Home/Pesquisa e Conhecimento/Prêmios de Excelência: Ensino e Pesquisa

Prêmios de Excelência: Ensino e Pesquisa

Conheça os prêmios Chafi Haddad - Excelência em Ensino e George Stigler – Excelência em Pesquisa

Chafi Haddad – Excelência em Ensino

O Prêmio Chafi Haddad de Excelência em Ensino foi instituído em 2007 para prestigiar e estimular a qualidade do ensino no Insper. Visa ao reconhecimento, mediante indicação dos alunos e colaboradores, dos mestres que mais se destacaram na graduação e nos programas de pós-graduação.

As indicações (pós-graduação) e as votações (graduação) são recebidas e tratadas em caráter de confidencialidade; julga-as o Comitê de Seleção de cada programa, que poderá indicar, em um mesmo ano, mais de um professor para o prêmio.

Conheça os ganhadores do Prêmio Chafi Haddad

2019

Categorias:

Graduação
Economia e Administração: Arthur Parente, Guilherme Martins e Priscila Borin Claro
Engenharias: Fábio Pelicano, Fábio Orfali e Leonardo Tavares

Pós-graduação
Ana Cristina Kleindienst, Auro Honda, Eduardo Pozzi e José Renato de Moraes Salles

Mestrado
Carla Ramos e Sandro Cabral

2018

Mais

Graduação

Luciana Ferreira
Priscila Claro
Sergio Martins
Fabio Orfali
Vinicius Licks
Carlos Valente
Fabio Miranda 

Pós-graduação Lato Sensu

Eduardo Pozzi Lucchesi 
Flavio Malaga
Otto Nogami

Pós-graduação Stricto Sensu

André Duarte

2017

Mais

Graduação

Luciana Ferreira
Artur Parente
Sergio Martins
Fábio Orfali
Guilherme Martins 

Pós-graduação Lato Sensu

Eduardo Pozzi Lucchesi
Ricardo Goulart Serra
Auro Key Honda
Otto Nogami
Flávio Kezam Malaga
Kleber Luiz Zanchim 

Pós-graduação Stricto Sensu

Regina Madalozzo 

George Stigler – Excelência em Pesquisa

Desde o ano 2000, o Insper oferece o Prêmio George Stigler de Excelência em Pesquisa criado para reconhecer os melhores trabalhos de pesquisa publicados pelos professores da Escola.


Inscrições abertas para a edição 2020!

Para inscrever-se, envie uma cópia da publicação até 18 de abril de 2021 para pesquisa@insper.edu.br.

Conheça os princípios gerais clicando aqui.


Conheça os ganhadores do Prêmio George Stigler

2019

1° lugar:
Eduardo Faingold (autor de “Reputation and the flow of information in repeated games”)

2º lugar:
Danny Claro (autor de “How intrafirm intermediary salespeople connect sales to marketing and product development”)
Marcelo Rodrigues dos Santos (autor de “(Mis)Allocation effects of overpaid public sector”)

3° lugar:
Paulo Furquim de Azevedo (autor da pesquisa “Should competition authorities care about conglomerate mergers?”)

2018

Mais

1º lugar:
Hedibert Lopes
. “Walk on the wild side: temporarily unstable paths and multiplicative sunspots”.

Sandro Cabral & Sergio Lazzarini. “The Private Scope in Public-private Collaborations: An Institutional and Capabilitybased Perspective”.

2º lugar:
Adauto Barbaceia. “Trade credit and product market power during a financial Crisis”.

Gisele Galilea. “The queen bee: A myth? The effect of top-level female leadership on subordinate females”.

2017

Mais

1º lugar:
Sandro Cabral. “Reconciling Conflicting Policy Objectives in Public Contracting: The Enabling Role of Capabilities”.

Sergio Firpo. “Measurement errors in quantile regression models”.

2º lugar:
Danny P. Claro. “Identifying Sales Performance Gaps with Internal Benchmarking”.

2016

Mais

1º lugar:
Marcelo Santos. “Age-dependent taxes with endogenous human capital formation”.

Sérgio Firpo. “Information, Market Incentives, and Student Performance: Evidence from a Regression Discontinuity Design in Brazil”.

2º lugar:
Hedibert Freitas Lopes. “On the Long Run Volatility of Stocks”.

2015

Mais

1º lugar:
João Manoel Pinho de Mello. “Spillovers from conditional cash transfer programs: Bolsa Família and crime in urban Brazil”.

José Heleno Faro. “Variational Bewley preferences”.

2º lugar:
Sérgio Lazzarini. “The “Guarding the Guardians” Problem: An Analysis of the Organizational Performance of an Internal Affairs Division”.

3º lugar:
Marco Lyrio. “A macro-financial analysis of the euro area sovereign bond market”.

2014

Mais

1º lugar:
Sérgio Lazzarini. “Reinventing state capitalism: Leviathan in business, Brazil and beyond.”

2º lugar:
Danny P. Claro. Synergistic Effects of Relationship Managers’ Social Networks on Sales Performance.”

3º lugar:
Ricardo Brito, Marco Bonomo. “Macroeconomic and Financial Consequences of the After Crisis Government-Driven Credit Expansion in Brazil.”