Programa de Bolsas

Impacto Insper
Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Com quase um ano, Toca da Raposa amplia vagas e infraestrutura para estudantes de todo o país

Alunos destacam os desafios e aprendizados de quem vive e gerencia as rotinas na nova moradia estudantil do Insper

 

A Toca da Raposa reúne alunos de vários estados do Brasil, como Paraná, Minas Gerais, Goiás, Ceará. Jovens talentos que conquistaram a bolsa integral para estudar no Insper e uma vaga de moradia na residência estudantil da escola. Inaugurada em agosto do ano passado, a casa ampliou suas vagas e hoje forma uma grande família de 54 alunos, que contam com o acolhimento e suporte emocional de seus colegas e a infraestrutura necessária para aproveitar ao máximo o seu tempo de estudo.

Com 25 quartos, cozinha, sala de TV e uma garagem, hoje transformada em uma minibiblioteca com mesas para estudo, a rotina da casa é pautada pelas regras de bom convívio em grupo: limpeza compartilhada entre os moradores semanalmente, organização e controle de barulho depois das 22 horas. Hoje, a Toca da Raposa conta também com uma empresa de gerenciamento de limpeza e infraestrutura para as áreas comuns e imprevistos de manutenção que surjam.

 

 “A Toca da Raposa é a primeira residência estudantil de uma universidade privada no Brasil e foi uma importante conquista para nossos alunos bolsistas, que vivem em harmonia e contam com o suporte mútuo nessa jornada. O residencial é muito importante para a permanência destes alunos na escola, contribuindo para uma experiência enriquecedora e fundamental para sua formação”, explica Sérgio Carvalho e Silva, gerente do MultInsper e Aconselhamento do Insper.

 

Quem gerencia as rotinas do dia a dia são os líderes gerais e os de andar, na maioria das vezes, alunos mais experientes. Já em fase de conclusão de curso, eles têm menos aulas e podem se dedicar à administração e à gestão da casa. Karoline Correia, atual líder geral da residência estudantil, por exemplo, concluirá sua graduação em Economia em julho e já faz estágio no Rabobank, banco holandês com presença no Brasil.

 

“Eu fui uma das primeiras a receber o benefício de moradia, ainda quando morávamos em apartamentos menores ou pensões com menos pessoas”, lembra a jovem mineira de Belo Horizonte.

 

A mudança para a Toca da Raposa fez a diferença para Karoline, principalmente devido aos desafios da vida em grupo. “Produz uma vivência muito maior”, destaca. Entre os aprendizados, ela fala sobre maleabilidade. Como líder, muitas vezes a jovem teve a incumbência de transmitir mensagens oficias da escola. “Eu era irredutível e isso causou um pouco de alvoroço no início. Agora, aprendi a ter mais jogo de cintura, a lidar com as críticas, e isso é um aprendizado para a vida, porque com certeza vou passar por isso no mercado de trabalho.”

Para o Lucas Borges, aluno de Engenharia Mecatrônica que mora na Toca desde o ano passado, a experiência no alojamento foi muito enriquecedora. “Eu gosto muito de morar na Toca. É como uma mini comunidade. A gente assiste aos jogos de futebol juntos na sala de TV. Sempre tem alguém para ajudar com alguma dúvida sobre a matéria na sala de estudos. O clima é bem amistoso”, destaca.

Na Toca, todos têm uma função e são responsáveis pela organização do espaço.

 

“Implantamos um sistema de multa caso o morador não realize sua tarefa, como por exemplo a limpeza devida. Mas, falamos com a pessoa para entender porque ela não fez. Muitas vezes é por causa de provas ou algo assim”, explica Borges, que também é um dos líderes do alojamento.

 

O sentido de pertencimento ao espaço e colaboração levam a iniciativas que ajudam o coletivo, como a decisão de comprar material de limpeza pela internet e nos chamados atacadões. O resultado foi uma economia de 40%.

 

Concedida pelo Brava por 10 anos, a Toca da Raposa recebe jovens beneficiados por bolsa integral que morem fora da região metropolitana de São Paulo ou em outros estados. Para conseguir uma vaga, o aluno deve ter renda mensal de um salário mínimo e meio por membro da família, ter cursado o ensino médio em escola pública – ou particular mediante bolsa integral concedida por critério de renda – e não ter cursado mais de do que quatro semestres letivos de alguma outra graduação, tendo prioridade candidatos que cursaram até dois semestres letivos.

voltar

Conheça mais sobre o Insper, uma instituição de ensino e pesquisa sem fins lucrativos, que atua nas áreas de Negócios, Economia, Direito e Engenharia.

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco