Alumnus Ricardo Ywata (MBA 1998) publica livro sobre riscos políticos

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa
capa_livro_ricardo

Capa do livro Introdução ao Risco Político – Conceitos, análises e problemas

Ricardo K. Ywata (MBA 1998), sociólogo e professor , acaba de publicar o livro Introdução ao Risco Político – Conceitos, análises e problemas, no qual discute junto de outros 5 autores os riscos políticos, suas causas, incidências, potenciais e consequências.

O que te motivou a escrever sobre este tema?

Fui convidado pelos organizadores do livro a escrever o capítulo relativo às agências de rating, que são instituições privadas que analisam, dentre outros, o risco representado pelos países aos investimentos estrangeiros. Estas agências sempre me intrigaram pois são entidades privadas que julgam estados-nação e formam, em conjunto com outras instituições, a chamada governança financeira global.

Quais os desafios em produzir um livro sobre aspectos políticos, principalmente em conjunto com mais 5 autores?

Os organizadores do livro – Flávio Rocha de Oliveira e Moisés Marques – tiveram o duplo desafio de reunir acadêmicos e profissionais de mercado alinhados com o tema do risco político, de um lado, e de criar uma obra que introduzisse o leitor brasileiro neste tema, sob a perspectiva de autores nacionais, de outro. Trata-se de uma obra pioneira no País.

 

Em quais aspectos ter estudado no Insper contribuiu para o sucesso deste seu projeto?

lancamento_livro_ricardo

Ricardo (à esquerda) no lançamento do livro ao lado de outro autor.

O MBA do Insper contribuiu para que eu fosse designado para coordenar a primeira operação de securitização de recebíveis do exterior por uma instituição financeira brasileira. Na época, a instituição logrou captar US$ 300 milhões, pelo prazo de 5 anos, tendo como garantia remessas enviadas por trabalhadores brasileiros do Japão para as suas famílias no País. Pela estrutura apresentada, a operação obteve o ‘grau de investimento’ por duas agências de rating, quando na época o País ainda era considerado ‘grau especulativo’. Surgiu daí o meu interesse em estudá-las mais de perto. Anos depois, quando decidi fazer o doutorado, resolvi tomá-las como objeto de estudo e acreditava que tanto o meu MBA do Insper, quanto a minha experiência no mercado financeiro, poderiam interessar à Academia. E o meu feeling mostrou-se correto. Da tese de doutorado nasceu o meu primeiro livro (“Ordem Mundial e Agências de Rating”, Editora Senac) e, posteriormente, o convite para participar do segundo (“Introdução ao Risco Político”), publicado pela Editora Elsevier.

Que dicas você daria aos alumni que têm vontade de publicar um livro?

Primeiro, buscar a opinião, sobre o texto, de pessoas familiarizadas com o tema, tanto do mercado, quanto da academia. Depois, contatar editores alinhados com o tema. Quando se tratar de obras acadêmicas, universidades e instituições de apoio à pesquisa (Capes, CNPQ, Fapesp) podem oferecer suporte para publicação.

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco