Logo InsperAgroGlobal
Análises, notícias e reportagens sobre o agronegócio.
Esta newsletter é uma iniciativa vinculada ao Centro de Gestão e Políticas Públicas

Edição 7 ● 18 de maio de 2022
Quero assinar
“Temos uma necessidade brutal de qualificação da cobertura jornalística sobre o agronegócio”
O gaúcho Marcelo Rech, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), fala sobre a importância do novo curso do Insper para profissionais que cobrem o setor
Plantação de girassóis
Marcelo Rech, presidente da Associação Nacional de Jornais

O Insper oferece, de 25 de maio a 10 de julho, o programa executivo “O Papel do Agro em um Mundo Complexo”, voltado para jornalistas e profissionais de mídia dos principais veículos de comunicação do Brasil. O curso busca proporcionar uma formação qualificada sobre temas-chave que fazem parte da dinâmica nacional e global do agronegócio. O programa compreende 70 horas, incluindo aulas virtuais, debates presenciais e uma viagem técnica de imersão no setor no Mato Grosso, principal estado agrícola do país.

No total, foram convidados 35 jornalistas, dos principais veículos de comunicação do Brasil. Eles receberam bolsas integrais do Insper que irão cobrir os custos de ensino e da viagem ao Mato Grosso. O curso será oferecido com o apoio de quatro entidades: a Associação Nacional de Jornais (ANJ), a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação dos Correspondentes Estrangeiros no Brasil (ACE).

“O curso do Insper é um programa bastante amplo, muito bem montado, com atividades online e presenciais e visitas a campo”, disse o jornalista gaúcho Marcelo Rech, que preside a ANJ desde 2017 e é membro do comitê executivo da World Association of News Publishers e vice-presidente do Fórum Mundial de Editores.

Em entrevista, Rech falou sobre a importância de um jornalista especializar-se numa determinada área, buscando tornar-se uma referência no tema, e destacou as oportunidades para os profissionais que cobrem o agronegócio no país.

Leia mais

SUSTENTABILIDADE
Os desafios do agro brasileiro para o protagonismo na bioeconomia global
A economia baseada no uso de recursos alternativos e de base biológica representa uma grande oportunidade para o país, mas é preciso desatar os nós tecnológicos, econômicos e institucionais
amazon-river-rain-forest-jungle-brazil
A floresta e o céu refletidos nas águas do rio Amazonas

Enfrentamos hoje várias consequências da ação humana sobre o meio ambiente, como as mudanças climáticas, a escassez de recursos e a pandemia da covid-19, que vêm acelerando várias ações de mitigação de impactos, restauração e produção. É um contexto muito favorável ao Brasil, país que detém a maior floresta tropical do mundo, representando entre 10% e 20% da biodiversidade mundial.

Bioeconomia é um campo difícil de definir e delimitar, pois, na prática, tudo o que tem vida e valor econômico pode entrar nesse conceito. No entanto, atualmente, o termo usualmente engloba recursos alternativos e de base biológica que necessitamos como sociedade: novas moléculas, novos materiais, novos combustíveis — mais sustentáveis no seu processo de produção e de uso. Em outras palavras, pode ser entendido como o caminho para uma economia madura e sustentável convergente com toda a discussão climática e ambiental em curso.

Gráfico:
Leia mais
MERCADO GLOBAL
Especialistas vão debater recomendações de políticas para inserção global do agronegócio
O evento “Políticas Públicas para a Inserção do Agro Brasileiro no Mundo” acontecerá em 23 de junho no Insper
colheitadeira de milho
Colheita de soja na região Centro-Oeste

O agronegócio é o setor mais internacionalizado da economia brasileira, mas tem grandes desafios em áreas como competitividade, governança, acesso a mercados e meio ambiente. Tais desafios decorrem de fatores domésticos, mas também estão conectados com sua inserção em um contexto global de incertezas. Essas, por sua vez, estão relacionadas à recuperação pós-pandemia, à credibilidade do multilateralismo e aos rumos da geopolítica mundial em consequência da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, além da ameaça cada vez mais concreta das mudanças climáticas.

Com esse pano de fundo, o Insper Agro Global e o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri) promovem no dia 23 de junho, das 18h às 20h, o seu segundo debate no ano, sobre o tema “Políticas Públicas para a Inserção do Agro Brasileiro no Mundo”. No encontro, que acontecerá no Insper, serão apresentadas e debatidas recomendações de políticas para a inserção competitiva e sustentável do agro brasileiro no mundo, a partir de um documento preparado pelo Insper Agro Global em parceria com o Cebri e que será entregue aos candidatos a presidente na eleição deste ano.

Reserve a data. Em breve, mais informações sobre o evento aqui no InsperAgroGlobal.

ACONTECE NO INSPER
    Negócios: Um Assunto de Mulheres
19 de maio |  12h

A escritora Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, é a convidada do evento Negócios: Um Assunto de Mulheres, um bate-papo sobre o empreendedorismo feminino no Brasil. Também participarão do evento as empreendedoras da comunidade Insper Andresa Bicudo (Backstage), Bárbara Diniz (Dress and Go) e Patrícia Palomo (Controlow). O encontro será mediado por Ana Calçado, conselheira do Hub de Inovação do Insper e CEO da Wylinka, uma organização dedicada a promover o empreendedorismo e a inovação.

    Caso Real: Banco Lavra e Família Papa
24 de maio | 8h30

Quando uma família é também “dona de banco”, é comum que surjam fantasias de riqueza, prestígio e poder. Como isso repercute nas relações familiares e no desenvolvimento de seus herdeiros? Esse é um dos temas do webinar Caso Real: Banco Lavra e Família Papa, com a participação de Amedeo Papa, sócio fundador da consultoria Pracis, e Roberta Nioac Prado, sócia fundadora da consultoria Legar G&G.

    20 Anos do Código Civil: Retrospectiva e Perspectivas
24 de maio | 19h

A evolução do Direito Empresarial e das obrigações e dos contratos nas últimas duas décadas, bem como as polêmicas em torno desses temas, serão debatidas no evento 20 Anos do Código Civil: Retrospectiva e Perspectivas. Após os debates, haverá o coquetel de lançamento dos dois volumes da obra coletiva “A Evolução do Direito Empresarial e Obrigacional – 18 Anos do Código Civil”, coordenada por Henrique Barbosa e Jorge Cesar Ferreira da Silva.

CASO VOCÊ TENHA PERDIDO...
Os países da ex-União Soviética terão um futuro agroexportador?
Com as estruturas do comércio internacional abaladas pelo conflito entre a Rússia e a Ucrânia, o agronegócio dos países da antiga URSS ganhou holofotes globais. Há grande potencial, mas também enormes desafios
“Agropecuária brasileira tem a responsabilidade de garantir a segurança alimentar e ajudar na descarbonização”
Mariane Crespolini, doutora em desenvolvimento econômico e ex-diretora no Ministério da Agricultura, fala sobre tecnologias que ajudam a tornar a produção brasileira mais sustentável
Obrigado pela leitura!
Você recebeu este e-mail porque tem uma ligação com o Insper ou se inscreveu para assinar esta newsletter.
Quero assinar
Logo Insper Logo Insper
Respeitamos a sua privacidade. Se não quer receber mais, clique aqui.
Ícone do Linkedin Ícone do Facebook Ícone do Twitter Ícone do YouTube Ícone do Instagram