Home/Agenda de Eventos/Reforma tributária brasileira: o que podemos aprender com outros 168 países?

A reforma tributária brasileira tem gerado diversas discussões a respeito dos seus aspectos políticos e técnicos. Hoje, 168 países adotam um Imposto sobre o Valor Agregado (IVA), que substitui e unifica os impostos cobrados ao consumidor em um único imposto. O Brasil tem muito a aprender com essas experiências, sobre seus erros e acertos.

Para se aprofundar nesta questão, Marina Thiago e Juan Perroni, ambos da Endeavor, lançaram o estudo Implementando uma reforma tributária de sucesso: o que o Brasil pode aprender com Austrália, Canadá e Índia.

O evento contou também com a apresentação de Eduardo Fleury (FCR Law), com o tema Quais os principais benchmarks para a reforma tributária brasileira?. Por fim, Pedro Gomes (Gympass), Renata Mendes (Endeavor) e Suelma Rosa (IrelGov/DOW) abordaram as experiências da reforma tributária na prática sob o ponto de vista do empreendedor e o ambiente político.

Informações

Data: 14/11/2019

Horário: 08h30

Local: Sala Marcos Lopes - 2º andar - Insper

Entrada: Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia

Estacionamento: Rua Uberabinha, s/n - Vila Olímpia

Programação

9h - 9h15

Abertura institucional
Vanessa Rahal Canado

9h15 – 10h

Lançamento do estudo Endeavor: Implementando uma reforma tributária de sucesso: o que o Brasil pode aprender com Austrália, Canadá e Índia

Marina Thiago e Juan Perroni

10h – 10h45

Quais os principais benchmarks para a reforma tributária brasileira?Eduardo Fleury

10h45 - 11h30

Painel 1: O que podemos aprender com os outros 168 países que adotaram um IVA?
Marina Thiago, Eduardo Fleury e Renata Mendes

11h30 – 12h15

Painel 2: Reforma tributária na prática: contrastes Brasil/mundo sob o ponto de vista do empreendedor e o ambiente político para a aprovação de uma reforma tributária.
Pedro Gomes, Suelma Rosa e Renata Mendes

INSCRIÇÕES

  • DECRETO Nº 58.228, DE 16 DE MAIO DE 2018 Dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de travestis, mulheres transexuais e homens trans em todos os órgãos da Administração Pública Municipal Direta e nas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista municipais, bem como nos serviços sociais autônomos instituídos pelo Município, concessionárias de serviços públicos municipais e pessoas jurídicas referidas no artigo 2º, inciso I, da Lei Federal nº 13.019, de 31 de julho de 2014, que mantenham qualquer espécie de ajuste com a Administração Municipal.
  • Acessibilidade

    O campus do Insper está em conformidade com os padrões nacionais estabelecidos para acessibilidade, de forma que as pessoas com deficiência física encontrem as condições necessárias para circular com autonomia. Conheça nossas ações de Acessibilidade.
    Para garantir a qualidade dos serviços contratados, as solicitações para Interpretação em Libras devem ser feitas até 48 horas antes do evento.
  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

 

Realização:

logotipo do Insper

CONHEÇA OS PALESTRANTES

Vanessa Rahal Canado

Coordenadora da Pós-graduação e Educação Executiva em Direito e Coordenadora do Núcleo de Tributação do Insper

Marina Thiago

Coordenadora de Advocacy da Endeavor

Juan Perroni

Pesquisador da Endeavor

Eduardo Fleury

Fundador e Head da Área de Direito Tributário do FCR Law

Renata Mendes

Gerente de Advocacy da Endeavor

Pedro Gomes

Global VP Taxes and Treasury do Gympass

Suelma Rosa

Vice-Presidente do IrelGov e Diretora de Relações Governamentais da DOW