Revista de Economia e Administração – vol. 5 – n° 2

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Sumário

O papel das associações de interesse privado no mercado de café: um estudo sobre reputação

Geraldo Magela Jardim Barra
Rosa Teresa Moreira Machado ……………………………… 139 – 150

Uma adaptação dos modelos de valor em risco considerando o decaimento de prazo dos ativos de renda fixa

Fernando Antonio Perrone Pinheiro ……………………….. 151 – 166

Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro

Denise Del Prá Netto Machado
Carlos Eduardo Carvalho ……………………………………… 167-183

Escolha de meios de pagamento por populações de média e baixa renda: uma abordagem sob a perspectiva da análise fatorial e de correspondência

Luiz Paulo Lopes Fávero
Patrícia Prado Belfiore
Nuno Manoel Martins Dias Fouto ……………………………… 184-200

Condicionantes do risco de liquidez em cooperativas de economia e crédito mútuo de Minas Gerais

Rosiane Maria Lima Gonçalves
Marcelo José Braga …………………………………………… 201 – 220

Missão organizacional como instrumento para a formulação de estratégias e obtenção de vantagem competitiva: análise comparativa em instituições financeiras brasileiras

Antônio João Hocayen-da-Silva
Israel Ferreira Júnior
Marcos de Castro ……………………………………………… 221 – 242

Fundamentos para a gestão da educação nos contextos convencional e a distância

Fernando Siqueira dos Santos
Roberto R. A. Prado …………………………………………… 243 – 261

Resumo

O papel das associações de interesse privado no mercado de café:um estudo sobre reputação

Geraldo Magela Jardim Barra
Rosa Teresa Moreira Machado

Resumo
A desregulamentação do mercado cafeeiro propiciou a criação de uma nova conjuntura institucional. Nesse cenário, houve uma busca por investimentos em estratégias de diferenciação e a criação de associações de interesse privado orientadas para implementá-las. Com este artigo, tem-se a intenção de discutir a expansão do papel das associações de cafeicultores brasileiros. Acredita-se que este tema seja relevante para o setor cafeeiro, principalmente neste momento em que o mercado de café tem criado oportunidades de diferenciação. Trata-se de um ensaio sobre o papel das associações de interesse privado sob o prisma da Nova Economia Institucional e da análise de redes. Entende-se que o suporte institucional proporcionado por associações de interesse privado torna-se um fator importante para fornecer força competitiva, uma vez que essas organizações contribuem para o aumento da confiança entre os parceiros, para a redução de assimetrias de informação e a diminuição dos custos de transação.

Uma adaptação dos modelos de valor em risco considerando o decaimento de prazo dos ativos de renda fixa

Fernando Antonio Perrone Pinheiro

Resumo
Este estudo analisa a questão do risco de financiamento de ativos de renda fixa e a aplicabilidade dos modelos de valor em risco para sua mensuração, e propõe uma modificação ao modelo de VAR paramétrico que permite calcular o risco de carregamento até o vencimento do ativo, considerando o decaimento de prazo de ativos de renda fixa.

Traços culturais de pequenas empresas do setor madeireiro

Denise Del Prá Netto Machado
Carlos Eduardo Carvalho

Resumo
A cultura organizacional tem sido tema de estudos acadêmicos desde a década de 1980. Porém. poucos estudos brasileiros procuram identificar semelhanças em aspectos culturais entre empresas de um setor específico. Esta pesquisa, efetuada junto às indústrias madeireiras da região de Curitibanos, objetivou identificar traços culturais relacionados às dimensões, de ênfase no futuro ou no presente, e de pessoalidade ou impessoalidade, na percepção dos líderes destas empresas. Trata-se de pesquisa quantitativa, descritiva, e exploratória, realizada sob a forma de um levantamento de corte transversal, e respondido por 67 líderes empresariais. Os resultados apontam para uma cultura organizacional relativamente homogênea, com fortes traços de ênfase no presente, e de pessoalidade. Encontrou-se também uma relativa independência da cultura organizacional, permitindo afirmar que a cultura organizacional depende mais da própria cultura regional do que dos produtos e do faturamento das empresas, bem como de idade, escolaridade, gênero, tempo de empresa, renda e cargo.

Escolha de meios de pagamento por populações de média e baixa renda: uma abordagem sob a perspectiva da análise fatorial e de correspondência

Luiz Paulo Lopes Fávero
Patrícia Prado Belfiore
Nuno Manoel Martins Dias Fouto

Resumo
Sob a hipótese inicial de que há diferenças dos meios de pagamento utilizados pelos consumidores de rendas baixa e média, realizou-se o presente estudo para averiguar se os perfis sócio-demográficos do Município de São Paulo condicionam as formas de pagamento e a aquisição de crediário e financiamento quando da compra de bens duráveis. Inicialmente, foi aplicada a técnica de análise fatorial para a identificação dos segmentos de rendas baixa e média. Para tais segmentos, verificou-se que aqueles com maiores restrições orçamentárias são mais suscetíveis à aquisição de bens por meio de crediários de loja, enquanto os mais abastados, dentro da amostra utilizada, são os que mais utilizam descontos em folha de pagamento e cartões de crédito. Usou-se a análise de correspondência para a representação gráfica das relações multidimensionais das distâncias ?² entre as categorias das variáveis estudadas. A tabela de contingência permitiu, além do teste ?², a análise dos resíduos, que confirma a hipótese inicial.

Condicionantes do risco de liquidez em cooperativas de economia e crédito mútuo de Minas Gerais

Rosiane Maria Lima Gonçalves
Marcelo José Braga

Resumo
As cooperativas de crédito têm sido afetadas pelo risco de liquidez, dada a dificuldade que enfrentam na captação de recursos, obtidos, em maior parte, mediante depósitos realizados pelos sócios, e dada a incapacidade de se diversificarem em termos geográficos e de produtos. Este estudo objetivou analisar, a partir da estrutura de balanços patrimoniais, até que ponto as cooperativas de economia e crédito mútuo de Minas Gerais enfrentam risco de liquidez e determinar quais são os condicionantes desse risco. Foi utilizado o modelo de regressão logit binário. Os resultados analisados sugerem que, principalmente, valores menores dos indicadores de utilização do capital de terceiros, imobilização do capital em giro e provisionamento, e valores maiores dos indicadores depósitos totais/operações de crédito e crescimento dos ativos tornam essas instituições mais líquidas.

Missão organizacional como instrumento para a formulação de estratégias e obtenção de vantagem competitiva: análise comparativa em instituições financeiras brasileiras

Antônio João Hocayen-da-Silva
Israel Ferreira Júnior
Marcos de Castro

Resumo:
O presente trabalho objetivou analisar a missão organizacional de instituições financeiras, em relação aos aspectos definidos na literatura como aqueles que devem estar especificados numa missão: i) Produto/serviço; ii) Mercado de atuação; iii) Consumidores-alvo; iv) Responsabilidade social; e v) Tecnologia. Para tanto, foram analisadas as definições de missão organizacional de nove instituições financeiras, as quais foram submetidas à técnica de análise de conteúdo com tratamento qualitativo através de grade fechada, sendo as categorias de análise representadas pelos aspectos citados (BARDIN, 1977). A partir dos critérios estabelecidos (categorias) para análise, identificou-se que apenas uma das nove instituições atende a todos os critérios em sua declaração de missão. Os resultados apontam que, apesar da sua importância estratégica, as definições de missão organizacional das instituições financeiras analisadas são inadequadas em relação aos aspectos utilizados para análise, demonstrando certo distanciamento entre os conceitos teóricos e as práticas organizacionais.

Fundamentos para a gestão da educação nos contextos convencional e a distância

Alessandra de Linhares Jacobsen

Resumo:
O presente artigo tem por finalidade analisar os ambientes de educação convencional-presencial e a distância, estudando-se aspectos conceituais e teóricos pertinentes, levantando-se, também, as diferenças e similaridades de cada uma das referidas modalidades educacionais. Mais adiante, apontam-se os recursos tecnológicos envolvidos na educação a distância e, mais especificamente, as perspectivas apresentadas pelas tecnologias de informação e de comunicação disponíveis no mercado. A pesquisa bibliográfica e a abordagem qualitativa constituem a base metodológica para o desenvolvimento deste trabalho, que traz como principais conclusões a necessidade de se imprimir cuidados especiais na gestão da autonomia do aluno e no desenvolvimento das interações entre os atores do processo de ensino-aprendizagem. Ademais, apesar das vantagens oferecidas pelas tecnologias midiáticas, não se pode utilizá-las como substitutas à inteligência humana.

voltar

 Insper – Revista de Economia e Administração – 10 anos

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco