Conheça a Monogramma, alfaiataria masculina criada por nossos alumni Bruno Igel e Rodolpho Ruiz

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Confira a entrevista abaixo com o Rodolpho Ruiz sobre a Monogramma, alfaiataria masculina sob medida criada por nossos alumni Bruno Igel e Rodolpho Ruiz, ambos (ADM 2005).

 

Como foi sua trajetória no mundo corporativo e a decisão de empreender?

Tive uma trajetória profissional, digamos, eclética. Comecei em RH, depois fui para marketing e acabei em research no mercado financeiro.
Trabalhei em diversas empresas como o BankBoston, Grupo Pão de Açúcar, Oi, Alpargatas e uma gestora de recursos.
Nessas grandes empresas tive experiências excelentes, aprendi culturas organizacionais diferentes, diversos modelos de negócio e gestão e trabalhei com pessoas incríveis realmente aprendi demais – tenho contato até hoje com pessoas de todas essas empresas.
Empreender foi algo natural pra mim – meus pais tiveram carreiras como profissionais liberais. Não consigo apontar exatamente o motivo para decidir empreender desta vez, um pouco por circunstância – eu estava para assumir um novo negócio dentro da gestora onde estava, portanto uma startup em certo sentido – mas também o momento de vida/carreira. As coisas casam em certo momento.
Com o tempo, ou melhor, logo no começo, se percebe o tamanho da encrenca que é criar negócios em um ambiente pouco amigável como o nosso aqui no Brasil. Acredito que o empreendedor é um tipo específico de gente, que consegue abrir mão de uma carreira e um bom salário e seguir em frente – o risco é alto, daí há potencial de bons retornos e realizações.

 

camisa_monogrammaE como surgiu a ideia de um e-commerce focado em camisas sob medida masculinas?
Eu conheci este modelo de negócio há alguns anos – desde 2007 uma empresa canadense vende ternos sob medida online. Em uma conversa com um amigo sobre roupa social ele me indicou: “você tira suas medidas em casa, o site é no Canadá, os alfaiates na China e entregam no mundo inteiro” – interessante não?
Eu participava de alguns eventos e congressos nas áreas que era analista e durante um destes nos EUA em 2014 o fundador desta marca de ternos sob medida foi um dos palestrantes e me lembro bem de ficar montando um “business plan” enquanto ouvia-o falar do negócio – tinha certeza que aquilo funcionaria no Brasil. Estendi minha viagem por mais uma semana para fazer pesquisas de mercado e estruturar o negócio. Quando voltei comuniquei que não ficaria mais na empresa onde estava e comecei a estruturar o negócio junto com meu sócio.
Nós entendemos que o modelo de produção sob demanda é muito mais eficiente que a produção voltada para estoque. Há limitações técnicas para fazer isso em larga escala hoje, talvez acabem no futuro com todos os avanços em impressão 3D.

 

Você e seu sócio Bruno Igel (ADM 2005) se conheceram na Graduação aqui no Insper. Em quais aspectos essa vivência levou vocês a abrirem um negócio juntos?
Nós normalmente fazíamos os trabalhos na faculdade juntos – daí se desenhava a parceria, além da amizade. Ao longo dos anos, e já se vão quase 15, entre trabalhos e discussões profissionais sempre houve o interesse de ter algum negócio juntos.
Finalmente trabalhamos juntos na gestora de recursos e acredito que ali sedimentou a ideia. O Bruno era responsável por uma nova área de Private Equity e nós desenhávamos algumas operações de aquisição de empresas juntos. Demorou alguns anos até ter uma ideia que ambos acreditaram piamente – foi a Monogramma.

 

Quais os próximos passos da Monogramma?
Estamos no ar há pouco mais de seis meses, após mais de um ano entre formatação do plano de negócio e pilotagens com amigos e parentes – antes de vender nossa primeira camisa já tínhamos produzido mais de 100.
O e-commerce demanda evolução constante da ferramenta e experiência de compra do cliente. Em breve colocaremos no ar uma ferramenta que permitirá customização de presentes. Além disso, estamos desenvolvendo um modelo de distribuição que vai permitir nossa expansão nacional “off-line”.
Temos um objetivo muito claro: queremos fazer a primeira camisa Monogramma para 1.000 clientes em 1 ano – depois da primeira camisa sob medida dificilmente o cliente quer voltar a comprar camisas com tamanhos “normais”.

Quer saber mais sobre a Monogramma?

Acesse: www.monogramma.com.br

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco