Revista de Economia e Administração – vol. 6 – n° 2

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Sumário

Gender wage gaps: comparing the 80s, 90s and 00s in Brazil

Regina Madalozzo

Sergio Ricardo Martins …………………………………………………………….. 141-156

Relação entre rentabilidade e participação de mercado das modalidades de fundos de investimento no Brasil, 2002 – 2006

Eloir Wessling

Roberto Meurer ……………………………………………………………………… 157-174

Apontamentos sobre a Economia Política da Companhia Geral de Comércio do Grão-Pará e Maranhão

Cláudio Djissey Shikida ……………………………………………………………. 175-190

Uma análise comparativa entre a Lei Sarbanes-Oxley e os ambientes regulamentares para bancos e seguradoras

Carolina Carvalho Zacharias

Antonio Marcos Duarte Júnior ……………………………………………………. 191-214

Formulação do modelo de otimização da qualidade do biogás em um biodigestor de modelo tubular: um estudo de caso no município de Conchas – SP

Marcelo Bacchi Bartholomeu

Thaís Carvalho Hortense

Gustavo Travizan de Oliveira

Daniela Bacchi Bartholomeu

José Vicente Caixeta Filho ………………………………………………………….. 215-235

Determinantes da classificação de risco de países

José Luiz Rossi Júnior

Lígia Vasconcelos ……………………………………………………………………. 236-256

Risco de liquidez e condicionantes da gestão de capital de giro em micro e pequenas empresas

Marco Aurélio Marques Ferreira

Elisane Piltelckow

Luiz Antônio Abrantes

Suely de Fátima Ramos Silveira ……………………………………………………. 257-274

50 anos da teoria pura das finanças públicas locais: Tiebout or not Tiebout, that’s the question

Rubens Augusto de Miranda ……………………………………………………. 275-293

Sumário

Gender wage gaps: comparing the 80s, 90s and 00s in Brazil

Regina Madalozzo

Sergio Ricardo Martins

Resumo

Usando microdados para o Brasil nos anos de 1981, 1992 e 2004, o presente estudo emprega a técnica de regressão quantílica na estimação do hiato de salários entre gêneros, fazendo uso de componentes explicados e não explicados. A regressão quantílica é uma técnica mais apropriada a este problema do que o método de mínimos quadrados ordinários (OLS) porque ajuda a entender não apenas o efeito médio de características individuais sobre o salário de uma pessoa, como também o efeito de pertencer a uma parte específica da distribuição, a saber, o quantil. Concluímos que, na verdade, as diferenças salariais se reduziram. Também concluímos que o declínio da diferença salarial assume um padrão não linear (suficientemente semelhante nos três anos analisados), o que também leva à conclusão de que nem todas as mulheres estão conseguindo igualdade de renda em comparação com os salários dos membros correspondentes do sexo masculino.

Relação entre rentabilidade e participação de mercado das modalidades de fundos de investimento no Brasil, 2002 – 2006

Eloir Wessling

Roberto Meurer

Resumo

O objetivo deste trabalho é verificar a existência de relação entre rentabilidade e participação de mercado das modalidades de fundos de investimento no período de janeiro de 2002 a junho de 2006. Esta relação permite averiguar se os mercados de fundos de investimento são ou não segmentados. É utilizado o teste de causalidade de Granger entre a rentabilidade e o market share com dados diários das 24 modalidades de fundos que permaneceram abertas por todo o período estudado. Foram encontradas poucas relações de causalidade entre as diversas modalidades de fundos. Foi evidenciado que os investidores de fundos de renda fixa e referenciados não são sensíveis a mudanças no comportamento nos fundos de investimento em ações, mas que os investidores em fundos de ações são sensíveis à rentabilidade dos fundos de renda fixa.

Apontamentos sobre a Economia Política da Companhia Geral de Comércio do Grão-Pará e Maranhão1

Cláudio Djissey Shikida

Resumo

Este artigo faz uma releitura das interpretações históricas acerca do papel econômico da Companhia Geral do Grão-Pará e Maranhão (1755-1778), a partir de uma visão da Teoria Econômica. A despeito da escassez de dados, a reinterpretação das narrativas dos principais autores que trataram do tema não sustenta a tese de que a companhia teria sido uma forma eficaz de comércio transoceânico. Os fatos históricos parecem apontar para uma interpretação mais tradicional do papel do monopólio, ou seja, para uma atuação permeada de assimetrias informacionais e rent-seeking. São apontados caminhos para pesquisas posteriores.

Uma análise comparativa entre a Lei Sarbanes-Oxley e os ambientes regulamentares para bancos e seguradoras

Carolina Carvalho Zacharias

Antonio Marcos Duarte Júnior

Resumo

Este artigo apresenta uma análise comparativa entre a Lei Sarbanes-Oxley (LSOx), o Novo Acordo de Capital da Basiléia, e as principais regulamentações existentes para bancos e seguradoras no Brasil. Os quatro tópicos enfatizados nesta análise comparativa são: (1) controles internos, (2) transparência, (3) atuação da auditoria, e (4) responsabilização de executivos. Pôde-se constatar que muitas determinações previstas na LSOx já se encontram presentes no ambiente regulamentar brasileiro para bancos e seguradoras. Em particular, o artigo permite concluir que há uma convergência correndo para as regulamentações de empresas, bancos e seguradoras, o que deve ser visto como muito positivo, pois elimina possibilidades de arbitragens regulamentares.

Formulação do modelo de otimização da qualidade do biogás em um biodigestor de modelo tubular: um estudo de caso no município de Conchas – SP

Marcelo Bacchi Bartholomeu

Thaís Carvalho Hortense

Gustavo Travizan de Oliveira

Daniela Bacchi Bartholomeu

José Vicente Caixeta Filho

Resumo

A busca por fontes renováveis de energia tem levado à expansão da implantação de biodigestores, principalmente em propriedades agropecuárias. No entanto, deve-se atentar para a proporção de gases caloríficos presentes no biogás, como o metano. Assim, esse trabalho visa à formulação de um modelo genérico de otimização da qualidade do biogás de um biodigestor modelo tubular e sua aplicação numa propriedade rural. O modelo possui cinco restrições e sua aplicação implica na mistura produzir maior quantidade de biogás por volume de matéria orgânica. Também implica na instalação de um biodigestor de dimensão bastante inferior à daquele que deveria ser implantado caso fosse utilizada toda a disponibilidade de matéria orgânica da propriedade. Conclui-se que, se obedecidas restrições pertinentes, produz-se maior quantidade de metano, permitindo geração de maior quantidade de energia e, conseqüentemente, influenciando no retorno da implantação do equipamento.

Determinantes da classificação de risco de países

José Luiz Rossi Júnior

Lígia Vasconcelos

Resumo

Este trabalho analisa as principais variáveis macroeconômicas, políticas e legais determinantes da classificação de risco soberano para um painel de 110 países de 1997 a 2004. Os resultados mostram que, dentre as variáveis macroeconômicas, o crescimento da renda per capita, a taxa de inflação, medidas de vulnerabilidade externa e a situação fiscal influenciam o comportamento das agências de rating. Além disso, variáveis políticas e legais, tais como a qualidade da regulação e o grau de corrupção do país também exercem influência na classificação de risco dos países. Os resultados indicam que a importância de cada variável varia de acordo com a agência e o período considerado.

Risco de liquidez e condicionantes da gestão de capital de giro em micro e pequenas empresas

Marco Aurélio Marques Ferreira

Elisane Piltelckow

Luiz Antônio Abrantes

Suely de Fátima Ramos Silveira

Resumo

Embora as micro e pequenas empresas constituam a base da economia nacional, grande parte delas morre precocemente. Entre as causas do encerramento destas empresas, destacam-se os problemas com capital de giro, derivados, principalmente, de dificuldades na geração e utilização de informações financeiras e contábeis. O estudo teve como referência micro e pequenas empresas do município de Rio Casca-MG, na Zona da Mata mineira. Como metodologia foi utilizada a AED e o modelo Logit, que identificou os principais condicionantes do risco de liquidez entre as micro e pequenas empresas. Dentre esses, o tamanho da organização, a participação do capital próprio no negócio, o uso de informações financeiras, os ciclos de caixa equilibrados, bem como a baixa presença de empréstimos e financiamentos, foram relevantes na identificação da probabilidade de problemas com capital de giro. O poder total de previsão do modelo foi de 82,2%, considerado forte.

50 anos da teoria pura das finanças públicas locais: Tiebout or not Tiebout, that’s the question

Rubens Augusto de Miranda

Resumo

O modelo de gastos públicos proposto por Charles Tiebout se tornou a pedra fundamental de grande parte da pesquisa corrente tanto de finanças públicas locais como de economia urbana. A despeito disso, após cinqüenta anos, sua interpretação e relevância empírica ainda permanecem controversas nos dias atuais. O objetivo deste artigo é apresentar, a partir da formulação inicial de Tiebout, as contribuições teóricas destes cinqüenta anos de teoria das finanças públicas locais.

voltar

 Insper – Revista de Economia e Administração – 10 anos

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco