiba mais sobre essas disciplinas e programas:

Graduação

- DESIGN THINKING: criatividade, prototipagem e validação de ideias para solução de problemas

  O objetivo da disciplina é Oferecer aos participantes ferramentas e técnicas de Design embasadas em criatividade, materialização de ideias (prototyping) e experiência do usuário (user experience) para solução de problemas, busca de oportunidades e promoção de uma atitude empreendedora e/ou intraempreendedora em diversas áreas.

  Trabalhamos o Design não somente aplicado à projetos mas também como uma forma de mudar comportamento (mindset change) e uma possibilidade de enxergar o mundo de maneira mais inovadora.

- Quociente empreendedor: pilares e dimensões do empreendedorismo

  O curso é um desdobramento de pesquisas realizadas na Universidade de Nova Iorque (NYU) durante 2013-2015. Ao completar o Programa de Mestrado, Thiago de Carvalho estudou como e por que os adultos aprendem negócios - e sobre negócios -, incluindo diferenças e complementaridades entre programas educacionais formais e informais, progressão estudantil, motivação e autodirecionamento.

  A metodologia por trás do curso baseia-se em algumas das mais recentes descobertas e estudos sobre a educação para o empreendedorismo.
Ao concluir o programa, os alunos serão capazes de:

. Analisar indivíduos e equipes que utilizam a metodologia QEMP
. Identificar os pilares do empreendedorismo e as dimensões pessoais ao analisar um novo empreendimento
. Construir um programa de desenvolvimento profissional, baseado nas necessidades dos empresários, equipes e empresas
. Distinguir entre necessidades e interesses de indivíduos, equipes, empresas e outros interessados


- STARTUP LAB

  Este curso foi estruturado para quem já tem uma startup ou pensa em criar uma nos próximos três anos. Além de aprender e vivenciar os fundamentos sobre como criar uma startup, esta disciplina também é um laboratório. Isto significa testar ideias e hipóteses que não darão certo.

  O objetivo da disciplina é fortalecer as competências empreendedoras visando, com isso, aumentar as chances de sucesso na criação de startups inovadoras e de rápido crescimento. Ao término do curso, o participante deve demonstrar suas competências na criação da sua própria startup, incluindo em um ambiente corporativo (corporate startups).

- INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS

   Este curso permite uma melhor compreensão de estratégias de inovação baseadas numa abordagem científica sistêmica, em todas as dimensões da inovação tecnológica, desde os processos de criatividade e ideação, os mecanismos de I&D, a análise dos mercados e do consumidor, etc. Os objetivos específicos incluem a criação de capacidades para:

    A) Identificar fenômenos de inovação, antecipar suas consequências e projetar modelos através dos quais o valor do negócio possa ser gerado
  B) Analisar uma empresa de base tecnológica e definir a dinâmica envolvida na sua criação e desenvolvimento, bem como as competências que as pessoas envolvidas necessitam possuir ou adquirir.
   C) Compreender os processos de investigação e inovação e medir os indicadores de eficiência e sucesso dos empreendimentos tecnológicos.
   D) Identificar fenômenos de criação de valor em diferentes setores, desde os mais tradicionais (energia, infraestrutura, agronegócio) até os impactos sobre a economia do conhecimento (TI, e-commerce, redes sociais)
   E) Explicar os modelos de negócios utilizados em empreendimentos tecnológicos, juntamente com o papel do capital de risco no seu financiamento.
   F) Analisar cenários de casos reais de empreendimentos tecnológicos, sucessos e fracassos, e ser capaz de explicar os fatores subjacentes responsáveis ​​por esse resultado

Pós - Graduação

CBA – Certificate in Business Administration
1) Empreendedorismo e Inovação
Esta disciplina visa a capacitar o aluno a criar, planejar e implantar iniciativas empreendedoras no âmbito das organizações ou do mercado.
Tópicos:
• Inovação: conceituação, aplicação, diferença e relação com Criatividade.
• Criação de Negócios: O Processo Mental do Empreendedor, Metodologia de Concepção Estratégica e Desenvolvimento de Modelos de Negócio.
• Empreendedorismo e Inovação no Ambiente Organizacional.
• Comportamento Empreendedor e Inovador.

2) Laboratório Integrado de Negócios
A disciplina desenvolve visão multifuncional e integrada da organização por meio de uma simulação global de negócios, favorecendo identificação de fatores críticos de sucesso e principais riscos, estabelecendo as relações estratégicas e operacionais entre as diversas áreas gerenciais (finanças, operações, marketing, qualidade, tecnologia e recursos humanos). A disciplina consolida o aprendizado desenvolvido durante o programa.
Tópicos:
• Criação de valor
• Vantagens competitivas
• Cultura organizacional
• Risco e retorno
• Produtividade
• Eficácia
• Inovação


MBA Executivo
Empreendedorismo
Nesta disciplina, serão apresentadas e discutidas as possibilidades que o empreendedorismo apresenta como carreira. Seja na criação e desenvolvimento de novas empresas, como a criação e desenvolvimento de novos negócios em empresas já existentes, na relação entre ideia e oportunidade de negócio.

Pós-graduação Stricto Sensu em Administração
- Mestrado Profissional em Administração
- Empreendedorismo e Criação de Novos Negócios
Para implantar suas ideias de novos produtos e/ou processos, imagina-se que qualquer indivíduo será forçado a montar uma nova organização (um “empreendimento”). Isso pode ocorrer mesmo no caso de organizações já existentes (“empreendedorismo corporativo” ou “intrapreneurship”). Esta disciplina arrola e discute as principais explicações, econômicas, sociais e culturais existentes para o processo de surgimento de novas empresas e dos fatores de êxito de novos empreendimentos, mesmo dentro de grandes empresas já existentes.

Educação executiva

Design Thinking para Empreendedores
Tem como objetivo desenvolver habilidades para empreender usando estratégias e ferramentas de Design Thinking. A fim de alcançar este objetivo, algumas metodologias e fases serão realçadas, como as técnicas de geração de insights e a prototipagem para validação ágil das ideias. Ao final do curso, o participante terá ampla visão do processo de Design Thinking e de sua aplicabilidade à geração e teste de novas ideias.

Empreendedorismo em Ação
Como desenvolver as habilidades necessárias para se tornar um empreendedor? A sua ideia de negócio é uma oportunidade potencial? Quais são seus objetivos financeiros? Você terá capital suficiente para iniciar o seu empreendimento?
 
Private Equity e Venture Capital
Apresenta como são estruturados estes fundos, quais são os critérios de seleção das empresas, os mecanismos de alinhamento, governança, os modelos de criação de valor e as práticas de relacionamento entre o fundo e o empreendedor.