Home/Educação Executiva/Cursos de Curta e Média Duração/Cidades/Gestão das Águas no Contexto das Mudanças Climáticas

Gestão das Águas no Contexto das Mudanças Climáticas

Curso de Curta Duração

A sociedade costuma se preocupar com a água somente em suas condições extremas: quando há excesso ou falta dela; na hora em que tem de enfrentar longas estiagens ou o drama das enchentes e dos deslizamentos de encostas, que chegam a tirar vidas.

No entanto, as atenções deveriam estar voltadas para esse assunto durante todos os meses do ano por dois motivos essenciais: a ciência vem apontando que a segurança hídrica é um dos principais riscos que a humanidade terá de enfrentar ainda nesta década e nas seguintes; e, em segundo lugar, existe o fato de que ainda estamos distantes de garantir uma gestão sustentável da água e de assegurar o acesso universal ao saneamento básico.

Para que se tenha uma ideia, no Brasil somos mais de 39,3 milhões de pessoas sem acesso à água e 99,8 milhões sem coleta e tratamento de esgoto. Temos mais de 110 mil km de rios poluídos. E apenas em 2020 foram registrados 489 conflitos pela água no país.

Como se nota, a gestão consciente desse que é um dos ativos mais nobres do planeta passa pela corresponsabilização de toda a sociedade. Nesse sentido, é fundamental a união de profissionais e empresas de diversos setores para que o futuro da água no mundo seja viável. Justamente por isso, há a necessidade de que conhecimentos sejam acionados de diferentes áreas, de modo que as soluções para os problemas sejam alcançadas e, sobretudo, para que a compreensão sobre a importância da água se torne perene. Essa perspectiva é fundamental para o entendimento do conceito de segurança hídrica e para que se promova a universalização do acesso ao saneamento básico.   

Mas, afinal, o que significa cuidar das águas? Como fazer para que essa seja uma agenda prioritária do país e não ocupe nossas atenções apenas quando as situações extremas acontecem?  

Foi para atender a essa demanda que o Laboratório Arq.Futuro de Cidades do Insper preparou o curso Gestão das Águas no Contexto das Mudanças Climáticas.

Apoio:

 

Os conteúdos foram organizados em três blocos: 

  • Panorama da segurança hídrica no Brasil e no mundo; 
  • Ações concretas para a segurança hídrica nos municípios (a partir de experiências recentes de enfrentamento de crises dessa ordem); 
  • Desafios para a universalização do saneamento básico no país, tendo em vista o Marco Legal do Saneamento Básico de 2020. 

Assim, em sala de aula, os participantes irão se debruçar sobre assuntos como a garantia dos usos múltiplos da água por distintas áreas em um cenário de escassez, as dificuldades de equacionar a relação entre demanda e oferta, os processos de urbanização e concentração populacional e a necessidade de desenhar estratégias de proteção das áreas de mananciais. Também serão abordados os desafios para o Brasil alcançar a meta de universalização do acesso ao saneamento básico até 2033, os investimentos necessários para garantir essas condições e os riscos e possibilidades que o novo marco legal do setor enseja, a partir da legislação aprovada em 2020 (Lei Federal No. 14.026). 

 Os estudantes irão analisar casos, explorar bases de dados e participar de dinâmicas para o emprego dos conceitos aprendidos. Entre os materiais de referência do curso estão resoluções da ONU, estudos brasileiros sobre questões hídricas, leis nacionais e documentários. 

Na prática, o interessado será capaz de entender quais são os principais riscos consequentes da ausência de uma boa gestão das águas. Também aprenderá sobre a relação direta que a ciência aponta entre mudanças climáticas e segurança hídrica, além de desenvolver a capacidade de analisar de forma integrada os riscos e oportunidades para o setor de saneamento básico, tendo em vista a nova legislação. Ao término das atividades estará capacitado para uma atuação sólida na agenda da segurança hídrica no Brasil. 

Ele é dirigido tanto para um público mais próximo à temática — formado por gestores de empresas de saneamento, profissionais do setor financeiro, investidores, analistas de risco, membros de organizações da sociedade civil, pesquisadores, integrantes de comitês de bacias hidrográficas, representantes de órgãos de governo e de agências reguladoras — como para interessados em geral nos temas relacionados ao meio ambiente.

Pré- requisitos – Curso superior completo.

Forma de pagamento** Valor para matrícula antecipada – EB* Valor com desconto para Alumni Valor integral do curso 
À vista (boleto ou cartão) R$ 2.504,70 R$ 2.088,00 R$ 2.783,00
Em até 10 parcelas (cartão de crédito) R$ 250,47 R$ 208,80 R$ 278,30

*EB (10% de desconto) para matrículas realizadas até 15 dias antes do início das aulas, aplicado sobre o valor integral do curso.

**Verifique a quantidade de parcelas disponíveis para pagamento com cartão de crédito. Concedido 5% de desconto para pagamento à vista (desconto não cumulativo com EB e Alumni).

Acesse o processo seletivo e documentação para mais informações.

Corpo Docente


Sujeito a alterações de acordo com a disponibilidade dos professores

Para mais informações acesse o protocolo de retorno.

Ter

23

Ago

Live Learning

Início das aulas: 23 de agosto de 2022

Fim das aulas: 21 de setembro de 2022

Horário das 19h as 21h Dias da semana: Terças e Quintas-feiras

Encerramento das matrículas*: 23 de agosto de 2022

*Carga horária
20 horas de aulas síncronas: ao vivo com o docente e demais participantes
Atividades assíncronas: É estimada dedicação de 10 horas para o projeto aplicado e atividades assíncronas (por exemplo, leituras, vídeos e estudos de casos).