Alumnus cria startup voltada à ascensão profissional

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

alumni_news_out_leoDepois de mais de 10 anos trabalhando com Comunicação e Marketing, Leonildo Durães (CMM 2010) lançou o Clupe (www.clupe.com.br), um portal voltado ao apoio de jovens profissionais, com o intuito de compartilhar experiências e conhecimento. Confira a entrevista com o alumnus, e saiba mais sobre esta rede de aprendizado.

Como foi sua trajetória antes de decidir empreender?

Comecei trabalhando no terceiro setor, como voluntário no Sítio Agar, que cuida de crianças soropositivas, e também em uma casa de passagem para moradores de rua e pessoas em processo de reintegração social e familiar, onde atuei por quase cinco anos na parte de comunicação e divulgação das Instituições.

Quando entrei na faculdade de Publicidade, comecei a estagiar no Banco Santander, mas na área comercial de agência. Como meu sonho sempre foi trabalhar em marketing, lembro que eu saía da agência no final do expediente e ia para o centro administrativo do banco para acompanhar e aprender sobre o dia-a-dia da área.

Com essa rotina, comecei a conhecer pessoas e fazer amizades, até que um dia recebi o convite e fui efetivado onde queria.

Agarrei a oportunidade e ao longo dos anos fui crescendo, e cheguei a trabalhar em diversas áreas da companhia, entre marketing, comercial e estratégia.

Quando entrei no Insper, tive duas matérias que fizeram abrir minha mente para a mudança na carreira: a de Empreendedorismo, que me despertou algo que eu já tinha mas não sabia, e a aula de Negociação Estratégica, que foi muito importante na  construção do projeto.

 

O que é o “Clupe” e como surgiu a ideia?

O Clupe é uma plataforma digital de assessoria aos jovens em ascensão profissional, que através da vivência e conhecimento de outros profissionais de mercado, Consultores, Instituições de Ensino, Empresas e Organizações, formam um círculo virtuoso para oferecer suporte, orientação e melhores oportunidades de crescimento na carreira.

A ideia surgiu ainda no Santander, quando eu era gestor de estagiários e trainees. Eu via que apesar de terem uma excelente formação acadêmica, demonstravam falta de habilidades e percepções em lidar com as demandas do mundo corporativo.

Foi da percepção dessa necessidade que surgiu a razão de ser do Clupe, para orientar profissionalmente esses jovens, com base na realidade das diversas culturas e relações dos grupos de interesses no mundo dos negócios.

Um dos principais objetivos da ferramenta é ser uma rede integrativa de conhecimento, na qual podem ser realizados cursos e treinamentos, vídeo conferências, sessões de coaching, divulgação de eventos, fóruns, compartilhamento de biblioteca, e publicação de vagas, tudo baseado na interatividade entre quatro segmentos: Instituições de Ensino ou Organizações, Empresas, Consultores e o Pesquisador (aquele que está em busca de ascensão profissional) fechando o ciclo profissional em torno do Jovem.

 

E como a experiência de estudo aqui no Insper contribuiu na construção desse negócio? 

De várias maneiras na verdade. Vários professores me aconselharam, como o de Empreendedorismo, por exemplo, e algumas matérias que eu tive no CMM me despertaram o desejo de empreender.

Além disso, o Business Plan do Clupe foi realizado em parceria com a Insper Consulting Jr. Eles fizeram a consultoria para o meu projeto e eu participei ativamente das pesquisas, acompanhando de perto a evolução do plano. O Insper esteve presente antes e durante no projeto, e acredito que vai continuar contribuindo para o crescimento do negócio.

 

E você tem sócios?

Tomei a decisão de não ter sócios por enquanto e tenho usado a estratégia de formar parcerias e alianças. Na parte tecnológica, para o desenvolvimento e gestão da infraestrutura tenho parceria com o Grupo i9. Para curadoria e mentoria, a Trikkaia Desenvolvimento Humano. Além disso, conto com a assessoria de um escritório especializado em propriedade intelectual e outro em assessoria contábil.

 

Qual dica você dá para aqueles têm vontade de mudar a carreira profissional e partir para o mundo de empreendedorismo?

Acredito que é muito importante ter um bom planejamento pessoal para ter um fôlego até que o negócio comece a viabilizar financeiramente. Mas o que eu considero muito importante é não ter receio de falar do seu negócio com pessoas formadoras de opinião. Não ter medo de que alguém vá roubar sua ideia. Falar do projeto só tem a agregar, pois o Networking pode trazer outros pontos de vista, ajudar a consolidar sua ideia, e progredir no projeto.

Faça parte dessa rede, acesse  www.clupe.com.br!

voltar

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco