Home/Noticias/Escolaridade sobe, mas salário não acompanha