O papel do agro em um mundo complexo

Curso customizado

O agronegócio corresponde a cerca de 20% do Produto Interno Bruto brasileiro, 19% da população ocupada e por metade das exportações no país. Tais números revelam o elevado grau de importância deste setor para economia brasileira, que tem apresentado alto grau de desenvolvimento e crescimento econômico em meio a um ambiente cada vez mais competitivo e desafiador em âmbito global. As transformações e novas exigências vêm demandando também maiores esforços de compreensão sobre o setor, notadamente em aspectos como interpretação de dados, comunicação, imagem e impactos ambientais. Há uma demanda crescente por profissionais dos setores de comunicação e mídia com elevada qualificação para realizarem análises acerca das novas dinâmicas e relações apresentadas pelo setor

Foi assim que surgiu o Programa Executivo “O papel do agro em um mundo complexo”, voltado para jornalistas e profissionais de mídia que atuam direta ou indiretamente com temas relacionados ao agronegócio.

  • Interpretar a evolução e a conjuntura do agronegócio e seus principais desafios de competitividade e sustentabilidade, conhecendo os conceitos centrais, dimensão, segmentos e cadeias agroindustriais por meio da avaliação de informações e dados, do papel do Estado e das políticas públicas para seu desenvolvimento;
  • Compreender as grandes transformações do agronegócio em temas como competitividade, comércio, acesso aos mercados, sanidade e segurança do alimento, sustentabilidade, inovação, infraestrutura e outros;
  • Avaliar políticas públicas de impacto econômico, setorial, socioambiental e de governança sobre o agronegócio brasileiro, com base em evidências de estudos e pesquisas;
  • Compreender a dinâmica da inserção do agronegócio brasileiro no mundo, com ênfase em questões ligadas à imagem e comunicação internacional.

35 alunos, jornalistas e/ou profissionais de mídia que atuam com temas relacionados ao agronegócio, economia e meio-ambiente.

A cada aluno será concedida bolsa de estudos integral de R$ 7.484 . Essa bolsa é condicionada a aceitação do Termo de Compromisso e Contrato do Aluno e contempla:

Aulas no modelo Live Learning

Módulo de debates presenciais no Insper (São Paulo-SP)

Visita técnica em unidades produtivas, com

  • Hospedagem: 4 noites de hospedagem em quarto individual no Mato Grosso, cafés da manhã e almoços durante o período do módulo.
  • Passagens aéreas: São Paulo-SP x Cuiabá-MT e Cuiabá-MT x São Paulo-SP
  • Transfer: Para todos os deslocamentos para as visitas.

Etapas de inscrição

Inscrições e análise curricular: 4 a 30 de abril
Matrícula: 2 a 13 de maio

Critérios de seleção

Os jornalistas e profissionais de mídia indicados à participação no curso e inscritos serão selecionados a partir da análise curricular. Serão avaliados:

  • Atuação ligada a produção de matérias sobre o agronegócio;
  • Experiência pregressa em temas do agronegócio;
  • Cargo e tempo de carreira;

Formação superior completa.

O Núcleo de Orientação ao Candidato (NOCAN) estará à disposição dos alunos para esclarecer eventuais dúvidas.

Viagem

Mais

O Insper vai cuidar das despesas com viagem e hospedagem e cuidar das reservas?

Insper: Sim, apenas para o aluno, todas as despesas com:

Hotel no Mato Grosso (4 diárias)

Aéreo São Paulo – Cuiabá / Cuiabá – São Paulo

Traslado Aeroporto Cuiabá –hotel / Hotel Cuiabá – Aeroporto e todos os deslocamentos para visitas no Mato Grosso.
Refeições:

Café da manhã no hotel e almoço no Mato Grosso

Coffee break e almoço durante as aulas no Insper em São Paulo
Seguro viagem para o Mato Grosso


O Insper vai cuidar das despesas com viagem, hospedagem e translado em São Paulo?

Insper: Não, despesas com viagem, hospedagem e translado em São Paulo são de responsabilidade do aluno.

O Insper se responsabilizará pela alimentação (coffee break e almoço) nos dias do curso em São Paulo.


Eu moro em Mato Grosso, mas quero me hospedar no hotel que o Insper reservou, eu posso?

Insper: Sim, informe os dados para agência de viagens.


Posso viajar com acompanhante?

Insper: Não há restrições de trazer um acompanhante, porém, não será permitida a entrada nas aulas presenciais em São Paulo e também a entrada e permanência nas visitas no Mato Grosso, não cobrimos as despesas da viagem do acompanhante (transporte, hospedagem e refeições).


Posso trocar o quarto do hotel?

Insper: Sim, desde que o aluno assuma a diferença do valor da tarifa. Solicitar diretamente à agência.


Está incluso no pacote consumir os itens do frigobar e demais espaços do hotel?

Insper: Não, os gastos extras são de responsabilidade do aluno.


Quais são os contatos com a agência?

Agência de viagens Orleanstur Viagens Telefone: 11 – 2273-4343 Opção: eventos

E-mail: eventos@orleanstur.com.br

Curso

Mais

O curso é gratuito?

Insper: Sim, o curso contará com bolsa integral para os alunos. Porém, o mesmo deve se comprometer a comparecer em 75% das aulas e, caso não compareça ou desista durante o curso, o aluno perde a bolsa de 100% e se compromete a reembolsar o Insper.


O que eu vou aprender?

Insper: Interpretar a evolução e a conjuntura do agronegócio e seus principais desafios de competitividade e sustentabilidade, conhecendo os conceitos centrais, dimensão, segmentos e cadeias agroindustriais por meio da avaliação de informações e dados, do papel do Estado e das políticas públicas para seu desenvolvimento;

Compreender as grandes transformações do agronegócio em temas como competitividade, comércio, acesso aos mercados, sanidade e segurança do alimento, sustentabilidade, inovação, infraestrutura e outros;

Avaliar políticas públicas de impacto econômico, setorial, socioambiental e de governança sobre o agronegócio brasileiro, com base em evidências de estudos e pesquisas;

Compreender a dinâmica da inserção do agronegócio brasileiro no mundo, com ênfase em questões ligadas à imagem e comunicação internacional.


Quando e onde acontece o curso?

Insper: Ensino à distância (live learning): 25/5 a 24/6 8h30 às 11h30.

Debates presenciais: 4/7 a 6/7 9h00 às 12h00 no Insper: R. Quatá, 300 – Vila Olímpia, São Paulo – SP, 04546-042- a entrada do estacionamento do Insper é na rua Uberabinha, 75 – Vila Olímpia.

Visita técnica: Viagem de campo realizada em unidades de produção, agroindústrias, logística, pesquisa e instituições públicas do Mato Grosso (3 dias em visita técnica presencial) – 07/07 a 10/07.

Qual é o perfil do participante?

Insper: Jornalistas e/ou profissionais de mídia indicados que atuam com temas relacionados ao agronegócio, economia e meio-ambiente.


Até qual data posso realizar a inscrição?

Insper: Inscrições e análise curricular: 4 a 30 de abril

Matrícula: 2 a 13 de maio


Como funciona o critério de seleção?

Insper: Os jornalistas e profissionais de mídia indicados à participação no curso e inscritos serão selecionados a partir da análise curricular. Serão avaliados:

Atuação ligada a produção de matérias sobre o agronegócio;

Experiência pregressa em temas do agronegócio;

Cargo e tempo de carreira; Formação superior completa.


Por que devo assinar o termo de compromisso?

Insper: O termo de compromisso é importante para garantir a participação e comprometimento dos alunos e para dar a seriedade e relevância aos temas, os quais serão discutidos no curso.


Por que devo assinar o plano de pagamento, se o curso é gratuito?

Insper: Essa é uma formalidade de documentos do Insper, mesmo sendo um curso gratuito. No plano de pagamento será descrito bolsa integral (100% de desconto).


Após fazer a inscrição e upload de todos os documentos, o que acontece?

Insper: O candidato que terminar todo o processo de inscrição e upload receberá um e-mail do Insper com a confirmação da sua inscrição. Após a efetivação da matrícula, a agência de viagens entrará em contato para a reserva do voo e hotel.


Posso fazer só uma parte do curso?

Insper: Não. Para o aluno receber o certificado é necessário ter 75% de presença, caso o aluno perca um dos módulos, ultrapassará essa porcentagem.


É possível justificar faltas?

Insper: o abono de faltas acontece mediante apresentação do atestado médico contendo o CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças).


Fui convidado para o curso, mas não posso comparecer. É possível mandar alguém no meu lugar?

Insper: Não, o convite é pessoal e intransferível.


Como funciona o projeto aplicado?

Insper: Em linhas gerais, o projeto aplicado consiste na elaboração de um texto jornalístico em mídia (impressa ou virtual) ou produção audiovisual, que deverá tratar de tema relacionado ao agronegócio e ao contexto apresentado e discutido no curso. Durante o curso a equipe docente dará maiores detalhes e instruções.

Conteúdo Programático

Módulo I - Agronegócio brasileiro: fundamentos, competitividade e inserção global

Mais

Apresentar conceitos, formas organizacionais e uma visão geral evolutiva do agronegócio brasileiro; dinâmicas do mercado internacional e macrorregiões de interesse do Brasil no mundo; contextualizar o atual cenário e os desafios e transformações nacionais e globais do agronegócio; apresentar temas com embasamento em dados e informações sobre fontes de dados relevantes para o setor.

Módulo II - Sustentabilidade, segurança alimentar, segurança do alimento e outras questões emergentes

Mais

Foco de discussão será lançado sobre questões emergentes relacionadas às novas dinâmicas globais do agronegócio, abrangendo temas como investimento, infraestrutura, sustentabilidade, inovação e tecnologia, mudanças de uso da terra, questões agrárias, questões de segurança alimentar, segurança do alimento (food safety), uso de insumos e tecnologias como OGMs, defensivos, hormônios e suas controvérsias.

Módulo III - Desafios, visão estratégica, imagem e políticas

Mais

Serão destacados desafios de imagem e comunicação do agronegócio. Serão trazidas análises e discussões de casos concretos, que permitirão construir uma visão global e estratégica, identificando informações, conceitos e questões relevantes para o agronegócio brasileiro no Brasil e no exterior.

Projeto aplicado

Mais

Os participantes serão avaliados por meio da realização de um trabalho final, que se constituirá na elaboração de um texto jornalístico em mídia (impressa ou virtual) ou produção audiovisual, que deverá tratar de tema relacionado ao agronegócio e ao contexto apresentado e discutido no curso.

Debate | Convidados especiais

Mais

Zander Navarro: Pesquisador Embrapa

Joao Francisco Adrien: Diretor de Regularização Ambiental do MAPA

Isabella Teixeira: Conselheira do CEBRI e foi Ministra do Meio Ambiente

Antonio Buainain: Professor livre docente da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Fernando Sampaio: Diretor-Presidente do Instituto Produzir, Conservar, Incluir (PCI).

Geraldo de Camargo Barros: Coordenador Cientifico do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA) da ESALQ/USP.

Marcello Brito: Conselheiro da Coalizão Brasileira de Clima, Florestas e Agricultura e Coordenador da Fundação Dom Cabral.

Christian Lohbauer: Presidente CropLife Brasil
Carmen Perez: Pecuarista e proprietária da Fazenda Orvalho das Flores

Pedro de Camargo Neto: Produtor rural

Elizabeth Farina: Diretora Executiva WRI

Fernando Lopes: Editor de agronegócio no Valor Econômico.

Roberto Rodrigues: Coordenador do Centro de Agronegócio na FGV e foi Ministro da Agricultura.

Nilson Leitão: Presidente Instituto Pensar Agro (IPA) e Deputado Federal em Mato Grosso entre os anos de 2011 e 2019

Jacyr Costa: Presidente do Conselho do Agronegócio da FIESP

Corpo docente

Perfil de Marcos Sawaya Jank

Marcos Sawaya Jank

Coordenador do Insper Agro Global e professor sênior do Insper

Perfil de Celso Moretti

Celso Moretti

Presidente da Embrapa

Perfil de Paulo Souza

Paulo Souza

Presidente da Cargill no Brasil


Perfil de Sulivan Alves

Sullivan Alves

Diretora Técnica da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)

Perfil de Rodrigo lima

Rodrigo Lima

Sócio-Diretor do AGROICONE


Perfil de Guilherme Quintella

Guilherme Quintella

Diretor Presidente da EDLP

Perfil de José Vicente Caixeta

José Vicente Caixeta Filho

Professor Titular junto da ESALQ/USP e Coordenador da ESALQ-LOG.

Perfil de Dulce Benke

Dulce Benke

Diretora de Sustentabilidade e Finanças Sustentáveis na Proactiva

Perfil de André Pessoa

André Pessoa

Presidente da Agroconsult

Perfil de José Augusto Tomé

José Augusto Tomé

CEO e Cofundador da AgTech Garage

Perfil de Larissa Wachholz

Larissa Wachholz

Senior Fellow Cebri, sócia-fundadora do Instituto de Relações Governamentais (Irelgov) e sócia da assessoria financeira Vallya.

Perfil de Ligia Dutra

Ligia Dutra

Ex-superintendente de Relações Internacionais da CNA

Perfil de Fernando Camargo

Fernando Camargo

Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação e Presidente do Conselho de Administração da Embrapa

Perfil de Nelson Ferreira

Nelson Ferreira

Senior Partner na McKinsey & Company

Para mais informações acesse o protocolo de retorno.

A definir

FASE 1 – Ensino à distância (live learning): 10 aulas virtuais (30h)
Realizadas ao longo de 5 semanas, com aulas a serem ministradas das 8:30 às 11:30 horas (Horário de Brasília) – às quartas e sextas-feiras de 25/05/2022 a 24/06/2022


FASE 2 – Debates presenciais: 5 debates (15h)
Realizados ao longo de 3 dias, presencialmente na sede do Insper em São Paulo – segunda e terça 04/07 e 05/07 das 09:00 às 17:00 e quarta 06/07 09:00 às 12h00


FASE 3 – Visita técnica
Visita técnica no MT: (24h)

Viagem de campo realizada em unidades de produção, agroindústrias, logística, pesquisa e instituições públicas do Mato Grosso (3 dias em visita técnica presencial) – de 07/07/2022 a 10/07/2022