Home/Noticias/Correção do mínimo volta ao debate