Home/Noticias/“Até 2018, se a política não construir o consenso, precisa tentar pelo menos construir o bom senso”