Home/Agenda de Eventos/Regras fiscais e sustentabilidade

Webinar

No seminário Regras Fiscais e Sustentabilidade, o trabalho Public Investment and Fiscal Crisis in Brazil:  Finding Culprits and Solutions serviu como motivação para uma discussão com alguns dos maiores especialistas em política fiscal no Brasil.

No evento, foram discutidos os seguintes temas:

  • Qual o papel das regras fiscais no equilíbrio fiscal?
  • Qual a relação entre elas e o investimento público?
  • Como garantir que as regras fiscais sejam cumpridas?
  • Como criar uma cultura de responsabilidade fiscal?

Na primeira parte do debate, coordenado por Paulo Hartung e apresentado por Marco Bonomo, foram discutidas as regras fiscais federais, com participação de Felipe Salto, Mansueto Almeida e Marcos Mendes.

No segundo painel, coordenado por Ana Carla Abrão, apresentado por Cláudio Frischtak e com a participação de Ana Paula Vescovi, Aod Cunha, Cristiane Schmidt e o Deputado Mauro Benevides Filho, foram abordadas as regras fiscais subnacionais.

Confira, na programação, a lista completa dos participantes.

Trabalho: Public Investment and Fiscal Crisis in Brazil  Finding Culprits and Solutions

Regras Fiscais Federais_Marco Bonomo

Regras Fiscais Federais_Felipe Salto

Regras Fiscais Federais_MarcosMendes

Regras Fiscais Subnacionais_Claudio Frischtak

Regras Fiscais Subnacionais_Cristiane Schmidt

Informações

Data: 25/09/2020

Horário: 08h30

Programação

8h30 – 10h10

Regras Fiscais Federais

Coordenador: Paulo Hartung

  • Apresentação: Marco Bonomo
  • Discussão:
    Felipe Salto;
    Mansueto Almeida;
    Marcos Mendes.

10h30 – 12h40

Regras Fiscais Subnacionais

  • Coordenadora: Ana Carla Abrão
  • Apresentação: Cláudio Frischtak
  • Discussão:
    Ana Paula Vescovi;
    Aod Cunha;
    Cristiane Schmidt;
    Deputado Mauro Benevides Filho.

12h40 – 13h

Considerações Finais

Marcos Lisboa

INSCRIÇÕES

25/09/2020 - Seminário: Regras fiscais e sustentabilidade

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Realização:

Conheça os participantes

Ana Carla Abrão

Head do escritório da Oliver Wyman no Brasil. Foi consultora no Fundo Garantidor de Créditos (FGC) no Brasil, foi pesquisadora do Banco Central do Brasil, Economista Chefe na Tendências Consultoria, Diretora da área de controle de riscos do Banco Itaú Unibanco e Secretária de Fazenda do Estado de Goiás. É conselheira da B3, do Civic-Co e do CLP – Centro de Liderança Pública. É doutora em Economia pela Universidade de São Paulo e mestre pela EPGE/FGV.

Ana Paula Vescovi

Economista-chefe do Banco Santander e membro do Conselho de Administração e do Comitê de Auditoria e Riscos da Ultrapar. Exerceu os cargos de Secretária Executiva do Ministério da Fazenda e Secretária do Tesouro Nacional, Presidente dos Conselhos de Administração da Caixa e do Instituto de Resseguros do Brasil (IRB). Foi Secretária da Fazenda do Estado do Espírito Santo. É bacharel em Ciência Econômicas, Mestre em Administração Pública (FGV-RJ) e em Economia do Setor Público (UNB-DF).

Aod Cunha

Doutor em Economia, conselheiro de administração da Gerdau, Grupo Vibra, Agibank, Atiaia Energia e Grupo Edson Queiroz. Ex-sócio do Banco BTG Pactual e managing director do JP Morgan. Foi presidente da Fundação de Economia e Estatística (FEE/RS), secretário da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul e presidente do conselho de administração do Banrisul entre 2003 e 2009. É professor do curso de pós-graduação em Finanças da PUC-RS e colunista do Infomoney.

Cláudio Frischtak

Sócio da Inter.B Consultoria e Diretor do International Growth Center (LSE). Foi professor (“adjunct”) na Univ. de Georgetown e “Principal Economist” do Banco Mundial (1984-91). Publicações recentes incluem “Uma Estimativa do Estoque de Capital de Infraestrutura no Brasil” em Desafios da Nação (IPEA, 2018) e “Science and Innovation in Brazil: where to now?” em Innovation in Brazil: Advancing Development in the 21st Century (Routledge, 2019).

Cristiane Schmidt

Secretária de Economia de Goiás. Foi conselheira do CADE e secretária-adjunta da SEAE do Ministério da Fazenda. Trabalhou em cargos de chefia em empresas do setor privado no Brasil, Porto Rico e Guatemala. É mestre e doutora em economia pela EPGE-FGV.

Felipe Salto

Diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal. Economista pela FGV/EESP e Mestre em Administração Pública e Governo também pela FGV-SP. Foi economista da Tendências Consultoria, do ex-Ministro Mailson da Nóbrega. Escreve regularmente na página A2 do Estadão. Organizou os livros Finanças públicas: da contabilidade criativa ao resgate da credibilidade (2016), pela Editora Record, com Mansueto Almeida, e Contas Públicas no Brasil (2020), pela Editora Saraiva, em parceria com Josué Pellegrini.

Mansueto F. de Almeida Junior

Mestre em Economia pela USP, foi pesquisador do IPEA, ex-secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda de 2016 a 2018 e ex-secretário do Tesouro Nacional de 2018 a 2020.

Marco Bonomo

Professor titular de Economia do Insper, sendo pesquisador nas áreas de macroeconomia e finanças. É membro do CODACE (Comitê de Datação do Ciclo Econômico, IBRE-FGV) e do NEC (Núcleo de Estudos Comportamentais da CVM). Foi presidente da Sociedade Brasileira de Econometria e da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi professor da PUC-Rio e da EPGE-FGV. É PhD em Economia pela Princeton University.

Marcos Mendes

Doutor em Economia pela USP e consultor legislativo licenciado do Senado. Pesquisador associado do Insper, foi chefe da assessoria econômica dos Ministros da Fazenda Henrique Meirelles e Eduardo Guardia. Autor de Por que o Brasil cresce pouco? e Por que é dificil fazer reformas economicas no Brasil?.

Mauro Benevides

Ph.D. em economia pela Vanderbilt University. É professor de economia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi Secretário da Fazenda por quase 12 anos e também Secretário de Planejamento do Estado do Ceará. Atuou ainda como coordenador do Conselho Nacional de Politica Fazendária (Confaz) nos anos de 2008 e 2009. Atualmente é deputado federal pelo PDT-CE, membro da Comissão Mista da Reforma Tributária e relator do Plano de Ajuste Fiscal dos estados (Plano Mansueto).

Paulo Hartung

Economista, ex-governador do Estado do Espírito Santo (2003-2010 e 2015-2018), presidente executivo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá); integra o movimento Todos Pela Educação; compõe os conselhos consultivos de Educação do Estado de São Paulo, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI); conselheiro da Unimed Participações; membro dos movimentos RenovaBR e Agora!