IC-PMN cresceu 2,7% em relação ao primeiro trimestre do ano.

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Comércio e indústria são setores com melhores expectativas

São Paulo, março de 2013 – O Santander e o Insper divulgam nesta quarta-feira (27) o Índice de Confiança do Empresário de Pequenos e Médios Negócios no Brasil (IC-PMN) referente ao segundo trimestre de 2013. O indicador mostra um aumento na confiança de 2,7% em relação ao primeiro trimestre (75,2 pontos contra 73,2 pontos), sinalizando que os empresários encontram-se mais otimistas com a economia do que no período imediatamente anterior. O resultado também é ligeiramente superior ao valor registrado no segundo trimestre de 2012 (75 pontos). “Esse resultado deve-se a melhora da economia que deve acontecer no próximo trimestre”, afirmou José Luiz Rossi, professor do Insper.

O aumento da confiança foi generalizado nas seis questões investigadas (economia; ramo de atividade; faturamento; lucro; empregados e investimento). O índice também indica crescimento generalizado do otimismo entre todos os setores da atividade econômica, com destaque para o comércio e a indústria. A confiança dos empresários do comércio subiu de 72,6 pontos no primeiro trimestre para 75,7 pontos no segundo trimestre – aumento de 4,3%, o que o posicionou como o setor mais confiante. Já na indústria, o índice passou de 73,3 pontos para 75 pontos – aumento de 2,3%. O setor serviços apresentou o menor crescimento.

“O indicador de confiança está retornando aos melhores níveis históricos e indica crescimento da economia brasileira para o segundo trimestre. O Santander continua apoiando fortemente os empresários no crescimento de suas empresas, com produtos/serviços inovadores e totalmente adequados às suas necessidades, afinal, o segmento de PMEs representa 25% do PIB”, afirma Gilberto Abreu, diretor de Segmentos do Santander.

A melhoria da confiança também se mostrou difundida pelo país – todas as regiões apresentaram aumento, em especial Sul e Centro-Oeste, ambas com o maior crescimento percentual (3,5%). A região Centro-Oeste (77,3 pontos) ultrapassou a região Norte (76,9 pontos) como a mais otimista em relação ao futuro da economia. Em geral, o maior aumento percentual ficou por conta das expectativas dos empresários em relação ao seu ramo de atividade. Os dados foram coletados entre 04 e 08 de março por meio de entrevistas telefônicas e foram ouvidos 1.319 empresários.

Metodologia

Lançado em novembro de 2008, o Índice, desenvolvido pelo Insper Instituto de Ensino e Pesquisa em parceria com o Santander, tem o intuito de aprofundar o conhecimento a respeito das expectativas do empresariado nacional, contando com divulgações trimestrais. O IC-PMN varia em uma escala de 100 pontos, sendo 100 o nível máximo de confiança. Os dados foram coletados entre os dias 26 a 29 de Novembro de 2012, contando com a participação de 1.390 empresários de todo o Brasil e dos setores de indústria, comércio e serviços.

Para acessar o relatório do 18º Índice IC-PMN clique aqui.

Março/2013

voltar

Fale com o CPE

cpe@insper.edu.br

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco