Home/Pesquisa acadêmica | Cátedras/Homenagem a Ruth Cardoso 

Homenagem a Ruth Cardoso 

(1930 – 2008)

Ruth Corrêa Leite Cardoso nasceu em 19 de setembro de 1930 na cidade de Araraquara, interior de São Paulo. Antropóloga, pesquisadora e ex-primeira dama do Brasil, Ruth Cardoso integrou o movimento responsável por transformar a agenda social brasileira nos anos 90, com a expansão da educação e atenção aos grupos vulneráveis, por meio da elaboração de programas de fortalecimento da sociedade civil e de promoção do desenvolvimento social.

Conheça mais sobre a trajetória de Dona Ruth Cardoso, nas palavras do filosófo Jorge Caldeira – em artigo publicado na Problemas Brasileiros, da Fecomércio -SP, número 448.

Veja também os depoimentos da filha, Beatriz Cardoso, e do marido, Fernando Henrique Cardoso, além dos amigos José Serra (senador) e Celso Lafer (ex-embaixador) nos vídeos em homenagem a Ruth Cardoso e também no vídeo da cerimônia de lançamento da Cátedra Ruth Cardoso, realizada em outubro de 2018.

Jorge Caldeira

Ruth Cardoso – uma obra que cresce

Empregando as técnicas da antropologia para lidar com os brasileiros pobres ela criou conceitos radicalmente novos. Sofisticando a análise com estatística, modelou políticas sociais inovadoras. Implementando tudo isso no governo comandou uma revolução em políticas sociais. Dez anos após sua morte, a herança é cada vez maior.

Continue a ler.

 

Homenagem a Ruth Cardoso

Familiares, amigos e os porta-vozes do Insper compartilham as contribuições de Ruth Cardoso na transformação das  políticas sociais no Brasil.

Evento de Lançamento da Cátedra Ruth Cardoso

Durante a cerimônia de lançamento, realizada em outubro 2018, o presidente Fernando Henrique Cardoso destacou: “Ruth era uma mulher que tinha muitas dimensões. Ela levava seus objetivos com persistência e modéstia, tanto na vida privada quanto na esfera pública. Ruth inovou na forma de fazer políticas socias no país e quebrou muitas barreiras. Entendeu o papel do setor privado e como fazer a conexão correta com os interesses públicos”.

Assista o depoimento completo de Fernando Henrique Cardoso, além da sua filha Bárbara Cardoso, o amigo José Serra e os convidados.

Carreira acadêmica

Obteve os seguintes títulos acadêmicos pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP): bacharelado e licenciatura em Ciências Sociais (1952), mestrado em Sociologia (1959) e doutorado em Ciências Sociais (1972). Em 1988, obteve pós-doutorado pela Columbia University, em Nova York, EUA.

Atuou como docente e pesquisadora na USP; no Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap); na pós-graduação em Antropologia Social do Museu Nacional do Rio de Janeiro; na Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO) e na Universidade do Chile, ambas em Santiago; na Maison des Sciences de l’Homme em Paris; e nas universidades de Berkeley e Columbia, nos Estados Unidos.

Principais obras publicadas

  • O papel das associações juvenis na aculturação dos japoneses (1959)
  • Comunidade solidária: fortalecendo a sociedade, promovendo o desenvolvimento
  • Favela: conformismo e invenção.
  • Estrutura familiar e mobilidade social: estudo dos japoneses no Estado de São Paulo
  • O desafio da cidade: reflexões sobre o trabalho do antropólogo urbano
  •  Sustentabilidade, o desafio das políticas sociais no século 21
  • Estrutura familiar e mobilidade social (1972)
  • A aventura antropológica: teoria e pesquisa (1986)
  • A trajetória dos movimentos sociais (1994)
  • Bibliografia sobre a juventude (com Helena Sampaio) (1995)
Fonte:  Fundação Fernando Henrique Cardoso.