Logo InsperPublicas
Análises, notícias e reportagens sobre gestão, governos e políticas públicas

Edição 14 ●  8 de junho de 2022
Quero assinar
    GESTÃO PÚBLICA
Ex-alunas juntam conhecimentos na transformação das políticas públicas
Amanda Faria Lima e Taís Borges participaram de diversas fases da concepção da cartilha “As prefeituras e o governo aberto”
Ilustração de governo eletrônico
Transparência e prestação de contas são alguns dos princípios do governo aberto

Quiseram as circunstâncias que o Insper contribuísse para alguns dos encontros que resultaram na cartilha As prefeituras e o governo aberto: transformando a relação entre o governo e a sociedade, lançada pelo GPúblicas: Rede de Mulheres na Gestão Pública e pelo Instituto Governo Aberto (IGA). Entre as convergências, estavam duas ex-alunas do Programa Avançado em Gestão Pública (PAGP), Amanda Faria Lima e Taís Borges.

Leia mais
    POR TRÁS DOS NÚMEROS
Projeto avaliou os indicadores de abertura de governo de 102 países
No ranking elaborado pela organização independente World Justice Project, o Brasil ocupa a 38ª posição, ao lado de Índia e Colômbia

Governo aberto é aquele que compartilha informações, que empodera os cidadãos para que possam fiscalizar o poder público e que promove a participação da sociedade civil nas decisões sobre políticas públicas. Há diversas formas de medir os indicadores de abertura do governo. Diante disso, o World Justice Project (WJP), uma organização multidisciplinar independente, escolheu combinar pesquisas em domicílios e questionários respondidos por especialistas para criar índices de governo aberto para 102 países.

Gráfico: Violência contra as mulheres no Brasil
Leia mais
    DESIGUALDADE
Escolaridade e sucesso eleitoral expõem a desigualdade racial no Brasil
Pesquisas mostram como os sistemas educacional e político impedem transformações substantivas no quadro socioeconômico brasileiro, diz o economista Michael França
Alunos em escola pública no interior da Bahia
Alunos de uma escola pública no interior da Bahia

Dois trabalhos recentes do Núcleo de Estudos Raciais, ligado ao Centro de Gestão e Políticas Públicas do Insper, esmiúçam a desigualdade entre brancos e negros no Brasil. O primeiro estudo, ainda em andamento, mostra que a diferença entre o número médio de anos de estudo de brancos e negros diminuiu no Brasil, mas existe uma lacuna relevante no desempenho escolar entre esses dois grupos. A segunda pesquisa, Desigualdade racial nas eleições brasileiras, indica que candidatos brancos têm o dobro de chance de se elegerem deputado federal ou estadual em relação a candidatos negros.

A disparidade no desempenho educacional já estava visível na análise dos dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa). “Se os estudantes brancos entrassem de férias e, depois de dois anos voltassem à escola, mesmo assim eles estariam à frente dos negros”, diz Michael França, coordenador do Núcleo de Estudos Raciais, que tem conduzido uma série de estudos com os também economistas Sergio Firpo, Alysson Portella e Rafael Tavares.

Leia mais
    SAÚDE
Formar médicos em regiões desprovidas reduziria disparidades no Brasil
Não é só dinheiro: profissionais valorizam atuar nos locais de nascimento ou graduação, conclui estudo
Foto de um médico segurando um estetoscópio
Médicos no país se concentram nas capitais e grandes cidades

No Brasil, a escassez de médicos em algumas regiões é resultado de desigualdades na distribuição geográfica desses profissionais: se em determinadas áreas a oferta de médicos é abundante, em outras é insuficiente para cobrir as necessidades da população.

Em estudo recentemente aceito para publicação, Francisco Costa (University of Delaware), Letícia Nunes (Insper) e Fabio Miessi (BI Norwegian Business School e Insper) simulam os efeitos de diferentes políticas públicas sobre a distribuição geográfica de médicos no Brasil.

Leia mais
    EDUCAÇÃO
Núcleo Ciência pela Gestão Educacional debate os desafios da gestão educacional
Seminário promovido pela parceria entre o Insper e o Instituto Unibanco prossegue hoje com painéis sobre a avaliação e o monitoramento da gestão escolar
Evento do Núcleo Ciência pela Gestão Educacional (NCGE)
Painel do seminário sobre gestão educacional

Ao longo dos últimos 20 anos, o Brasil dedicou, no total, o equivalente a mais de 85% de um PIB anual em investimentos em educação. Ainda assim, permanece distante de cumprir as sete metas do Plano Nacional de Educação envolvendo resultados da educação básica. Parte desse fracasso se deve a falhas na gestão educacional.

Foi com esse desafio em vista que, em 2019, o Insper e o Instituto Unibanco lançaram um grupo com o objetivo de ampliar a rede de pesquisadores que produzem conhecimento científico sobre gestão educacional. Trata-se do Núcleo Ciência pela Gestão Educacional (NCGE), que está realizando o 1º Seminário “Instrumentos para Avaliação e Monitoramento da Gestão Educacional”. O evento teve início na tarde de 7 de junho e prossegue ao longo do dia 8 com discussões sobre instrumentos de mensuração e avaliação da gestão e da liderança escolar que estão disponíveis nos contextos brasileiro e internacional. 

Leia mais
    URBANIZAÇÃO
A transformação social, ambiental e urbanística da Ilha de Deus
Livro retrata os desafios e as conquistas de comunidade de pescadores localizada em Recife em um dos maiores manguezais urbanos do país
Webinar sobre a Ilha de Deus, em Recife
Participantes do webinar sobre o livro

Localizada na zona sul da cidade de Recife, em um dos maiores manguezais de área urbana do país, a Ilha de Deus tem uma história que remonta ao início do século 20, quando se formou uma comunidade de pescadores artesanais. Em 2007, depois de vencer uma licitação, a consultoria Diagonal iniciou, de forma participativa com os habitantes da ilha, um trabalho de urbanização da Ilha de Deus.

Toda essa história é relatada no livro Ilha de Deus – uma História de Resistência e Transformação, escrito por Carolina de Queiroga Jucá, analista de projetos na Diagonal, e Vilma Dourado, do Conselho de Gestão da Diagonal e responsável técnica da área social.

As duas autoras, assim como Álvaro Jucá, cofundador da Diagonal, e Deise Coelho, diretora da Condominium, empresa do Grupo Diagonal, participaram de um webinar no dia 17 de maio, no Insper.

Leia mais
    ESTUDE NO INSPER – INSCRIÇÕES ABERTAS
Gestão das Águas no Contexto das Mudanças Climáticas
Icone data Início das aulas: 21 de junho

Com 30 horas, o curso online Gestão das Águas no Contexto das Mudanças Climáticas visa capacitar profissionais de diversas áreas para uma atuação sólida na agenda da segurança hídrica no Brasil.
Como Cobrir Mudanças Climáticas e Mercado de Carbono
Icone data Início das aulas: 2 de julho

O curso online Como Cobrir Mudanças Climáticas e Mercado de Carbono, com 30 horas, oferecido em parceria com a revista Veja (Grupo Abril), pretende fornecer a jornalistas os principais conceitos, dados e fontes da agenda climática nacional e global.
Inovação e Transformação no Setor Público: Desafios para Uma Prática Disruptiva
Icone data Início das aulas: 11 de julho

O curso online Inovação e Transformação no Setor Público: Desafios para Uma Prática Disruptiva, com 24 horas, vai discutir os desafios e as oportunidades para a inovação no setor público, aplicando metodologias para a transformação digital com foco no cidadão.
    ACONTECE NO INSPER
    Encontro com a Coordenação | Políticas Públicas
14 de junho | 19h30

O objetivo do Encontro com a Coordenação é auxiliar candidatos no processo de análise e decisão pela instituição de ensino e programa que melhor atendam às suas expectativas. Neste encontro, serão abordados os cursos Programa Avançado em Gestão Pública e Master em Gestão Pública. O encontro será realizado online via Microsoft Teams.

    CASO VOCÊ TENHA PERDIDO...
O que deu errado? Livro aponta lições para recolocar o país no trilho certo
  “Para Não Esquecer: Políticas Públicas que Empobrecem o Brasil” mostra que é possível aprender com os equívocos e não insistir nos erros
Delegacia da mulher está ligada a redução de homicídios femininos
  Municípios com esse órgão se beneficiaram após a Lei Maria da Penha, de 2006
Aluna do Master em Gestão Pública lidera a Virada ODS da prefeitura de São Paulo
  Malu Molina está à frente da maior política pública municipal para ampliar a conscientização popular e o engajamento rumo aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
  Obrigado pela leitura!
 
Você recebeu este e-mail porque tem uma ligação com o Insper ou se inscreveu para assinar esta newsletter.
 
Quero assinar
 
Logo Insper Centro de Gestão e Políticas Públicas
 
Respeitamos a sua privacidade. Se não quer receber mais, clique aqui.
 
Ícone do Linkedin Ícone do Facebook Ícone do Twitter Ícone do YouTube Ícone do Instagram