Marcos Sawaya Jank

foto do professor

E-mail: marcos.jank@insper.edu.br

Site Pessoal: Coletânea de artigos de mídia

Acesso ao Currículo Lattes.

Marcos Jank é professor sênior de agronegócio no Insper e coordenador do centro Insper Agro Global 

Entre 2015 e 2019 foi presidente da Aliança Agro Ásia-Brasil (Asia-Brazil Agro Alliance – ABAA), iniciativa que reuniu três entidades exportadoras do agronegócio brasileiro (ABPA, ABIEC e UNICA) com o objetivo de ampliar a representatividade e o diálogo do agronegócio brasileiro nos países asiáticos. Anteriormente, foi vice-presidente de assuntos corporativos e desenvolvimento de negócios da BRF na região Ásia-Pacífico.

De 2007 a 2012, foi presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), principal organização de representação do setor sucroenergético brasileiro. Foi também fundador e presidente do Instituto de Estudos do Comércio e das Negociações Internacionais (ICONE). Em 2001-2002, serviu como especialista em integração e comércio no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, DC. Integrou numerosos conselhos no país e no exterior e liderou projetos do Banco Mundial, FAO, PNUD, OCDE e outras organizações internacionais.

Durante quase 20 anos, Jank foi professor associado da Universidade de São Paulo, nas Faculdade de Economia e Administração (FEA), no Instituto de Relações Internacionais (IRI) e na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), além de passar períodos sabáticos em Universidades americanas e europeias. Em 2019-2020 foi também o 2º Titular da “Cátedra Luiz de Queiróz” da ESALQ-USP.

Jank é engenheiro agrônomo pela ESALQ-USP, mestre em política agrícola em Montpellier-França, doutor em administração pela FEA-USP e livre docente pela ESALQ. É ainda membro do “Board of Trustees” do International Food Policy Research Institute (IFPRI) em Washington, do Conselho Consultivo Independente da Cargill Global para sustentabilidade, uso da terra e proteção de florestas e membro dos Conselhos da RUMO Logística (CAD) e da COMERC Energia. Entre os diversos prêmios conquistados durante a sua carreira estão: 100 personalidades mais influentes do agronegócio brasileiro em 2012, 2014 e 2018 pela Revista “Dinheiro Rural”; Prêmio ABERJE pela melhor campanha de comunicação corporativa do País em 2011, para o Projeto Agora da cadeia sucroenergética; 100 personalidades mais influentes do Brasil em 2010 pela Revista Época e “Engenheiro Agrônomo do Ano” em 2007.

 

Área de Pesquisa : Agronegócio, Bioenergia, Comércio exterior, Economia e Gestão de Sistemas agroindustriais, Estudos de Ásia e China, Política agrícola e agroalimentar, Política comercial e negociações internacionais, Sustentabilidade.