Home/Agenda de Eventos/Políticas públicas para a inserção do agro brasileiro no mundo

O agronegócio é o setor mais internacionalizado da economia brasileira, mas tem grandes desafios em áreas como competitividade, governança, acesso a mercados e meio ambiente. Tais desafios decorrem de fatores domésticos, mas também estão conectados à sua inserção em um contexto global de incertezas. Essas, por sua vez, estão relacionadas à recuperação pós-pandemia, à credibilidade do multilateralismo e aos rumos da geopolítica mundial em consequência do conflito armado em curso, além da ameaça cada vez mais concreta das mudanças climáticas.

No segundo evento do Ciclo de Debates Agro Global de 2022, foram apresentadas e debatidas recomendações de políticas para a inserção competitiva e sustentável do agro brasileiro no mundo, a partir de documento preparado pelo Insper Agro Global e que é parte integrante do conjunto de sugestões “Política Externa do Amanhã” produzido pelo CEBRI (Centro Brasileiro de Relações Internacionais) para ser entregue aos candidatos à presidência da república.

Aprofundamos o debate com um grupo bastante qualificado de painelistas que discutiram sobre competitividade, sustentabilidade, mudança do clima, segurança alimentar, governança, acesso a mercados, sanidade, adição de valor, comunicação, infraestrutura e outros, no atual contexto de turbulência e volatilidade mundial. Recebemos Fernando Queiroz, CEO da Minerva Foods, José Roberto Mendonça de Barros, economista sócio da MB Associados, Paulo Hartung, presidente executivo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) e conselheiro do Cebri e Teresa Cristina Vendramini, presidente da Sociedade Rural Brasileira.

Veja como foi:

Informações

Data: 23/06/2022

Horário: 18h00

Local: Auditório Steffi e Max Perlman - Térreo

Entrada: Rua Uberabinha, s/n - São Paulo-SP

Estacionamento: Netpark - Entrada pela Rua Uberabinha, s/no.

INSCRIÇÕES

Realização:

Apoio institucional:

Logo do apoiadores do Agro     

Conheça os participantes

Carla Duarte

Diretora de Relações Externas no CEBRI. Atuou em empresas como Vale e Petrobras. Foi coordenadora institucional do Conselho Empresarial Brasil-China. É licenciada em Relações Públicas (UERJ) e mestre em Filosofia Política pela PUC-Rio.

Feliciano de Sá Guimarães

Diretor Acadêmico e Pesquisador Sênior no CEBRI e professor associado do IRI-USP. Estuda a identidade e a opinião pública sobre a política externa brasileira. Graduado em Relações Internacionais, mestre pela Unicamp/San Tiago Dantas e doutor em Ciência Política (USP).

Fernando Queiroz

CEO da Minerva Foods, onde atua desde 1992. Assumiu a presidência em 2007, tendo liderado o processo de abertura de capital e a estratégia de expansão e diversificação geográfica da empresa. Anteriormente trabalhou na Cargill. É administrador de empresas pela FGV.

Marcos Jank

Professor de agronegócio e coordenador do centro Insper Agro Global. Foi presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e do ICONE. Atuou como VP de assuntos corporativos da BRF para a Ásia-Pacífico, onde também representou entidades exportadoras do agronegócio.

José Roberto Mendonça de Barros

Sócio fundador da MB Associados consultoria econômica. Atuou em diversos conselhos de administração e consultivos. Economista com pós-doutorado em Yale. Foi secretário de política econômica do Ministério da Fazenda e professor da USP.

Paulo Hartung

Presidente executivo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), membro de conselhos como RenovaBR, Cebri entre outros. Foi diretor no BNDES, governador do Espírito Santo, senador, prefeito de Vitória, deputado federal e estadual. É economista e “Doutor Honoris Causa” pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Teresa Cristina Vendramini

Presidente da Sociedade Rural Brasileira é produtora rural e pecuarista. Já foi presidente da Federação das Associações Rurais do Mercosul. Formada em Sociologia e Política.