Home/Noticias/Não há como atribuir o colapso da economia ao “desmonte do Estado”