Home/Biblioteca Telles/Elaboração de trabalhos acadêmicos

Elaboração de trabalhos acadêmicos

Biblioteca Telles

Cada trabalho de conclusão pode ter exigências diferentes de acordo com as especificidades de suas áreas de conhecimento e de cada programa de ensino oferecido na escola. Atente-se também às regras e especificidades de cada programa e em caso de dúvidas contate o professor ou orientador do trabalho.

Antes de iniciar as buscas, faça um planejamento da pesquisa!

Qual é o tema da Pesquisa? Qual o foco?
Descritores em Português Descritores em Inglês Fontes Bibliográficas Fontes de dados
Quais termos, descritores, palavras-chave ou sinônimos representam o tema da pesquisa? Quais termos, descritores, palavras-chave ou sinônimos representam o tema da pesquisa, em inglês? Quais fontes de informação, abertas e pagas , posso utilizar para me aprofundar no tema, identificar conceitos, fazer um referencial teórico? Que bases , abertas e pagas, posso utilizar para coletar dados do segmento, para “ilustrar” o meu trabalho, ou ser base para uma pesquisa empírica?

Utilize operadores ,“truques” e ferramentas de busca avançada para recuperar exatamente o que você quer!

“termo composto” Para recuperar materiais que contenham o termo ou FRASE EXATA
termo AND termo Para recuperar materiais que contenham TODOS OS TERMOS desejados
termo OR termo Para recuperar materiais que contenham QUALQUER UM DOS TERMOS
termo NOT termo Para excluir materiais que tenham termos que NÃO deseja recuperar
Busca Avançada Para buscar os termos em campos específicos. Ex: somente no título, assunto, resumo ou palavras chave

A biblioteca oferece uma seleção de Recursos de Busca agrupados de acordo com os diferentes tipos de informação.

Avaliando as fontes e recursos de informação
Atenção para analisar criticamente as informações localizadas e distinguir as fontes de pesquisa de qualidade:

  • A autoria é de um especialista conhecido, que pertence a uma instituição séria?
  • A informação é completa, objetiva, precisa e atualizada. Possui citações, referências e conclusões?
  • A fonte da informação é uma tese, artigo de revista com fator de impacto, um livro de renome, uma base de dados conceituada e confiável ou de uma página pessoal, blog ou revista de opinião?
  • Legalmente, posso utilizar estas informações? Há alguma restrição?

Gerencie suas citações e referências
A Biblioteca oferece ajuda para organização das referências bibliográficas através de ferramentas como o Mendeley e para redação de citações e referências de acordo com as normas da ABNT. Utilize-as!

Organize seus textos e anotações das leituras
Faça anotações durante o processo de busca e leitura de informações. Salve links, vídeos, etc. de uma forma organizada. Este cuidado te ajudará no momento de citar as ideias de outros autores e a não cometer plágio! O Mendeley também poderá ajudar neste processo.

Crie também um perfil na ferramenta de busca integrada e salve suas pesquisas e artigos!

Gestão do tempo
Planeje o tempo de acordo com os prazos do calendário acadêmico e do tempo que dispõe para cumprir todas as etapas.

Utilizar uma agenda e elaborar um cronograma é essencial para o bom desenvolvimento do trabalho. Indicamos também, o uso de um Checklist com as possíveis fases de desenvolvimento de um trabalho e que pode ser apoio para elaboração de um cronograma.

Na redação e apresentação do trabalho, leve em conta as indicações específicas do professor, as características do tipo de trabalho e as normas para formatação.

Alunos de Certificates e MBA devem utilizar exclusivamente as instruções disponíveis para sua tipologia de trabalho e demais orientações do professor e/ou orientador.

Estrutura do texto acadêmico

Pré-esquematizar o trabalho numa estrutura hierárquica de tópicos e sub tópicos, que seriam respectivamente os assuntos macro e específicos a serem abordados no trabalho, é útil para explicitar a organização lógica das ideias, qual é a linha de raciocínio a ser seguida no decorrer do trabalho. Este esquema nada mais será que a estruturação do sumário em capítulos e subcapítulos

Sugere-se que um texto acadêmico tenha:

Introdução

Texto breve, sintético e atrativo, onde se expõe o tema, problema , âmbitos, alcances e limites da pesquisa. O tema de pesquisa normalmente nasce de um problema percebido e ambos exigem uma face desconhecida a ser esclarecida pela pesquisa e é o que irá motivar a sua realização. Deve-se deixar claro qual aspecto do tema será abordado e o que não será objeto de estudo na pesquisa. Na delimitação do tema é importante atentar-se para a sua importância social ou relevância dentro de um determinado contexto, viabilidade financeira, viabilidade no tempo, acesso à teoria, acesso à bibliografia, dados, materiais disponíveis, relacionamento com o curso, etc. Tal cuidado evitará frustrações ou mesmo a necessidade de se redefinir o tema após o início do trabalho de pesquisa. O objetivo e a justificativa podem constar na introdução ou em item/capítulo a parte. OBS: Não é uma apresentação do aluno, tampouco uma reprodução das partes do trabalho, e sim uma abordagem do núcleo central do tema abordado.

Justificativa

Deve-se argumentar sobre a necessidade e o interesse do estudo. É um texto persuasivo que validará a investigação proposta, convencerá sobre a sua importância e pertinência. A justificativa é o porquê do estudo.

Objetivos

Deve-se deixar claro qual o objetivo do trabalho, ou seja, para que fins a pesquisa é realizada, onde se pretende chegar com os resultados. O objetivo deve estar relacionado ao problema da pesquisa, já que normalmente o objetivo final esta pautado no encontro de uma “solução” ou resposta para o problema. Pode-se apresentar em texto sequencial ou estruturado em tópicos, também podem ser divididos em objetivo geral, o que abrange o projeto como um todo e objetivos específicos, que somados uns aos outros levam a consecução do objetivo geral. Os objetivos devem ser propósitos possíveis de serem alcançados, devendo-se evitar objetivos gerais do tipo: “contribuir para o desenvolvimento da área”. O objetivo é o para quê do estudo.

Referencial Teórico

Deve-se incluir uma fundamentação teórica que revise as principais contribuições da literatura sobre o assunto, discutindo os conceitos, teorias e hipóteses que sustentam o trabalho e nas quais o aluno se apoia para alcançar o objetivo. O referencial teórico tem também o intuito de constatar que o trabalho é original, que houve uma pesquisa para saber se o trabalho já havia sido realizado e constatou-se que ninguém realizou. A expectativa desta fase é construir as bases teóricas da pesquisa. Basicamente compreende a busca de informações, leitura e redação reflexiva do texto, a partir das leituras e registros dos materiais coletados. Cuidado: Não é um simples agrupamento dos diversos textos lidos. É importante que haja uma conexão lógica entre eles e que se expresse o posicionamento do autor com relação às citações em um texto bem estruturado com início, meio e fim. Atenção para citar corretamente os conteúdos extraídos de outras fontes e não apropriar-se de ideias alheias. Dar crédito aos autores, citando corretamente as fontes utilizadas é imprescindível. A omissão da fonte original é apropriação de conteúdo caracterizada como plágio. Planejamento e organização no processo busca, leitura e registro dos textos, ajudará no momento da redação reflexiva do texto. Veja as ferramentas que podem ajudar nesta etapa.

Metodologia

Deve-se descrever qual a metodologia utilizada para o desenvolvimento do trabalho e alcance do objetivo proposto. Se foi aplicada algum método ou modelo específico. A metodologia deve permitir que outra pessoa possa reproduzir o estudo e comprovar os resultados., especificar se o trabalho é baseado em pesquisa bibliográfica ou empírica, indicando quais as fontes utilizadas, qual recorte temporal ou geográfico e eventual modelo utilizado para analisar os dados. A metodologia é o como o trabalho foi ou será realizado. Para saber mais sobre métodos e modelos científicos consulte os materiais disponíveis na biblioteca e discuta com seu orientador.

Análise/Resultados

Na apresentação e análise dos resultados é importante apresentar as técnicas e e procedimentos que foram utilizados nesta fase, tanto para a coleta quanto para a análise dos dados e discuti-los à luz dos conceitos analisados na fundamentação teórica.

Considerações Finais

A conclusão deve refletir o objetivo traçado na introdução do trabalho e fazer referência aos resultados da pesquisa, podendo ser seguida de recomendações. Alguns trabalhos podem ter como recomendação um estudo de aplicação prática ou a proposta de elaboração de um novo trabalho, um plano de negócios, por exemplo. É nas considerações finais que o aluno fará o seu maior posicionamento sobre o trabalho, ressaltando os resultados obtidos, a contribuição da pesquisa, a comprovação de que os objetivos pré-estabelecidos foram atingidos, corroborando ou não para a hipótese caso tenha sido proposta.

Estilos de escrita

Utilize o estilo acadêmico, que deve ser mais formal, claro e objetivo; O que não implica, necessariamente, em utilizar uma linguagem complexa.

Redija de forma correta, com uma linguagem clara e direta e com uma boa estrutura de organização do texto, permitindo leituras “estratificadas”, de modo que o leitor possa encontrar facilmente o que lhe é de interesse.

Algumas dicas úteis para escrever são:

  • Use uma linguagem clara e objetiva.
  • Não use abreviaturas.
  • Se utilizar siglas, escreva-as por extenso na primeira vez em que aparecerem no texto.
  • Evite o uso de termos absolutos como “sempre”, “nunca”, etc.
  • Evite o uso de frases feitas, como ditos populares.
  • Evite o uso de linguagem coloquial.
  • Evite o uso de jargões, frases muito longas e linguagem muito complexa.
  • Utilize as regras de pontuação e gramática corretamente.

Plágio

Como não cometer plágio? Honestidade acadêmica

Cuidado para não utilizar textos ou trabalhos de outras pessoas como se fosse próprio, isto é uma infração contra os direitos autorais. Lembre-se que, ao utilizar e citar textos ou ideias de outros se deve fazer a citação corretamente.

Os trabalhos desenvolvidos durante o curso devem ser originais e de autoria do próprio aluno. Atitudes desonestas na resolução de provas, exercícios ou elaboração de trabalhos que tentem impedir a justa avaliação dos professores serão consideradas fraudes, estando sujeito à aplicação do código de ética por infração de plágio ou desonestidade intelectual.

Plágio é apresentar como próprio o trabalho feito por outra pessoa e pode ser detectado de diversas formas. Os professores e orientadores dos trabalhos estão muito familiarizados com a literatura relativa à disciplina, área e assuntos abordados e ainda contam com a ajuda de programas de detecção de plágio que comparam trabalhos dos alunos com diversas fontes. Acesse a integra da cartilha de plágio e saiba mais!

Para evitar ocorrências de plágio devem-se desenvolver boas habilidades de escrita acadêmica, tais como: técnicas eficazes para fazer anotações, citar, parafrasear e recapitular. Para ajudar neste processo recomendamos a utilização da ferramenta Mendeley, que faz a gestão das citações e auxilia na elaboração das referências de acordo com as normas da ABNT.

Como citar

Utilizando fontes e ideias de outros autores no meu trabalho

O uso de  ideias de outros autores é fundamental para o embasamento de um trabalho acadêmico.  No entanto, para não incorrer em plágio é importante dar o crédito aos autores, fazendo as citações e referências corretamente.

A citação é a menção no texto de uma informação extraída de outra fonte, com indicação do autor da ideia.

Acesse aqui o Manual de Citação completo

ALUNOS INSPER DIREITOAcesse aqui o manual de citação específico para o Insper Direito.

LEMBRE-SE! Todos os materiais que forem citados no trabalho, devem constar na lista de referências, seguindo, obrigatoriamente, a mesma forma de entrada utilizada na citação. 

A menção da fonte citada pode ser feita da seguinte forma:

* Itens obrigatórios

1. Capa *

2. Folha de rosto *

3. Ficha catalográfica *

4. Folha de aprovação *

5. Dedicatória

6. Agradecimentos

7. Epígrafe

8. Resumo *

9. Abstract *

10. Lista de ilustrações

11. Lista de tabelas

12. Lista de abreviaturas

13. Sumário *

14. Texto *

14-a. Sessões ou capítulos

14-b. Siglas e notas de rodapé

14-c. Ilustrações

14-d. Tabelas, fórmulas e equações

15. Referências *

16. Glossário

17. Apêndice

18. Anexo

19. Índice