Sérgio Coutinho

Insper
Insper Instituto de Ensino e Pesquisa
Ary Scapin, consultor do Sebrae, com Sérgio Coutinho e seus sócios na Sayyou, Satoru Narita e Constantino Schwager. Foto Giselly Gonçalves

Ary Scapin, consultor do Sebrae, com Sérgio Coutinho e seus sócios na Sayyou, Satoru Narita e Constantino Schwager. Foto Giselly Gonçalves

Sérgio de Andrade Coutinho, membro da comunidade Alumni do Insper, foi o vencedor do Latin Moot Corp, uma disputa internacional de business plans que acontece anualmente. O Latin Moot Corp é uma prévia do Global Moot Corp, principal competição mundial de planos de negócios entre escolas de negócios, realizada todos os anos na todos os anos na McCombs Business School,na Universidade do Texas, em Austin (Estados Unidos).

Coutinho teve seu projeto indicado como vencedor no sábado, 13/03, na final da competição realizada pela FGV. Ele enfrentou concorrentes de instituições respeitadas como a própria FGV, Universidade Federal de Pernambuco, University of Otago (Nova Zelândia), University of New Brunswick (Canadá) e IAE (Argentina).

Para chegar à vitória, o ex-aluno do Insper representou a Escola com o plano de negócios da Sayyou, cujo produto é o Eletroherb, uma máquina agrícola capaz de combater o uso de ervas daninhas sem a utilização de herbicidas e com custos abaixo das técnicas existentes hoje. Sérgio explica que, além do custo melhor para os produtores, “a Eletroherb oferece outros benefícios como prevenir a degradação do meio ambiente e problemas de saúde conseqüentes do uso de herbicidas”.

Para Sérgio, além da excelência do produto, principal motivo da vitória segundo ele, os preparativos que antecederam a competição, com apoio do Insper, foram fundamentais. “A preparação consistiu basicamente em elaborar um bom plano e treinar, treinar e treinar a apresentação. O Insper ajudou muito e sei que posso contar sempre com o importante apoio do Centro de Empreendedorismo”, conta. “Não posso deixar de agradecer especialmente ao professor Marcos Hashimoto”. Além disso, ele ressalta que os conhecimentos adquiridos durante o curso de graduação foram primordiais em sua opção por uma carreira empreendedora. “Hoje vejo que poderia ter aproveitado ainda mais as oportunidades de aprendizado oferecidas pelo Insper. O curso abriu meu horizonte para uma grande gama de mercados e possibilidades”, destaca Sérgio Coutinho

O vencedor do Latin Moot Corp também comentou a importância de continuar se relacionando com a Escola, mesmo após finalizar sua graduação – Sérgio se formou no ano passado: “O Insper continua a oferecer oportunidades para os membros Alumni. Entre elas, é importante citar a continuação e o desenvolvimento do network iniciado nos anos de estudo”.

A repercussão da vitória dentro do Insper também tem sido grande. “É uma imensa satisfação vermos um projeto representando nossa Escola ganhar uma competição dessa importância e abrangência”, comemora Marcos Hashimoto, coordenador do Centro de Empreendedorismo do Insper. “O próximo passo é dar todo o apoio ao Sérgio para a edição Global, em maio”.

E o vencedor revela suas expectativas para o Global Moot Corp: “Representar bem o Brasil, o Insper e, com alguma sorte, encontrar um investidor interessado em nos ajudar a

introduzir o Eletroherb nos Estados Unidos”, almeja Sérgio Coutinho.

O próximo desafio

Entre os dias 5 e 8 de maio, acontecerá o Global Moot Corp, o próximo desafio de Sérgio Coutinho. Vencedor da Latin Moot Corp, Sérgio foi habilitado a concorrer com outras 23 equipes do mundo todo naquela que é chamada de “Super Bowl das competições mundiais de planos de negócios” – Super Bowl é a final do campeonato de futebol americano, maior evento esportivo dos Estados Unidos.

Essa é a vigésima sétima edição do concurso, que oferece aos participantes (convidados ou vencedores de competições ao redor do mundo) a oportunidade de interagir com colegas dos melhores MBAs do mundo, aprimorar seus planos de negócios e conhecer investidores e representantes de venture capital, que buscam bons projetos para investir.

Serão três dias de apresentações e feedbacks para todos os times, enfrentando desafios em bancas compostas por consultores de entidades e empresas como Austin Technology Council, Benchmark Capital, Hunt Ventures, Nasdaq OMX, Palo Alto Software, Texchange e Thompson & Knight.

Melhores apresentações, planos escritos e projetos avançam na busca pelo título de vencedor do Global Moot Corp, além de premiações em dinheiro, que podem chegar a US$ 25 mil para o campeão geral.

Sobre a competição

O Moot Corp Competition é um concurso internacional de planos de negócios que reúne alunos de cursos de MBA e pós-graduação das principais escolas de administração das Américas, Ásia, Oceania e Europa. É realizado há 25 anos pela Universidade do Texas.

No Brasil, a FGV-EAESP promove desde 2001 o Latin Moot Corp, trazendo para São Paulo equipes de alunos de cursos de MBA e pós-graduação de várias escolas de países de língua latina. Entre 2002 e 2009, o evento foi realizado com participação de faculdades de administração de diversos estados brasileiros e de universidades de países latino-americanos.

Na competição, as equipes selecionadas para a última rodada participam de uma apresentação em auditório, aberta a um público composto de executivos das empresas parceiras da FGV-EAESP e de convidados dos patrocinadores. O evento conta com a participação de importantes executivos brasileiros, que atuam como jurados na avaliação dos planos de negócios apresentados pelos alunos, além do público de venture capital – indivíduos oufundos com investimentos dedicados, principalmente, a start-ups.

Saiba mais em http://www.mootcorp.org/ e http://latinmootcorp.org/.

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco