Logo InsperAgroGlobal
Análises, notícias e reportagens sobre o agronegócio.
Esta newsletter é uma iniciativa vinculada ao Centro de Gestão e Políticas Públicas

Edição 2 ● 14 de março de 2022
Quero assinar
MERCADO
A alta global do preço das commodities agropecuárias e a inflação de alimentos no Brasil
A crise tende a elevar ainda mais os preços agrícolas, mas é importante ponderar que nas últimas décadas a alta produtividade contribuiu para o controle da inflação e para o aumento da renda dos brasileiros
Trator colhendo trigo

Nos últimos dois anos, todos os indicadores macroeconômicos foram contaminados pelos efeitos deletérios da pandemia da covid-19. Mas, diferentemente de outros setores da economia, o agronegócio brasileiro registrou forte crescimento, acumulando alta de quase 38% em termos de renda em dois anos.

O principal motor de expansão do agronegócio brasileiro é o segmento exportador de commodities agropecuárias e alimentares, que em 2021 cresceu quase 30% em valor de embarques na comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo o recorde de US$ 120,8 bilhões.

Se por um lado esse resultado tem ajudado a minimizar os efeitos da crise gerada pela pandemia na economia brasileira, por outro tem causado preocupação para a sociedade em função de uma alta expressiva nos preços dos alimentos, influenciada também pela desvalorização do real no período. Essa preocupação ganha contornos ainda mais graves com a guerra na Ucrânia.

Gráfico da Produção de cereais
Fonte: IBGE (2022)
Leia mais
CONFLITO NA UCRÂNIA
A guerra e a dependência brasileira no setor de fertilizantes
O país não conseguirá reduzir sua necessidade imediata de importação do insumo, mas precisa colocar em prática um planejamento estratégico com visão no longo prazo
sacos de fertilizantes

A guerra entre a Rússia e a Ucrânia deixou clara a forte dependência do agronegócio brasileiro em relação a fertilizantes importados. O Brasil, com um consumo de 8,3% da produção global, fica atrás apenas da China (24%), da Índia (14,6%) e dos Estados Unidos (10,3%). Juntos, esses quatro países representam quase 60% do consumo mundial, mas das quatro nações apenas o Brasil tem produção doméstica de baixa relevância, o que coloca o país na sensível posição de maior importador de fertilizantes do mundo.

Gráfico do Brasil, consumo aparente de fertilizantes

A dependência brasileira das importações de fertilizantes há anos tem provocado um debate sobre novas políticas públicas e estratégias privadas para aprimorar o funcionamento desse mercado. A redução da dependência não ocorrerá no curto prazo, mas é prioritário que esse planejamento seja executado com seriedade, mesmo quando a fase mais aguda da crise passar.

Leia mais

ESTUDE NO INSPER – INSCRIÇÕES ABERTAS
Direito do Agronegócio
Icone data Início das aulas: 21 de março

Com 40 horas, o curso presencial Direito do Agronegócio oferece uma visão abrangente sobre o funcionamento dos sistemas agroindustriais e os negócios jurídicos realizados dentro desse contexto.
Gestão e Governança no Agronegócio
Icone data Início das aulas: 9 de maio

O curso online Gestão e Governança no Agronegócio, com 30 horas, é voltado a gestores, empresários e produtores ligados ao agronegócio que buscam maior compreensão sobre conceitos e ferramentas para a gestão de negócios agrícolas.
ACONTECE NO INSPER
Geopolítica e Desafios do Agro Brasileiro em Tempos Turbulentos
24 de março, das 18h às 20h

O Insper e o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri) promovem o evento Geopolítica e Desafios do Agro Brasileiro em Tempos Turbulentos, com dois painéis. No primeiro, serão debatidos os “Mercados e geopolítica do agro brasileiro na Eurásia”, com a participação de André Corrêa do Lago (embaixador do Brasil na Índia), David Roquetti Filho (consultor empresarial e diretor executivo da Anda) e Larissa Wachholz (ex-assessora da ministra da Agricultura para assuntos de China).

O segundo painel, com o tema “Desafios da pauta exportadora do agro brasileiro: diversificação e diferenciação”, terá a presença de Flávio Bettarello (diplomata, ex-secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Mapa), Luiz Roberto Barcelos (diretor institucional da Abrafrutas) e Sueme Mori (diretora de relações internacionais da CNA).

A abertura do evento será feita por Julia Dias Leite, presidente do Cebri. A moderação estará a cargo de Marcos Jank, coordenador do Insper Agro Global. O evento será presencial, com transmissão pelos canais no Youtube do Insper e do Cebri.

CASO VOCÊ TENHA PERDIDO...
A crise da Ucrânia e a nova geopolítica do agro global
O conflito com a Rússia vai impactar os mercados agrícolas e pode impulsionar novas constelações da geopolítica global do agronegócio
Mercado de precificação de carbono traz oportunidades para o Brasil
Pesquisadores do Insper ouvem 17 especialistas para avaliar as perspectivas econômicas proporcionadas por ações de redução de emissões no campo
Exportações: recorde em valor embarcado graças à alta dos preços internacionais
A China amplia a vantagem como o principal destino das exportações do agronegócio brasileiro
Obrigado pela leitura!
Você recebeu este e-mail porque tem uma ligação com o Insper ou se inscreveu para assinar esta newsletter.
Quero assinar
Logo Insper Logo Insper
Respeitamos a sua privacidade. Se não quer receber mais, clique aqui.
Ícone do Linkedin Ícone do Facebook Ícone do Twitter Ícone do YouTube Ícone do Instagram