Revista de Economia e Administração – vol. 11 – n° 3

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Sumário

Análise da transmissão espacial de preços no mercado internacional de soja

Mário Antonio Margarido …………………………………………………………………………………………………………………281-303

Estudo e análise estatística no mercado de ações brasileiro

Jonis Jecks Nervis e Antonio Fernando Crepaldi
…………………………………………………………………………………..304-320

Custos de transação e governança na produção de leite em Cruz Alta (RS)

Marisandra da Silva Casali e Pascoal José Marion Filho
…………………………………………………………………………321-341

Testando o CAPM para o mercado acionário brasileiro utilizando GARCH Multivariado

 

Lucas Lúcio Godeiro ……………………………………………………………………………………………………………………..342-363

Delimitação de mercado relevante de gasolina comum e álcool hidratado nas regiões brasileiras: uma análise via testes econométricos

Rosangela Aparecida Soares Fernandes e Marcelo José Braga

……………………………………………………………….364-385

Fatores de risco no gerenciamento de projetos de tecnologia da informação em instituições públicas

 

Rodrigo Roratto e Evandro Dotto Dias
……………………………………………………………………………………………..386-399

Análise da transmissão espacial de preços no mercado internacional de soja

O artigo analisa a integração do mercado internacional de grão de soja, considerando o comportamento dos preços dessa commodity no Brasil, na Argentina e no mercado de Rotterdam no período de outubro de 1998 a dezembro de 2009. É empregado o modelo de transmissão espacial de preços desenvolvido por Ravallion (1986). Para a determinação das respectivas elasticidades espaciais de transmissão de preços é utilizado o instrumental de modelos de séries temporais. Os resultados mostram que os mercados do grão de soja no Brasil e em Rotterdam são plenamente integrados; ou seja, o processo de arbitragem funciona plenamente, uma vez que variações de preços do grão de soja em Rotterdam são totalmente repassadas aos preços no Brasil no longo prazo, significando que o mercado geográfico relevante para os preços da soja no Brasil é o mercado internacional, representado pelos preços em Rotterdam. Os preços no Brasil não são afetados por variações de preços na Argentina, pois esses dois países não

competem pelo mesmo mercado.

Estudo e análise estatística no mercado de ações brasileiro

O objetivo dessa pesquisa é verificar e analisar a existência no Brasil dos principais fatos estilizados observados em séries temporais financeiras: agrupamento de volatilidade, distribuições de probabilidades com caudas gordas, presença de memória de longo alcance na série temporal dos retornos absolutos, ausência de autocorrelação linear dos retornos, assimetria ganho/perda, gaussianidade agregativa, decaimento lento da autocorrelação dos retornos absolutos, correlação volume/volatilidade e efeito de alavancagem.

Para isso, foram utilizadas e analisadas as cotações intraday de ações de dez companhias negociadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros que correspondem juntas a uma participação de 52,1%, para a data de 01/09/2009, no Índice Bovespa. A partir da análise dos dados foi possível verificar a existência dos fatos estilizados e que eles apresentam um comportamento compatível com os dos mercados internacionais.

Custos de transação e governança na produção de leite em Cruz Alta (RS)

O artigo tem como objetivo avaliar os custos de transação e identificar a governança predominante nas transações entre os produtores de leite de Cruz Alta (RS) e a agroindústria. A teoria que serve de base na análise é a Economia dos Custos de Transação (ECT). Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, que utiliza dados de um questionário aplicado aleatoriamente junto a 23 produtores de leite. O estudo permite concluir que a incerteza, a frequência e a especificidade dos ativos envolvidos nas transações com leite são baixas, o que gera custos de transação reduzidos, e define a governança de mercado como sendo a mais eficiente.

Entretanto, existe uma relação de dependência entre os produtores de leite e a agroindústria, com intensidade maior para os pequenos produtores do que para os grandes, já que o número de laticínios que compram da pequena produção é reduzido.

Testando o CAPM para o mercado acionário brasileiro utilizando GARCH Multivariado

A pesquisa objetiva testar o CAPM para o mercado de ações brasileiro utilizando betas dinâmicos. A amostra utilizada é composta por 28 ações da carteira do Ibovespa em 20 de março de 2012 e que foram negociadas durante todo o período pesquisado, que vai de  1/01/1995 a 20/03/2012. Foram estimados os betas dinâmicos para o mercado brasileiro e verificado que os betas condicionais tem um melhor poder de explicação da cross section de retornos excedentes.

A principal contribuição do artigo é a estimação de betas dinâmicos para as ações do Ibovespa e assim auxiliar a implantação de estratégias Long x Short no mercado.

Delimitação de mercado relevante de gasolina comum e álcool hidratado nas regiões brasileiras: uma análise via testes econométricos

Esse artigo teve como objetivo delimitar o mercado relevante de produto para os combustíveis líquidos (gasolina comum e álcool hidratado) nas regiões brasileiras, de janeiro de 2002 a dezembro de 2008. Para tal, utilizaram-se testes de raízes unitárias, cointegração, decomposição da variância do erro de previsão e causalidade de Granger. Os resultados dos testes de cointegração revelam que os dois combustíveis competem entre si nos mercados regionais.

Alterações nos preços de qualquer um deles podem gerar substituição, de forma que tais choques passam a ter caráter apenas transitório. Verifica-se que a evolução nos preços da gasolina comum é explicada, em grande medida, pelos seus próprios desvios e tem poder explanatório relativamente elevado sobre a variabilidade da decomposição do erro de previsão do álcool hidratado, de modo que essa tendência vai aumentando gradualmente com o passar dos meses.

Além disso, o preço da gasolina comum causa, no sentido de Granger, os preços do álcool hidratado. Todavia, o inverso não ocorre.

Fatores de risco no gerenciamento de projetos de tecnologia da informação em instituições públicas

A gestão de projetos tem sido de fundamental importância para o sucesso das organizações em geral. No entanto, para o alcance desse sucesso é necessário o conhecimento de pontos críticos que venham a gerar dificuldades no gerenciamento de um projeto; ou seja, é preciso identificar os riscos existentes nesse processo, principalmente em projetos da área de tecnologia da informação em organizações públicas, que geralmente demandam altos investimentos governamentais e apresentam diversos obstáculos para a sua execução. Assim, este estudo tem como objetivo geral diagnosticar os principais fatores de risco existentes na gerência de projetos de tecnologia da informação no setor público. Por meio de levantamento bibliográfico

de caráter predominantemente descritivo-qualitativo, são evidenciadas as dificuldades

encontradas pelo gerenciamento de projetos na esfera pública e é apresentada uma estratégia para a verificação e o controle dos riscos identificados pelo estudo. Dessa forma, o trabalho demonstra a importância da gestão de aspectos gerenciais que venham a gerar efeitos nocivos, de modo a estabelecer mecanismos de prevenção e controle sobre os riscos, a fim de auxiliar pesquisadores e gestores públicos em suas tomadas de decisão.

voltar

 Insper – Revista de Economia e Administração – 10 anos

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco