Home/Noticias/“Parece que vivemos em um labirinto”, diz cientista político sobre crise