Home/Pós-Graduação/Programas Avançados/Programa Avançado em Transformação Digital: Gestão, Operações e Tecnologia

Programa Avançado em Transformação Digital: Gestão, Operações e Tecnologia

A transformação digital dos negócios é uma realidade e está acontecendo em ritmo acelerado nos mais diversos setores da economia. A forma como as organizações criam valor para seus clientes, a partir de novos modelos de negócio e de tecnologias digitais emergentes, está transformando setores inteiros e pressionando o desenvolvimento de projetos envolvendo algumas, ou muitas, dessas tecnologias.  

A revolução em curso se baseia numa ampla gama de possibilidades tecnológicas: inteligência artificial, internet das coisas, big data, blockchain, realidade virtual e aumentada, robótica avançada, robotic process automation (RPA) e manufatura aditiva, entre outras. E além do desafio de dominá-las, existe também o de ter um mapeamento contínuo de evoluções para serem incorporadas aos processos no momento correto de maturidade e potencial de geração de valor. 

O poder de transformação dessas tecnologias sobre os mais diversos processos de negócios da organização, sejam eles operacionais, de suporte ou de gestão, está justamente na variedade e capilaridade delas. Essas inovações devem ser geridas por professionais qualificados, executadas por equipes multifuncionais e ágeis e conduzidas dentro de um programa de gerenciamento da mudança alinhado à cultura e à estratégia digitais da organização. 

A complexidade dessa digitalização exige uma formação robusta dos profissionais, tanto em aspectos técnicos, quanto de liderança, e a constante colaboração entre os negócios e a pesquisa.  

Visão do programa

A imagem a seguir apresenta a visão do Programa Avançado em Transformação Digital: Gestão, Operações e Tecnologia sobre os diversos aspectos da transformação digital nas organizações, trabalhando do porquê da inovação, ao desenvolvimento dela baseado em tecnologias disruptivas, dados, gestão e liderança.  

Diferenciais do curso

Gestão colegiada com a participação de um Núcleo Docente Estruturante, composto por professores responsáveis pelas trilhas de aprendizagem do curso.

Gestão integrada do corpo docente, incluindo processo de seleção, aprimoramento e ações pontuais visando à melhoria de qualidade em matéria de ensino e aprendizagem.

A metodologia do Aprendizado Centrado no Aluno, que é seguida durante todo o curso e propicia avaliações e medições constantes do aprendizado e da qualidade do ensino.

Processo de Garantia da Aprendizagem (Assurance of Learning)

Infraestrutura de laboratórios de ensino para composição das atividades práticas e desenvolvimento dos projetos das disciplinas e integrador.

Toda a infraestrutura de tecnologia do Insper está a serviço do Programa Avançado em Transformação Digital: Gestão, Operações e Tecnologia. Dos laboratórios de ensino e pesquisa (Automação Industrial, FabLab, TechLab, Laboratório Desenvolvimento Colaborativo Ágil, Laboratório Realidade Virtual e Jogos Digitais, Laboratório Redes e Supercomputação), ao Centro de Empreendedorismo e ao Hub de Inovação Paulo Cunha, que desenvolve soluções para problemas reais de organizações parceiras.

 

Montagem de quatro fotos de laboratórios e máquinas de automação

Objetivos do programa

O objetivo geral do curso é preencher uma lacuna e oferecer ao mercado profissionais completos, que conhecem em profundidade as novas tecnologias, e lideram o processo de transformação digital a partir de práticas contemporâneas de gestão. 

Para as organizações, isso significa novos modelos de negócio, processos e produtos alinhados às suas estratégias e necessidades do seu mercado consumidor. 

Objetivos de aprendizagem específicos 

  • Avaliar alternativas de posicionamento estratégico de uma organização em ambientes competitivos sujeitos a mudanças tecnológicas, considerando os desafios e as oportunidades da transformação digital. 
  • Analisar as metodologias para a busca da excelência operacional dos processos de negócios ao produzir bens e serviços que atendam com eficácia às necessidades do cliente. 
  • Selecionar ferramentas analíticas e tecnologias emergentes que agreguem valor aos clientes considerando os processos operacionais e de decisão estabelecidos para a produção de bens e serviços.
  • Liderar mudanças organizacionais a partir de um realinhamento da cultura e dos processos às novas práticas de gestão impostas pela transformação digital.  

A quem se destina

Este curso é voltado a profissionais com no mínimo três anos de experiência em diversas áreas de atuação que pretendem se tornar especialistas em tecnologias disruptivas, gestão e estratégia digitais para liderar os processos de transformação digital das suas organizações.

O curso está estruturado em 5 trilhas, formadas por diferentes componentes curriculares que se cruzam ao longo dos trimestres.

Visão e impacto da transformação digital no negócio

Mais

A primeira trilha parte da questão fundamental do programa: por que digitalizar? Ela discute conceitos de estratégia e de posicionamento competitivo, seguidos por estudos sobre novas estratégias e novos modelos de negócio direcionados por inovações tecnológicas. Além de apresentar métodos de avaliação do grau de maturidade digital para verificar os potenciais e as lacunas da corporação frente a sua estratégia digital. 

Disciplina: 

  • Estratégia e Negócios Digitais 

Decisão orientada por dados

Mais

A segunda trilha desenvolve todo o ferramental analítico e tecnológico para a tomada de decisão orientada por dados. Inclui as etapas de aquisição de informações ao longo de todos os processos de negócios da organização (operacionais, gerenciais ou de suporte), a construção de uma arquitetura robusta e confiável para a transferência dessas informações e o seu armazenamento para análise por algoritmos. Envolvendo também os temas de segurança digital, privacidade e proteção dos dados.  

Disciplinas:   

  • Data Science and Analytics 
  • IoT – Internet das Coisas  
  • Segurança Digital 

Tecnologias emergentes

Mais

A terceira trilha propõe a apresentação, discussão e demonstração das inovações tecnológicas que abrem novas perspectivas para a cadeia de valor das empresas, possibilitam a criação de processos mais autônomos, flexíveis e reconfiguráveis, o desenvolvimento de soluções “inteligentes”, a criação de novos processos, novos produtos e novos modelos de negócios.  

Disciplinas: 

  • Tecnologias para Produtos-Serviços 
  • Tecnologias para Suporte às Operações 
  • Tecnologias para Suporte a Gestão 

Visão e impacto da transformação digital na gestão e operações digitais

Mais

A quarta trilha fecha a discussão sobre os ganhos ao longo da cadeia de geração do valor das empresas fruto de nova estratégia digital e de novos modelos de negócios (Trilha1), do uso de ferramentas analíticas e de ciência dos dados (Trilha 2) e da implantação de tecnologias emergentes (Trilha 3). Ela aborda a geração de valor a partir de cadeias de suprimentos altamente integradas, otimizadas e ágeis, de uma operação digital orientada por dados e em inteligência operacional e no design de produtos e serviços alinhados às necessidades do cliente.  

Disciplinas: 

  • Experiência do Cliente 
  • Design de Produtos-Serviços Digitais 
  • Gestão das Operações Digitais 
  • Gestão da Cadeia de Suprimentos Digital 

Cultura digital e gestão da mudança

Mais

Na quinta trilha, é resolvida a questão crucial que surge após o aprendizado de todo o processo de transformação: como gerir o processo de transformação? Ela discute ações fundamentais para definir novas competências do ambiente de negócios digitais, o envolvimento e a preparação das pessoas nos processos de transformação digital e estrutura o processo de gestão de mudanças.

Disciplinas: 

  • Governança Digital 
  • Liderança de Projetos Digitais 

1º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Estratégia e Negócios Digitais 

Disciplina 2: Data Science and Analytics 

2º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Experiência do Cliente 

Disciplina 2: IoT  – Internet das Coisas

3º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Design de Produtos – Serviços Digitais 

Disciplina 2: Tecnologias para Produtos – Serviços

Disciplina 3: Projeto integrador – Liderança de projetos digitais

4º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Gestão das Operações Digitais 

Disciplina 2: Tecnologias para Suporte às Operações

Disciplina 3: Projeto integrador – Liderança de projetos digitais

5º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Gestão da Cadeia de Suprimentos Digital 

Disciplina 2: Tecnologias para Suporte a Gestão

Disciplina 3: Projeto integrador – Liderança de projetos digitais

6º Trimestre

Mais

Disciplina 1: Segurança digital

Disciplina 2: Governança digital

O Projeto Integrador é uma disciplina aplicada que oferece aos alunos a oportunidade de pôr em prática seus conhecimentos. Eles trabalham, em um problema real de uma organização, as “razões”, o “onde”, o “o quê” e o “como” aplicar a transformação digital. 

Os alunos são desafiados a seguir o framework de transformação digital apresentado no início do programa e detalhado ao longo das disciplinas. Partindo da discussão da estratégia digital, baseada no levantamento do nível de maturidade digital da organização escolhida com caso de estudo e de um mapeamento tecnológico que mostra oportunidades e riscos de ruptura do modelo de negócio em questão.  

Daí os alunos são capazes de propor adequação ao longo da cadeia de geração de valor, sempre centrado no cliente, a partir da escolha e implantação corretas de tecnologias emergentes e orientada a dados. Algumas dessas ações podem ser prototipadas e testadas em laboratório ou ambientes virtuais, permitindo rápidas adaptações e iterações em cima da solução proposta, em um ciclo de melhoria ágil e contínua. 

As aulas do Projeto Integrador ocorrem no modelo “estúdio” que permite que os alunos treinem e avancem suas habilidades de design e desenvolvam suas competências de pensamento crítico e de comunicação dentro das equipes e entre elas. 

Os projetos do Desafio Integrador são avaliados ao final do 6º período por uma banca composta por membros internos e externos ao programa. 

Forma de pagamento* Desconto 1
Válido até: 3/6/2022
Desconto 2
Válido até: 4/7/2022
Valor integral
À vista R$ 33.088,14 R$ 33.963,78 R$ 34.833,78
18 parcelas R$ 1.981,66
R$ 35.669,88
R$ 2.033,76
R$ 36.607,67
R$ 2.085,86
R$ 37.545,46
24 parcelas R$ 1.525,56
R$ 36.613,31
R$ 1.565,57
R$ 37.573,71
R$ 1.605,82
R$ 38.539,74
30 parcelas R$ 1.252,27
R$ 37.568,06
R$ 1.285,22
R$ 38.556,69
R$ 1.318,18
R$ 39.545,32

Veja mais informações sobre as condições de pagamento do curso.

Os valores apresentados acima se referem a turmas com início das aulas em 2022.

Coordenação

David Kallás – Sócio da KC&D, professor no Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e no Insper, onde acumula a Coordenação Executiva da Pós-graduação Lato Sensu. É Vice-Presidente da Anefac – Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade. É doutor em estratégia pela pela FGV/EAESP, mestre e graduado em administração pela FEA/USP. Possui artigos publicados em diversos periódicos nacionais e internacionais, e autor em 5 livros sobre gestão e estratégia.

 

Alex Camilli Bottene – Doutor em Engenharia de Produção, área de Manufatura Avançada e Sustentável, pela Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo (EESC-USP). Mestre em Engenharia Mecânica, área de Manufatura, também pela EESC-USP. Graduado em engenharia de Produção Mecânica, também pela EESC-USP.

Prévia experiência profissional de pesquisa e desenvolvimento em processos avançados de manufatura de estruturas leves, quando foi Integrante do Núcleo de Estruturas Leves do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT).

Atualmente, é professor nas áreas de: design para manufatura, processos de fabricação, processos avançados de manufatura e gestão integrada da manufatura; todas dos cursos de graduação de Engenharia Mecânica e Mecatrônica do Insper. Líder da trilha de design destes cursos, atuando como integrador das disciplinas de projeto ao longo dos semestres de Graduação.

Integrante do grupo de professores do Insper, coordena o laboratório TechLab. Ambiente para a realização de protótipos funcionais e projetos nas diversas áreas da manufatura.

Fins de semana | Quinzenal

Carga horária: 396 horas/aula

Início das aulas: A definir

*Para matricular-se é necessário passar por todas as etapas do processo seletivo.
Os cursos de pós-graduação Insper podem ter reposições de aula por conta de feriados, pontes ou problemas com docentes e elas são feitas excepcionalmente às sextas-feiras.