Home/Noticias/Balanço da Petrobras: a corrupção tragou “só” R$ 6,2 bi?