Home/Noticias/Menos escolarizados ainda são os mais atingidos