Home/Noticias/O dilema da precificação no varejo: como andam os itens de baixa notabilidade?