Gustavo Joaquim (ECO 2011) faz as malas, para cursar o programa de Economia do MIT

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

Aceito no programa de Ph.D. com bolsa de estudos em oito faculdades americanas, Gustavo Joaquim (ECO 2011) faz as malas no próximo mês de setembro, para cursar o programa de Economia do MIT. Também chamado por Stanford, Yale, Universidade de Chicago, Princeton, NYU, Columbia e Northwestern, ele escolheu o MIT porque, segundo ele, é o “sonho de consumo” dos alunos que aplicam.

Ainda como aluno da graduação de Economia no Insper, entre 2008 e 2011, Joaquim começou a se interessar por pesquisa científica. Apoiado por professores e colegas, partiu para a carreira acadêmica, logo após a formação, iniciando pelo Mestrado, na PUC-Rio. Confira a breve entrevista onde ele fala sobre esta nova fase de sua  carreira.

Por que você quis fazer Ph.D.?

De uma forma ampla, o que me levou a procurar o Ph.D. foi um interesse genuíno na pesquisa acadêmica em Economia. Esse interesse nasceu no Insper, onde fiz Graduação, e se desenvolveu e tomou forma no Mestrado, que fiz na PUC-Rio.

 

Quem te estimulou a procurar o Ph.D. e estas instituições?

Muitos professores e colegas de turma fizeram parte dessa decisão. A primeira decisão foi a de fazer o mestrado e, nesse sentido, os professores Marcelo Moura e Marco Lyrio, do Insper, sempre me estimularam muito. A partir daí, já no mestrado, os professores Vinicius Carrasco e Leonardo Rezende, da PUC-Rio, e o João Manoel P. de Mello, que hoje está no Insper, foram muito importantes na tomada de decisão em seguir para o Ph.D. Tive, desses três últimos, um apoio e suporte incríveis, sem os quais os resultados alcançados não seriam possíveis.

Entre meus colegas, há o Felipe Alves, que foi meu companheiro no Insper e na PUC-Rio e também está indo fazer PhD nos EUA. Ele foi importante em várias dimensões, talvez mais do que seja possível descrever. Além disso, conheci na PUC-Rio a pessoa e economista mais interessante da minha vida, a Isabela Duarte, que se tornou uma incrível companheira e me apoiou incondicionalmente durante esse processo.

 

Por que escolheu o MIT entre as oito instituições?

Assim como em quase todas as outras instituições, no programa de Economia do MIT a área de especialização é escolhida depois de algum tempo do curso já em andamento. O MIT tem um dos melhores programas de economia do mundo e é o “sonho de consumo” da maioria dos alunos que aplicam.

 

Você já tem um projeto de pesquisa?

Não! Mas esse é um ponto importante: todos os alunos, ao entrarem no programa, não têm um projeto de pesquisa. São dois anos intensos de aulas para, a partir daí, começar a desenvolver um dos projetos de pesquisa que fazem parte da tese. Essa flexibilidade de entrar e depois escolher é importante pois, hoje em dia, a pesquisa em economia é muito avançada em termos metodológicos, de modo que só é possível fazer um avanço significativo após muito tempo de estudo da forma tradicional (aulas e provas)”.

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco