7º Fórum Insper de Políticas Públicas: “Os robôs e a distribuição da renda e do emprego no futuro”

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Os robôs e as novas tecnologias estão avançando numa velocidade impressionante. Quais os efeitos das novas tecnologias de inteligência artificial sobre a distribuição de renda e do emprego? Quantos empregos atuais serão substituídos por máquinas?

Essas questões foram discutidas no 7º Fórum Insper de Políticas Públicas, que contou com a presença de Richard Freeman, conhecido professor de economia de trabalho de Harvard.

Acesse a cobertura deste evento no Insper Conhecimento.

 

Confira a programação realizada:

(clique no nome do palestrante para acessar o shortbio).

8h30: Welcome Coffee

9h: Abertura

Milton Seligman é Coordenador Geral dos Programas de Gestão e Políticas Públicas do Insper. Graduado pela Universidade Federal de Santa Maria em Engenharia Elétrica. Foi VP of Corporate Affairs para a América Latina Norte da Anheuser-Busch Inbev Company e Diretor de Relações Corporativas da Ambev, Secretário-Executivo do ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Presidente e membro do Conselho de Administração do BNDES, Presidente do INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária e Secretário-Executivo e Ministro da Justiça.

9h10 – 10h: Robôs, Emprego e Renda

Richard B. Freeman holds the Herbert Ascherman Chair in Economics at Harvard University. He is currently serving as Faculty co-Director of the Labor and Worklife Program at the Harvard Law School, and is Senior Research Fellow in Labour Markets at the London School of Economics’ Centre for Economic Performance. He directs the National Bureau of Economic Research / Science Engineering Workforce Projects, and is Co-Director of the Harvard Center for Green Buildings and Cities.

10h – 11h30h: Aprendizado de Máquina

Fábio Ayres é professor adjunto do Insper, envolvido no desenvolvimento dos cursos de engenharia. Possui graduação e mestrado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP e doutorado em Engenharia Elétrica pela University of Calgary, Canadá. Foi pós-doutorando em Engenharia Biomédica pela University of Calgary, pesquisador associado do National Research Council of Canada, engenheiro de software na Opal-RT Technologies, Canadá, e no Google.

Formado magna cum laude na University of Pennsylvania – Strategic Management (B.S.,
Wharton School), Ciência Política (B.A., College of Arts and Sciences). Mestre em Desenvolvimento Econômico e Economia Internacional – Yale University. Vencedor do Prêmio Jabuti 2005 pelo livro A Ignorância Custa um Mundo. Fundador e CEO da empresa Big Data, empresa pioneira da área de big data analytics no Brasil. Membro dos conselhos de administração da Iochpe-Maxion e Instituto Ayrton Senna.

Fabio Cozman é Professor Titular da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Dept. Engenharia Mecatrônica) desde 2007, tendo ingressado na Escola Politécnica em 1990. Possui graduação em Engenharia Elétrica Modalidade Eletrônica pela Universidade de São Paulo (1989), mestrado em Engenharia pela Universidade de São Paulo (1991), Phd pela Carnegie Mellon University (1997), Livre-docência pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente é coordenador da comissão de inteligência artificial da SBC, Associate Editor do Int. Journal on Approximate Reasoning, membro do Editorial Board do Artificial Intelligence Journal, e Associate Editor do Journal of Artificial Intelligence Research. Pesquisas focam na automação de processos de decisão sob incerteza, incluindo representação de conhecimento e aprendizado (tópicos: inteligência artificial, redes bayesianas, conjuntos de probabilidade, modelos estatísticos gráficos).

André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho é professor titular do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, Departamento de Ciências de Computação, da Universidade de São Paulo (USP), campus São Carlos, onde também é diretor do centro de Aprendizado de Máquina em Análise de Dados, e bolsista de Produtividade em Pesquisa 1A do CNPq. Possui graduação (1987) e mestrado em Ciências da Computação (1990) pela Universidade Federal de Pernambuco, e doutorado em Electronic Engineering pela University of Kent at Canterbury (1994). Seus principais interesses de pesquisa são Aprendizado de Máquina (Machine Learning), Mineração de Dados (Data Mining) e Ciência de Dados (Data Science), atuando principalmente nos seguintes temas: detecção de novidades, meta-aprendizado, pré-processamento de dados e metaheurísticas, com aplicações em Bioinformática, Engenharia, Finanças, Medicina e Meio Ambiente. É vice-diretor do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas a Industria da USP. É membro do steering committee do Latin American and Caribe Chapter da nternational Network for Government Science Advice (INGSA).

José Claudio Terra é diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento do Hospital Albert Einstein, professor de pós-graduação da FIA – Fundação Instituto de Administração e mentor da Endeavor. Possui graduação em Economia pela Universidade de São Paulo, mestrado em Administração pela Universidade de São Paulo e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo. Tem experiência acadêmica e empresarial nos seguintes temas: empreendedorismo, gestão do conhecimento, gestão de inovação, portais corporativas, estratégia digital, entre outras.

11h45 – 12h: Intervalo

12h – 13h:: Inovações e Emprego no Brasil

Professor Titular do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, onde coordena o Laboratório de Gestão da Inovação. Coordenador do Observatório da Inovação e Competitividade do Instituto de Estudos Avançados da USP, um dos Núcleos de Apoio à Pesquisa da USP, constituído a partir de edital competitivo com referees externos. Graduado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1979), mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), especializado em Inovação Tecnológica e Desenvolvimento (IDS, University of Sussex, Inglaterra, 1986), doutor em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica pela Universidade de São Paulo (1991) com período de estudos junto à Politécnica de Milão, Itália (1989), pós-doutorado no Laboratoire Techniques, Territoires et Sociétés / Ecole Nationale des Ponts et Chaussées (Latts-Enpc, França, 1996), livre-docente em Engenharia de Produção pela EPUSP (1998). Diretor de Desenvolvimento Industrial da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) entre junho de 2005 e janeiro de 2007, nomeado pelo Presidente da República. Diretor de Estudos Setoriais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), nomeado pelo Ministro do Planejamento, entre março de 2003 e junho de 2005, quando participou da coordenação (secretariado) do Grupo Executivo encarregado da proposta de Diretrizes de Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE). Membro do Conselho Tecnico Científico do INT/MCT (Instituto Nacional de Tecnologia), nomeado pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, e do Conselho de Orientação do IPT/SP (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), nomeado pelo Governador do Estado de São Paulo, e da Comissão Permanente de Indicadores do MCTI. Consultor de vários organismos nacionais e internacionais e de empresas, nas áreas de organização, gestão da inovação e políticas de desenvolvimento produtivo (indústria, serviços).

Sergio Firpo é Professor Titular da Cátedra Instituto Unibanco no Insper. Possui graduação em Economia pela UNICAMP (1996), mestrado em Economia pela PUC-Rio (1999) e mestrado em Estatística (2002) e Ph.D. em Economia (2003) pela Universidade da Califórnia em Berkeley. Foi Professor Assistente nos departamentos de Economia da Universidade da Columbia Britânica (2003-2006) e da PUC-Rio (2004-2008) e Professor Associado da EESP-FGV (2008-2015).
É membro da Econometric Society e entre 2007 e 2016 fez parte do seu Standing Committee para a América Latina. É Fellow do Institute for the Study of Labor (IZA) desde 2009, pesquisador 1-D do CNPq e membro fundador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Educação, Desenvolvimento Econômico e Inserção Social. Entre 2007 e 2010 foi editor da Brazilian Review of Econometrics.
Dedica-se à pesquisa em microeconometria, com contribuições teóricas e aplicadas às seguintes áreas: economia do trabalho, economia da educação, economia da saúde, desenvolvimento econômico e economia política. Seus trabalhos têm sido publicados em diversos periódicos científicos internacionais, como Econometrica, Journal of Econometrics, Journal of Human Resources, Journal of Development Economics, Journal of Applied Econometrics, Journal of Economic Inequality e em capítulos de livros, como o Handbook of Labor Economics. Por seus trabalhos acadêmicos, recebeu os prêmios da Sociedade Brasileira de Econometria nos anos de 2014, 2015 e 2016 (categoria Econometria), da Econometric Society em 2009 (Simonsen Lecture) e da ANPEC em 2007 (Prêmio Haralambos Simeonidis). Sua pesquisa tem sido financiada por CNPq, CAPES, FAPESP e SSHRC.
Como consultor e perito, tem colaborado para o Banco Mundial, BID, PNUD, FAPESP, TCU, Fundação Itaú Social, Instituto Unibanco, CNI e escritórios de advocacia.

 

Data: 31/10/2017

Horário: recepção a partir das 8h30

Local: Insper

Rua Quatá, 300, Vila Olímpia – São Paulo / SP

Estacionamento Rua Uberabinha, s/n

 

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco