Revista de Economia e Administração – vol. 10 – n° 1

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Sumário

Sistema financeiro, segurança jurídica e crescimento econômico

Eraldo Genin Fiore e Mônica Yukie Kuwahara …………………………………. 5-43

Disclosure de informações sobre gestão de riscos e controle interno pelas empresas listadas na BM&FBOVESPA

Ilse Maria Beuren, Lara Fabiana Dallabona e Andréia Carpes Dan ……………… 44-65

A indústria de fundos de investimentos no Brasil

Gyorgy Varga e Maxim Wengert……………………………………………………. 66-109

O regime de metas de inflação trouxe credibilidade para a política monetária brasileira?

Claudio Djissey Shikida, Ari Francisco de Araujo Jr. e

Juliana de Castro Soares……………………………………………………………… 110-127

Industrialização do Brasil na década de 1930: uma análise com teoria dos jogos

Diogo Del Fiori………………………………………………………………………….. 128-151

Persistência inflacionária: comparações entre três economias Emergentes

Cleomar Gomes da Silva, Denilson Torcate Lopes e

André Marques Rebelo……………………………………………………………….. 152-167

Sistema financeiro, segurança jurídica e crescimento econômico

Eraldo Genin Fiore

Mônica Yukie Kuwahara

Resumo

O objetivo desse estudo é investigar a contribuição das variáveis de desenvolvimento do sistema financeiro e de segurança jurídica para a trajetória do Produto Interno Bruto no Brasil. Testes de raiz unitária foram aplicados às séries. Como quase todas as séries utilizadas apresentaram uma raiz unitária foi necessário o uso do procedimento de Johansen para testar a possibilidade de cointegração. Modelos de Vetor de Correção de Erro (VEC) foram estimados. A análise de decomposição da variância do erro de predição permitiu verificar a contribuição das variáveis “desenvolvimento do sistema financeiro” e “segurança jurídica” para a trajetória do Produto Interno Bruto. O teste de causalidade de Granger foi utilizado e se mostrou inconclusivo para captar a causalidade e o sentido da causalidade entre desenvolvimento do sistema financeiro e crescimento econômico. Testes de exogeneidade fraca mostraram que há relação entre as variáveis. O teste de causalidade de Granger mostrou indícios de que a variável segurança jurídica Granger-causa desenvolvimento do sistema financeiro.

Palavras-chave: Crescimento econômico; Desenvolvimento do sistema financeiro; Segurança jurídica; VEC; Causalidade de Granger; Exogeneidade.

Disclosure de informações sobre gestão de riscos e controle interno pelas empresas listadas na BM&FBOVESPA

Ilse Maria Beuren

Lara Fabiana Dallabona

Andréia Carpes Dani

Resumo

O estudo objetiva identificar as informações relativas a gestão de riscos e controle interno evidenciadas pelas empresas listadas na BM&FBovespa em suas notas explicativas. Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa foi realizada por meio de pesquisa documental nas notas explicativas das demonstrações contábeis de 2009. A análise de conteúdo do disclosure das informações sobre gestão de riscos e controle interno foi pautada nos itens considerados na pesquisa de Emanuels, Hermes e Hooghiemstr (2010). Das companhias abertas listadas na BM&FBovespa selecionaram-se as do setor de materiais básicos, resultando na amostra de 47 empresas. Os resultados da pesquisa mostram que dos nove itens de informação sobre gestão de riscos e controle interno propostos por Emanuels, Hermes e Hooghiemstr (2010), sete foram evidenciados pelas empresas. Os itens de maior disclosure foram sobre gestão de riscos, na ordem: risco de mercado, risco de crédito, relatório do risco financeiro, informações adicionais sobre riscos, risco estratégico e operacional, medidas de controle de riscos. Os itens menos evidenciados foram os de controle interno. Dos três itens, responsabilidade do controle interno foi evidenciado por apenas duas empresas e os itens quadro de controles internos e eficiência do controle interno não foram evidenciados. As empresas com maior evidenciação dos itens analisados foram Confab Industrial S.A. e Unipar Participações S.A. Conclui-se, de modo geral, que as informações relativas à gestão de riscos se destacaram comparativamente ao controle interno no ranking do disclosure nas notas explicativas das demonstrações contábeis de 2009 das empresas do setor de materiais básicos listadas na BM&FBovespa.

