Home/Noticias/Melhora no cenário doméstico pode destravar fusões e aquisições no segundo semestre