Educação executiva | Políticas Públicas | Inovação Urbana: novas formas de fazer cidade

Inovação Urbana: novas formas de fazer cidade

Quando:
1 de outubro de 2018 – sábado all-day

arq-logo

“As cidades são a melhor invenção da humanidade”, afirma Edward Glaeser, professor de economia em Harvard.

Os agrupamentos urbanos constituem uma das formas mais eficientes de distribuição de riqueza, e não é por acaso que concentram hoje a maior parte da população mundial. Por outro lado, a concentração de moradores produz problemas – trânsito, poluição, violência. As cidades são o espaço da diversidade, do encontro com o diferente; também são, por isso, palco de conflitos.
Nesse contexto, que tipo de profissional e que tipo de competências sociais precisamos desenvolver para sermos capazes de enfrentar esses desafios? Como assumir uma postura ativa frente aos problemas urbanos que nos afligem? Como conciliar Estado, sociedade civil e iniciativa privada, com o intuito de viabilizar as transformações pretendidas? Quais são os instrumentos urbanos, jurídicos, legais e econômicos que podem apoiar nossas iniciativas?

À luz dessas perguntas, desenvolvemos o curso Inovação Urbana: novas formas de fazer cidade para fomentar uma nova perspectiva para as cidades, de forma original, abrindo uma janela para a experimentação de uma nova proposta educativa. Não se trata de um curso de especialização em arquitetura e urbanismo, mas uma contribuição para a formação de cidadãos capazes de interpretar a realidade dos espaços urbanos e assumir uma postura crítica sobre os rumos das cidades.

Nosso curso se apoia na hipótese de que o conhecimento sobre o meio urbano é uma habilidade, ou capacidade, que todos devem ter. Dito de outra maneira, o urbanismo e o conhecimento sobre a cidade devem ser entendidos como um campo de atividade, onde diversos profissionais podem e devem aplicar seus conhecimentos e ferramentais.

Trazemos uma visão ampla, passando pelas principais discussões em torno da construção e dinâmica de uma cidade, estimulando a aproximação entre a sociedade civil, o poder público e a iniciativa privada, a fim de criar possibilidades inovadoras e efetivas de desenvolvimento sustentável para os centros urbanos.

Objetivos do Curso

  • Apresentar as principais discussões em torno de cidade, construindo uma visão holística sobre como se relacionam as variáveis mais importantes – moradia, mobilidade, infraestrutura, etc.;
  •  Descrever o papel dos diferentes atores sociais – sociedade civil, poder público, empresas, academia – para a construção e desenvolvimento de uma cidade inclusiva e de qualidade;
  • Analisar os pontos fortes e fracos de iniciativas de planejamento, desenvolvimento e regeneração urbanos realizados em diversas cidades do Brasil;
  • Explicar os principais modelos de mensuração de impacto econômico, ambiental e social em cidades;
  • Capacitar para a viabilização de projetos urbanos, dando a devida importância para a análise territorial, viabilidade econômica, arranjo institucional, validade jurídica e legitimidade política.

Adicionalmente, os alunos poderão refletir sobre sua própria área de conhecimento por meio de conteúdo não especializado e interdisciplinar. A cidade, como campo de atividade, será o palco para o desenvolvimento da competência cultural e social (cidadania), para além da transferência de conteúdo. As principais qualificações (habilidades) que serão abordadas no curso, são importantes não apenas para a profissão, mas também para a consciência e participação social.

Bolsas de Estudo

Faça sua inscrição para turma de outubro pelo site até dia 09/09 e você receberá informações de como participar. Dúvidas, entre em contato com o Núcleo de Atendimento ao Candidato (candidato@insper.edu.br).

*As bolsas serão avaliadas de acordo com a disponibilidade de vagas no curso.

 

Professor convidado (video conferência)

Edward Glaeser
PhD pela Universidade de Chicago, professor de economia da Universidade de Harvard e autor do livro “O Triunfo da Cidade”.

Corpo Docente

  • Vinicius Hernandes de Andrade
  • Beatriz Vanzolini
  • Priscila Borin Claro
  • Sérgio Lazzarini
  • Tomas Alvim
  • João Cury Neto
  • Luciana Nicola
  • Stela Goldenstein
  • Mariana Chiesa
  • Danilo Igliori
  • Benjamin Citron
  • Ana Carla Abrão Costa
  • Carmen Silva
  • Vinicius Hernandes de Andrade

    Arquiteto e urbanista, é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Sócio-fundador do escritório Andrade Morettin Arquitetos Associados, lecionou na Universidade Braz Cubas de 1995 e 1996, leciona na Escola da Cidade desde de 2005, e é coordenador do Curso Executivo Inovação Urbana: novas formas de se fazer cidade, realizado pelo Arq.Futuro e Insper. Foi eleito vice-presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil - São Paulo para a gestão 2014 - 2016 e conselheiro no CAU-sp para o triênio 2018 -2020. É membro do conselho científico do 27o Congresso Mundial de Arquitetos UIA 2020 RIO.
  • Beatriz Vanzolini

    Arquiteta e urbanista, com formação pela Escola da Cidade, em 2009, onde está cursando Pós-Graduação em Arquitetura, Educação e Sociedade. Professora do Curso Executivo Inovação Urbana: novas formas de se fazer cidade, realizado pelo Insper em parceria com o Arq.Futuro e professora assistente de Urbanismo na Escola da Cidade. Desde 2016, atua em parceria com o Arq.Futuro na estruturação de projetos relacionados ao tema da educação e cidades. De 2013 a 2017, atuou como coordenadora de projetos junto ao Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole - URBEM na estruturação de projetos urbanos de grande escala. ​
  • Priscila Borin Claro

    Doutora em Administração pela Universidade Federal de Lavras, com foco em Sociedade, Meio Ambiente e Desenvolvimento. Possui mestrado em Ciências Ambientais pela Universidade de Wageningen na Holanda (2002) e bacharelado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Lavras (2000). Ela trabalhou como pesquisadora júnior no LEI - o Centro de Pesquisa de Economia e Agronegócio da Holanda (2002 a 2003). Ela também trabalhou como Pesquisadora Junior no PENSA (FEA / USP) (2005 a 2007). De 2007 a 2012, trabalhou como Coordenadora de Educação Executiva no Insper (2007 a 2012). Na área de educação, trabalhou como docente em tempo parcial na FGV / EASP de 2013 a 2015 e como professora nos Programas de Educação Executiva da FUNDACE, Unisinos, Newton Paiva, FIA, São Paulo, GV-PEC e Insper. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Estratégia Organizacional e Sustentabilidade. Seu interesse de pesquisa é sobre os seguintes temas: sustentabilidade, capitalismo consciente, responsabilidade social, recursos florestais e direitos de propriedade, recursos naturais e centros urbanos e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
  • Sérgio Lazzarini

    PhD em Administração (nas áreas de Organização e Estratégia) pela John M. Olin School of Business, Washington University, EUA. É professor titular do Insper desde 2002 e Coordenador do Insper Metricis, um núcleo voltado para o apoio a investimentos de impacto. No primeiro semestre de 2010 e em janeiro de 2012 foi visitante na Harvard University. Recentemente tem pesquisado estratégias empresariais em mercados emergentes, como se estabelecem relações entre as empresas privadas e o setor público e o crescente campo dos investimentos de impacto. Seus mais recentes livros são Reinventing State Capitalism (com Aldo Musacchio), publicado pela Harvard University Press, e Capitalismo de Laços, pela Editora Campus/Elsevier.
  • Tomas Alvim

    É editor e sócio da BEI Editora. Com Marisa Moreira Salles, fundou o Arq.Futuro (plataforma de discussão sobre o futuro das cidades) e o Por Quê? Economês em Bom Português (plataforma de discussão de economia).
  • João Cury Neto

    Advogado, é Secretário da Educação do Estado de São Paulo. Foi presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) e prefeito de Botucatu por dois mandatos.
  • Luciana Nicola

    Superintendente de Relações Institucionais e Governamentais do Itaú Unibanco. É graduada em Direito, com especialização em Comunicação Empresarial pela ESPM e pós-graduação em Semiótica da Cultura pela PUC-SP e em Liderança e Gestão Pública pelo CLP/ Harvard. Tem 18 anos de experiência em relacionamento institucional empresarial e no 3º setor. Hoje, é também responsável pela plataforma de mobilidade urbana do Itaú Unibanco, que promove a bicicleta como meio de transporte nas cidades e já totaliza mais de 20 milhões de viagens desde o início do primeiro projeto, em novembro de 2011.
  • Stela Goldenstein

    Atua na gestão de projetos ambientais, urbanos e de recursos hídricos. Foi Secretária de Meio Ambiente do Estado e do município de São Paulo. Dirigiu a ONG Águas Claras do Rio Pinheiros, dirige a ONG ORBE-SFX, é consultora ambiental e representa no Brasil a 2030 Water Resources Group, entidade vinculada ao Banco Mundial/IFC.
  • Mariana Chiesa

    Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP (2008). Mestre (2013) e Doutora (2017) em Direito do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP, desenvolvendo dissertação e tese sobre Regularização Fundiária e Regulação Urbana, respectivamente. No período de 2013 a 2016, exerceu os cargos de assessora e chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Assistência de Desenvolvimento Social de São Paulo -  SMADS. Atua nas áreas de direito administrativo, urbanístico, Terceiro Setor, especialmente nos temas envolvendo a formulação e o acompanhamento de parcerias entre o Poder Público e a iniciativa privada.
  • Danilo Igliori

    Professor do Departamento de Economia da FEA/USP e Chairman da DataZAP – Inteligência Imobiliária, é PhD pela Universidade de Cambridge, onde lecionou no Department of Land Economy e foi o Adam Smith Fellow in Political Economy do Pembroke College.
  • Benjamin Citron

    Engenheiro de Produção formado pela Escola Politécnica da USP, com curso de Gestão e Liderança pela Harvard Business School.Trabalha na Votorantim S.A., holding do Grupo Votorantim, sendo responsável pela área de Desenvolvimento Imobiliário, à frente de projetos em diferentes municípios brasileiros. Está envolvido desde 2016 no Projeto de Interveção Urbana (PIU) Vila Leopoldina – Villa-Lobos, sob discussão com a Prefeitura Municipal de São Paulo.
  • Ana Carla Abrão Costa

    É Mestre em Economia pela EPGE/FGV e doutora em Teoria Econômica pela FEA/USP. Foi secretária de Estado da Fazenda de Goiás em 2015 e 2016 e hoje é Presidente do Conselho de Gestão Fiscal da Prefeitura de São Paulo. Possui ampla e premiada produção acadêmica na área de crédito e extensa passagem pelo mercado financeiro, em instituições como o FGC (Consultor do Sistema de Seguro de Depósito), o Banco Central, a Consultoria Tendências e o Banco Itaú, onde trabalhou até 2014, como diretora na área de controle de riscos. Compõe o Conselho do Civic-CO e atua de forma voluntária como economista da plataforma de educação financeira Por que?. Atua ainda como mentora da Columbia Women Leadership Network. Sócia da consultoria Oliver Wyman e principal executiva da empresa no Brasil.
  • Carmen Silva

    Líder do MSTC (Movimento Sem Teto do Centro) e filiada à FLM (Frente Luta por Moradia), atua em São Paulo na luta por moradia digna. Atuou no filme “Era o Hotel Cambridge” e foi premiada como melhor atriz na 8ª edição Festival Internacional de Cinema da Fronteira, em Bagé, RS.

Carga horária:

40 horas

Perfil do participante

É destinado a profissionais do setor público, privado e do terceiro setor que tenham interesse em conhecer os princípios que norteiam a tomada de decisão no campo do urbanismo, bem como seus principais dilemas e trade-offs.

Programa e Investimento

Baixe aqui o programa do curso e investimento.

Para informações mais detalhadas, faça o download do programa e investimento.

Nome Completo:*

E-mail: *

Telefone com DDD (somente números): *

Como prefere ser contactado? *

Turmas abertas:
  • Integral
    Datas e horários
    Início: 01/10/2018
    Fim: 05/10/2018

    Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30.

Inovação Urbana: novas formas de fazer cidade