Palavras-chave: Disclosure; Informações; Gestão de riscos; Controle interno; Companhias abertas.

A indústria de fundos de investimentos no Brasil

Gyorgy Varga

Maxim Wengert

Resumo

Descreve-se a evolução da indústria brasileira de fundos de investimentos, seus aspectos regulatórios, organização, tipos de investidores, tipos de gestores e ambiente econômico. Mostra-se o forte crescimento absoluto e relativo dos fundos no Brasil e alguns motivos que explicam esse crescimento. Verifica-se que várias crises ocorreram, mas com impacto passageiro e não significante no crescimento da indústria de fundos. Também se destaca o crescimento acentuado de gestores independentes que atuam em ativos e estratégias mais arriscadas e operam de forma semelhante aos hedge funds internacionais.

Palavras-chave: Fundos de investimentos; Mercado financeiro brasileiro; Hedge funds; Regulamentação financeira; Alocação de carteira.

O regime de metas de inflação trouxe credibilidade para a política monetária brasileira?

Claudio Djissey Shikida

Ari Francisco de Araujo Jr.

Juliana de Castro Soares

Resumo

O objetivo do artigo é analisar a relação entre o regime de metas de inflação e a credibilidade da política monetária no Brasil. Para realizar este trabalho, o modelo da demanda por moeda exposto em Albuquerque & Gouvea (2009) é utilizado para verificar a consistência entre a taxa de crescimento monetária observada e a taxa esperada. Os resultados indicam que a taxa de crescimento observada foi compatível com aquela esperada pelos agentes, evidenciando que o sistema de metas foi eficiente na proposta de ancorar as expectativas inflacionárias.

Palavras-chave: Inflação; Expectativas; Credibilidade; Metas de inflação; Política monetária.

Industrialização do Brasil na década de 1930: uma análise com teoria dos jogos

Diogo Del Fiori

Resumo

O presente trabalho propõe-se a analisar a industrialização do Brasil no contexto de mudanças econômicas e políticas no primeiro governo de Getúlio Vargas, de 1930 até 1945. Na literatura de economia brasileira com relação ao surgimento da indústria no Brasil, duas visões se contrapõem: de um lado, a industrialização como subproduto da intervenção do governo no setor cafeeiro; de outro, a industrialização intencionalmente promovida pelo governo. Com base em uma análise de equilíbrio em um jogo dinâmico de informação imperfeita, é evidenciada a racionalidade da criação de instituições para o desenvolvimento industrial na década de 1930. O resultado de equilíbrio sugere que a industrialização foi intencional, o que contraria a tese clássica de Celso Furtado sobre a origem da indústria no Brasil.

Palavras-chave: Industrialização; Governo Vargas; Instituições.

Persistência inflacionária: comparações entre três economias emergentes

Cleomar Gomes da Silva

Denilson Torcate Lopes

André Marques Rebelo

Resumo

Este artigo analisa a persistência inflacionária em três países de economias semelhantes: Brasil, Chile e México. O período considerado vai de janeiro de 1999 a janeiro de 2009 e a metodologia econométrica utilizada está baseada nos modelos de memória longa, ou Auto–Regressivos de Integração Fracionada (ARFIMA). A persistência é calculada levando-se em consideração os índices de preços ao consumidor dos referidos países. Em linhas gerais, os resultados encontrados mostram que o grau de persistência inflacionária dos três países possui características semelhantes, com algum componente inercial, mas com reversão a uma média de longo prazo. Isso é confirmado pela análise das funções de respostas a impulsos, que mostram uma tendência de desaparecimento dos choques do curto para o médio prazo, apesar de algumas perturbações perdurarem mais do que outras.

Palavras-chave: Persistência inflacionária; Política monetária; Análise de séries temporais.

 

voltar

 Insper – Revista de Economia e Administração – 10 anos

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco