Insper | Autoconhecimento é essencial para uma boa liderança

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Especialistas do Insper destacam as principais dificuldades e as habilidades que devem ser desenvolvidas para uma gestão eficiente de equipes

O desenvolvimento da liderança vai muito além de comandar um time. A capacidade de trabalhar com as potencialidades de cada profissional de uma equipe para que consigam, cada um com suas características, chegar aos resultados esperados exige o conhecimento das próprias habilidades e dificuldades do líder. Por isso, o autoconhecimento é uma peça-chave.

“O primeiro passo é reconhecer as próprias inseguranças para superá-las. Só conseguimos lidar com esses medos internos se percebermos como somos influenciados por eles”, destaca Marilda Andrade, professora de pós-graduação em Gestão de Negócios e Pessoas e cursos de Liderança no Insper.

Nesse processo, o líder precisa entender e estar confortável com o fato de que cada profissional produz e aprende de uma forma diferente e que nem sempre os processos serão conduzidos do mesmo jeito por todos da equipe. “Cada um de nós possui estilos diferentes de aprendizado”, reflete Maria Elisa Moreira, professora de pós-graduação em Gestão de Negócios e Pessoas e cursos de Liderança no Insper. “Alguns preferem colocar a mão na massa e aprender fazendo, outros gostam de observar outras pessoas atuando e aprender pela observação e existem ainda pessoas que têm facilidade com aspectos mais teóricos e conceituais”, exemplifica a professora.

Relação com a equipe

Entre as principais dificuldades da liderança está o equilíbrio na relação entre o líder e os liderados. A proximidade é importante para estabelecer uma relação de confiança e trabalho em equipe, ao mesmo tempo que o distanciamento é essencial para que o líder fique confortável quando for dar feedbacks negativos e realizar as cobranças necessárias. A busca pelo meio termo deve criar um espaço que permita o diálogo saudável entre as partes.

Tão relevante quanto a relação é reconhecer que o profissional tem uma história e uma vida fora do ambiente de trabalho que não deixam de existir enquanto está no escritório. “Para fazer com que uma equipe se engaje é preciso compreender que existe um ser humano no outro lado”, alerta Andrade. “Quando uma pessoa da equipe está passando por um problema pessoal é necessário entender que pode haver uma menor produtividade durante esse período”, destaca.

Tecnologia

Nem só de diálogo e desenvolvimento pessoal vive o aperfeiçoamento da liderança. Hoje, existem ferramentas digitais que facilitam a tarefa de liderar uma equipe, administrar o tempo, delegar tarefas e até mesmo realizar a troca de feedbacks.

Entre as soluções, há desde as baseadas nos modelos de redes sociais, mas com foco corporativo, que possibilitam aumentar o engajamento dos empregados com melhorias na comunicação interna, assim como as que atuam na melhor gestão do tempo, baseadas em listas de tarefas, prazos e divisão de atividades entre a equipe, possibilitando o gerenciamento de cada um dos profissionais, mas sem que a equipe perca a noção de todo o projeto.

“Enquanto são membros de uma equipe, os líderes utilizam o tempo de forma individual, mas a partir do momento em que passam a gerir uma equipe, por menor que ela seja, o tempo deve ser distribuído de outra forma”, orienta Moreira. Para a professora, sem uma boa administração do tempo, atividades que podem parecer simples, como delegar tarefas e manter um bom clima entre os colaboradores, acabam se tornando muito difíceis.

Apesar da crença de que a liderança é uma característica nata reservada a alguns profissionais, na realidade, essa habilidade pode ser desenvolvida ou aprimorada por aqueles que lidam com a gestão de equipes. O Insper oferece programas de pós-graduação em Administração, Gestão de Negócios e Pessoas, MBA Executivo, além de cursos de curta e média duração que atendem às necessidades dos profissionais nessa área.

O curso Primeiros Passos na Liderança é indicado para quem está iniciando a carreira em cargos de liderança e precisa desenvolver habilidades de trabalho em equipe e gestão. Traz orientações para a identificação de dilemas e desafios, uso e indicações das principais ferramentas de gestão e caminhos para o aprimoramento e desenvolvimento pessoal.

Para os profissionais que já se encontram em áreas de liderança e sentem necessidade de desenvolver melhor suas habilidades de gestão, o Insper possui o curso de curta duração Chief Human Resources Officer. A metodologia de ensino inclui estudos de casos e um projeto aplicado que desafia os participantes a revisarem a estratégia de RH das empresas em que atuam.

Confira mais informações sobre os programas:

 

voltar

Pós-Graduação Insper

Inscrições Abertas. Conheça nossos programas.

 Confira o calendário dos Cursos de Curta Duração com inscrições abertas.

MBA

Os programas de MBA do Insper têm como objetivo desenvolver competências de gestão e habilidades de liderança, buscando a formação integral do indivíduo.

Dupla titulação

Faça duas pós-graduações em menos tempo e com desconto.Conheça os programas.

MBA Insper, dentre as 5 certificadas no Brasil.
Confira demais certificações dos MBAs e da Escola.

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco