Home/Agenda de Eventos/Políticas Públicas para um Brasil melhor

Para marcar os 5 anos do Centro de Gestão e Políticas Públicas do Insper e ampliar os debates de qualidade em nosso país, nossos pesquisadores estiveram reunidos para contribuir com propostas e reflexões sobre os desafios de gestão que serão enfrentados pelos eleitos nas próximas eleições.

O evento apartidário Políticas Públicas para um Brasil melhor contou a presença de grandes nomes das áreas de Educação, Segurança Pública, Agronegócio e Sustentabilidade, Desigualdade Social, Infraestrutura, Saúde e Tributário.

Cada tema foi abordado individualmente em um painel de discussão liderado por um dos docentes responsáveis pela pesquisa e notáveis especialistas convidados.

O evento aconteceu nos dias 18 e 19 de agosto.

Leituras recomendadas:

Segurança Pública e Defesa Nacional

Educação, da primeira infância ao crescimento

Desigualdade, pobreza e fome

Infraestrutura, saneamento e habitação

O desafio de expansão do agro com preservação ambiental

SUS: desafios e oportunidades

O valor da Democracia

Veja como foi:

Dia 1

Dia 2

Informações

Data: 19/08/2022

Horário: 09h00

Local: Auditório Steffi e Max Perlman - Térreo

Entrada: Rua Uberabinha, s/n - Vila Olímpia

Estacionamento: Rua Uberabinha, s/n - Vila Olímpia

Programação

08h30 às 18h

Primeiro dia | 18 de agosto

8h30 – Credenciamento

9h – Abertura Institucional

9h20 Segurança Pública e Defesa Nacional

Pesquisador responsável: Rodrigo Soares

Debate: Melina Rizzo Raul Jungmann, Claudio Beato

Mediação: Lucas Martins Novaes

11h – Educação, da primeira infância ao crescimento

Pesquisador responsável: Naercio Menezes Filho

Debate: Priscila Cruz, Mozart Neves Ramos, Denis Mizne

Mediação: Michael França

12h40 – Almoço

14h – Desigualdade, pobreza e fome

Pesquisador responsável: Ricardo Paes de Barros

Debate: Janine Mello, Ricardo Henriques, Andre Portela

Mediação: Allyne Andrade e Silva

15h40 – Infraestrutura, saneamento e habitação

Pesquisador responsável: Paulo Furquim

Debate: Isadora Cohen, Gesner de Oliveira, Karla Bertocco

Mediação: Caio Farah Rodriguez

17h30 – Encerramento

08h30 às 18h

Segundo dia | 19 de agosto 

8h30 – Credenciamento

9h – Abertura Institucional

9h20 – Reforma Tributária

Pesquisadora responsável: Vanessa Canado

Debate: Marina Thiago, Rodrigo Maia, José Tostes

Mediação: Marcos Mendes

11h – O desafio de expansão do agro com preservação ambiental

Pesquisador responsável: Marcos Jank

Debate: Izabela Teixeira, Paulo Hartung, André Nassar

Mediação: André Lahóz

12h40 – Almoço

14h – SUS: desafios e oportunidades

Pesquisadora responsável: Letícia Nunes

Debate: Cassio Turra, Alexandre Kalache, Ricardo de Oliveira

Mediação: André Lahóz

16h – O valor da Democracia

Pesquisador responsável: Carlos Melo

Debate: Maria Hermínia, Eduardo Giannetti, Sergio Abranches

Mediação: Lucas Martins Novaes

17h40 – Encerramento

 

INSCRIÇÕES

 

Realização:

Alexandre Kalache

Médico e gerontólogo, presidente o Centro Internacional de Longevidade Brasil, co-diretor da Age Friendly Foundation. É PhD em epidemiologia pela Universidade de Oxford, fundador da Unidade de Epidemiologia do Envelhecimento da Universidade de Londres e criador do primeiro mestrado em Promoção da Saúde da Europa. Kalache dirigiu o Departamento de Envelhecimento e Curso de Vida da Organização Mundial da Saúde (OMS), onde concebeu e publicou o Marco Político do Envelhecimento Ativo (2002) e a iniciativa Cidades Amigas do Idoso (2005), ambos referenciais aplicados mundialmente. Também integra conselhos em diversas partes do mundo, atua como consultor em diferentes países e é professor em cinco universidades no exterior.

Allyne Andrade e Silva

Advogada, possui doutorado (2019) e mestrado (2015) em direito pela Universidade de São Paulo. Obteve o LL.M – Master of Laws- na área de Teoria Crítica Racial da UCLA School of Law (2019). Formada em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2009). Atualmente, é Superintendente Adjunta do Fundo de Direitos Humanos do Brasil. É autora do livro Direitos e Políticas Públicas Quilombolas publicado em 2020 pela editora D´Plácido. É integrante do movimento de mulheres negras no Brasil e tem sua trajetória profissional e acadêmica ligada à direito e políticas públicas, direitos humanos, organizações da sociedade civil e movimentos sociais, teoria crítica racial, interseccionalidade, equidade racial e de gênero, diversidade e inclusão.

André Lahóz Mendonça de Barros

Antes do Insper, André Lahóz Mendonça de Barros trabalhou por 22 anos na revista Exame, que dirigiu por quase uma década. Foi ainda editor de economia, editorialista, repórter especial e correspondente em Paris do jornal Folha de S.Paulo. É economista formado pela USP e tem mestrado em ciência política pela USP, em história econômica pelo London School of Economics e em economia pelo Insper.

André Nassar

É atualmente Presidente Executivo na ABIOVE - Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais. Foi Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), sendo responsável pela condução da formulação das metas do setor agropecuário na INDC brasileira apresentada na COP 21. Foi fundador e diretor geral do Instituto Icone (2003 a 2012) e diretor geral da Agroicone (2013 a 2015). Idealizou o Modelo Brasileiro de Uso da Terra (BLUM), usado em diversos estudos nacionais e internacionais, e coordenou o trabalho que viabilizou o reconhecimento do etanol de cana-de-açúcar como biocombustível avançado pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA. Engenheiro agrônomo pela Esalq-USP, com mestrado e doutorado pela FEA-USP.

André Portela Fernandes de Souza

Professor titular de políticas públicas da FGV, coordenador do Centro de Microeconomia Aplicada e diretor do Centro FGV EESP CLEAR. Possui graduação em Economia pela UFBA, mestrado em Economia pela USP e doutorado em Economia pela Cornell University. Foi professor doutor da USP, professor associado adjunto na Vanderbilt University e professor visitante em Cornell. Foi editor da revista Estudos Econômicos e secretário-executivo da Sociedade Brasileira de Econometria. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia do Trabalho.

Cassio Maldonado Turra

Economista, Professor Associado de Demografia no Departamento de Demografia da UFMG, Doutor em Demografia pela Universidade da Pensilvânia e pós-doutorado no Escritório de Pesquisa Populacional e no Centro de Saúde e Bem-Estar da Universidade de Princeton. Atualmente, é Presidente do Conselho Curador da Fundação Ipead da UFMG e membro titular da Comissão Consultiva do Censo Demográfico 2021.

Carlos Alberto F. de Melo

Graduado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1990), mestrado (1996) e doutorado (2003) em Ciências Sociais -- Política -- pela mesma Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP. Atualmente é Professor Sênior Fellow do Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa. Experiência em Ciência Política, com ênfase Estado, Governos, Partidos Grupos de Interesse e conflitos Políticos. É analista político, contribuindo com vários veículos de comunicação, sendo comentarista da Rádio CBN. Palestrante e Consultor, com vários clientes no Brasil e no Exterior.

Caio Farah Rodriguez

É Professor Senior Fellow do Insper na área de Direito. É bacharel pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP, Mestre em Direito (LL.M., 98) pela Universidade de Harvard e Doutor em Direito pela USP. É Professor-Fundador da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas. É sócio do escritório Barros Pimentel, Alcantara Gil e Rodriguez – Advogados.

Claudio Beato

Professor titular do Departamento de Sociologia da UFMG. Possui graduação em pela UFMG, mestrado e doutorado pela SBI/IUPERJ e coordena o Centro de Estudos em Criminalidade e Segurança Pública da UFMG. Recebeu a Comenda do Mérito Científico Nacional. Foi professor visitante em Columbia, visiting scholar no David Rockfeller Center for Latin American Studies (Harvard), do Centre of Brazilian Studies (Oxford). Também foi consultor do Banco Mundial, do BID e UNODC das Nações Unidas. Segundo o último ranking do Adscientific Index AD de 2022, é o 9º intelectual mais influente na América Latina na área de Law e Legal Sudies. É ex Secretário de Segurança e Prevenção de Belo Horizonte e ex Secretário de Desenvolvimento Econômico de Belo Horizonte.

Denis Fernando Mizne

Advogado formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, conhecido pela sua atuação à frente de instituições do terceiro setor, e atual diretor-executivo da Fundação Lemann. Mizne foi visiting scholar na Universidade Columbia e Yale World Fellow na Universidade Yale. Fundou e preside o conselho do Instituto Sou da Paz, é conselheiro do Instituto Natura, da Associação Nova Escola e membro do Yale’s President Council on International Activities. Além disso, foi um dos presidentes do Centro Acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da USP.

Eduardo Giannetti

Eduardo Giannetti da Fonseca foi eleito em 2022 como imortal pela Academia Brasileira de Letras. É economista, professor e autor. Formado na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade e em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas ambas da Universidade de São Paulo.

Gesner Oliveira

Sócio da GO Associados, Professor da FGV, onde coordena o Centro de Estudos de Infraestrutura e Soluções Ambientais. Doutor em Economia pela Universidade da Califórnia (Berkeley). Foi Presidente da Sabesp (2007-11) e do CADE (1996-00). Foi Secretário Adjunto de Política Econômica (1993-95) e Secretário de Acompanhamento Econômico (1995), ambos no Ministério da Fazenda. É membro do Conselho de várias empresas. Foi certificado como Conselheiro Independente e Membro do Comitê de Auditoria pelo IBGC. Publicou em 2021 em coautoria com Artur Ferreira o livro Nem Negacionismo Nem Apocalipse - economia do meio ambiente: uma perspectiva brasileira.

Izabella Mônica Vieira Teixeira

Ph.D. em Planejamento Energético e Secretária Executiva do Meio Ambiente (2008 a 2010) e Ministra do Meio Ambiente (2010 - 2016). A convite do Secretário-Geral da ONU, foi membro do Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global e posteriormente sobre a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 (ODS Agenda 2030). Foi também uma das principais líderes da Conferência Rio+20 da ONU de 2012 Em 2015, foi Chefe da Delegação Brasileira nas negociações do Acordo de Paris da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. Em 2013, a Ministra Izabella Teixeira recebeu o prêmio “Campeões da Terra” do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente por Liderança Política. Hoje, ela é co-presidente do The International Resource Panel – IRP/UNEP-ONU, membro do conselho UN DESA, membro sênior do Instituto Arapyaú, membro do conselho da Fundação Fernando Henrique Cardoso e curadora de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas do CEBRI.

Isadora Cohen

Atualmente é Secretária Executiva da secretaria dos Transportes Metropolitano de São Paulo. É sócia fundadora licenciada da ICO Consultoria de integração público privada; presidente do Infra Women Brazil; Fundadora do Infracast. Coordenadora do MBA em infraestrutura, PPPs e Concessões do CEDIN-MG e integrante do corpo docente da PUC-MG e da London School of Economics. Certificada pela APMG (CP3P). Foi Secretária do Programa de Desestatização do Estado de São Paulo e Chefe da Unidade de PPPs do mesmo Estado. Atuou como Diretora da Companhia São Paulo de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (Prefeitura de São Paulo). Foi sócia da KPMG, líder para o Brasil da prática de Governo. Foi Conselheira e é mentora do Vetor Brasil.

Janine Mello dos Santos

É especialista em políticas públicas e gestão governamental. Possui graduação e mestrado em Ciência Política (UnB), doutorado em Sociologia (UnB) e pós-doutorado em Planejamento e Gestão do Território (UFABC). Atuou na administração pública federal em órgãos como Casa Civil da Presidência da República onde desempenhou atividades como Assessora Especial, Subchefe Adjunta de Assuntos Sociais, Coordenadora Executiva do Programa Territórios da Cidadania e no monitoramento no Programa de Aceleração do Crescimento. No Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome foi Assessora Especial e Diretora de Gestão e Acompanhamento do Plano Brasil sem Miséria. Desde 2017 atua como pesquisadora na Diretoria de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia no IPEA.

José Tostes

Formado em Administração e Engenharia. Tem mestrado em Política e Administração Fazendária. Trabalhou como auditor fiscal da Receita Federal em 1982 e permaneceu no cargo por 28 anos. Em 2011, tornou-se secretário de Fazenda do Estado do Pará e presidente do Conselho de Administração do Banco do Estado do Pará. Também assumiu nesse período a Presidência do Comitê de Secretários Estaduais de Fazenda, o COMSEFAZ. Atuou ainda como Tax Advisor do FMI. Desde 2015, é líder em Gestão Fiscal e Municipal do BID e em 2019 foi nomeado Secretário Especial da Receita Federal onde permaneceu até dezembro de 2021.

Karla Bertocco Trindade

Tem mais de 15 anos de liderança e experiência C-level no setor de infraestrutura/água e saneamento no Brasil. Em 2019 atuou como diretor-gerente da área de Governo e Infraestrutura do BNDES. Em 2018 foi CEO da SABESP. Também foi subsecretária de Parcerias e Inovação do Governo do Estado de São Paulo (2015-2018), responsável pelas PPP's e privatizações em diversos setores (estradas pedagiadas, mobilidade urbana, água e saneamento etc.). Suas posições anteriores incluem ainda Diretora Geral da ARTESP (2011-2014), Diretora Gerente da ARSESP (2007-2010) e Chefe da Presidência da Sabesp (2004-2007). É graduada em administração pública pela FGV-SP e em direito pela PUC-SP e pós-graduada em Direito Administrativo, também pela FGV. Em 2020 tornou-se sócia da Mauá Capital, responsável pelos projetos de água e infraestrutura. Foi indicada como membro independente do conselho para apoiar os esforços de IPO na CORSAN e da Orizon Valorização de Resíduos.

Letícia Faria de Carvalho Nunes

É professora assistente do Insper. Possui mestrado e doutorado em economia pela EPGE-FGV, tendo sido visiting scholar na University of Northwestern durante dois anos. Em 2020, recebeu o Prêmio Haralambos Simeonidis de melhor tese concedido pela ANPEC. Anteriormente, foi pesquisadora sênior no Instituto de Estudos de Políticas de Saúde. Sua pesquisa se concentra nas interseções de Economia da Saúde, Desenvolvimento e Organização Industrial.

Lucas Martins Novaes

É cientista político. Possui graduação em economia pela FEA-USP, mestrado em economia pela FGV-SP, e PhD em ciência política pela Universidade da California, Berkeley. Antes do Insper, foi research fellow do Institute for Advanced Study in Toulouse. É non-resident research associate do Center on the Politics of Development. Seu trabalho busca entender representação política em países em desenvolvimento, o que inclui organização partidária, voto retrospectivo, políticas de quotas, clientelismo e segurança pública, além de trabalhos sobre influência de mídia. Parte de sua dissertação foi publicada no American Journal of Political Science.

Marcos Jank

Professor de agronegócio e coordenador do centro Insper Agro Global. Foi presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e do ICONE. Atuou como VP de assuntos corporativos da BRF para a Ásia-Pacífico, onde também representou entidades exportadoras do agronegócio.

Marcos Mendes

É pesquisador associado do Insper, graduado e mestre em Economia pela Universidade de Brasília. Doutor em Economia pela Universidade de São Paulo. Trabalha no Governo Federal, já tendo atuado na Secretaria do Tesouro Nacional, no Banco Central e no Senado Federal e foi Chefe da Assessoria Especial do Ministro da Fazenda.

Maria Hermínia Tavares de Almeida

Atualmente é pesquisadora sênior do Cebrap e professora titular aposentada do Departamento de Ciência Política da FFLCH-USP e do Instituto de Relações Internacionais, atuando nos Programas de Pós-Graduação em Relações Internacionais e em Ciência Política da USP. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado na University of California, Berkeley. É comendadora da Ordem do Mérito Científico (2006) e recebeu o Prêmio de Excelência Científica em Ciência Política da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

Marina Thiago

Formada em direito (USP) e Mestre em Gestão de Políticas Públicas (FGV). É gerente de Advocacy da Endeavor e do Movimento Pra Ser Justo.

Melina Risso

Diretora de Pesquisa do Instituto Igarapé. É doutora e mestre em Administração Pública e Governo pela FGV e coautora do livro “Segurança Pública para Virar o Jogo”. Atualmente é diretora de pesquisa do Instituto Igarapé e conselheira de diversas organizações do terceiro setor. Trabalha e pesquisa diferentes temas da agenda pública, entre eles segurança pública, segurança climática, cidades, governança e direitos digitais. Melina fez parte de diferentes conselhos nacionais de políticas públicas e foi consultora do BID e da CAF.

Michael França

É Pesquisador e Coordenador do Núcleo de Estudos Raciais do Insper e colunista da Folha de São Paulo.

Mozart Neves Ramos

Foi Pró-Reitor Acadêmico e Reitor da UFPE. Presidiu o FORGRAD e a ANDIFES. Foi Secretário de Educação de Pernambuco e presidiu o CONSED. Foi Presidente Executivo do Movimento Todos pela Educação e Diretor do Instituto Ayrton Senna. Autor de vários livros sobre Educação. É articulista do Correio Braziliense há mais de dez anos e articulista do Jornal do Commercio de Pernambuco. Possui mais de 100 artigos científicos publicados nos principais jornais internacionais na área de química molecular. Foi agraciado com os títulos de: As 100 Pessoas mais Influentes do Brasil em 2008 (Revista Época); Personalidade das Artes, Ciências e Letras da França em 2006; Educador Internacional do Ano em 2005 (International Biographical Center – Cambridge); Cavalheiro da Ordem do Mérito da República Italiana, 2002. Atualmente é membro do Conselho Nacional de Educação e Titular da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira do Instituto de Estudos Avançados da USP – Ribeirão Preto.

Naercio Menezes Filho

Possui graduação em Economia pela Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Economia pela University College London (1997). Atualmente é Professor Titular (cátedra Ruth Cardoso) do Insper, Professor Associado da Universidade de São Paulo. Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências e da Ordem Nacional do Mérito Científico na classe Comendador. Membro do Comitê Científico do Núcleo Ciência pela Infância. Tem experiência na área de Economia, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, mercado de trabalho, desigualdade, produtividade e tecnologia.

Paulo Furquim de Azevedo

É Professor Titular do Insper, onde também coordena o Centro de Regulação e Democracia. É graduado em Administração Pública, pela FGV, e é Mestre e Doutor em Economia, pela FEA-USP. Foi Visiting Professor no MIT, em 2012, e Visiting Scholar na University of California at Berkeley, em 1994. Foi Conselheiro do CADE entre 2006 e 2009, bem como professor da Sao Paulo School of Economics FGV, da USP-RP e da UFSCar. É Bolsista de Produtividade do CNPq, tendo sido também parecerista e membro de conselhos editorais de diversas revistas científicas. Já coordenou projetos temáticos junto à Fapesp, na área de instituições de mercado, junto ao IDB (Inter-American Development Bank), na área de políticas de desenvolvimento, e junto ao CEDES, IDRC e CNJ, na área de Estudos Empíricos em Direito.

Paulo Hartung

É economista pela UFES, “Professor Honoris Causa” pela Universidade Vila Velha e “Doutor Honoris Causa” pela UFES. Foi governador do Espírito Santo por três mandatos (2003-2010 e 2015-2018), senador, prefeito de Vitória, deputado federal e deputado estadual. Comanda a Indústria Brasileira de Árvores desde 2019. Atua em diversas frentes em prol da formação de novas lideranças, além de realizar palestras sobre gestão pública em todo o País. É membro do conselho do RenovaBR, do Todos Pela Educação e do Conselho Superior da Economia Criativa da FIESP. Participa do Instituto de Estudos da Saúde e integra o conselho do CEBRI. Em 2019, foi nomeado Conselheiro Consultivo do Departamento de Pesquisas Judiciárias do CNJ. Foi conselheiro administrativo da EDP do Brasil (2012-2014) e da Veracel Celulose (2013-2014). Também foi diretor Desenvolvimento Regional e Social do BNDES (1997). A convite da Embaixada Americana no Brasil, participou de programa intensivo sobre Administração Pública e Sistema Político nos Estados Unidos, em 1997.

Priscila Cruz

É presidente executiva e co-fundadora do Todos Pela Educação. É mestre em Administração Pública pela Harvard Kennedy School of Government, tendo recebido o Prêmio de aluna destaque 2014/2015. Graduada em administração de empresas pela FGV-SP e em Direito pela USP. Presidente do Conselho do Instituto Articule e membro dos Conselhos do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça, da Fundação Itaú de Educação e Cultura, do Instituto Reúna, do Centro de Estudos de Educação e Inovação em Educação da FGV/RJ, do Instituto Rodrigo Mendes e do Movimento LED - Luz na Educação. É também membro do Grupo de Estudos de Educação do Instituto de Estudos Avançados da Unicamp.

Raul Jungmann

Exerceu o cargo de secretário de Planejamento do Governo de Pernambuco. Foi Secretário-Executivo do Ministério do Planejamento e Orçamento e Gestão da Presidência da República no Governo Itamar Franco, tendo exercido a presidência do Conselho do BNDES. Entre 1995 e 1996 Presidiu o Ibama e ainda no governo Fernando Henrique Cardoso, ocupou as funções de presidente do Incra e de Ministro da Reforma Agrária, deixando como legado o maior programa de reforma agrária da história do Brasil. Entre os anos de 2003 a 2010, foi Deputado Federal por 2 mandatos consecutivos, sempre pelo Estado de Pernambuco, tendo presidido a Comissão de Segurança Pública. Entre 2015 e 2016 retornou a Câmara dos Deputados e, em seguida, exerceu o cargo de Ministro da Defesa e em 2018 o de Ministro da Segurança Pública.

Ricardo de Oliveira

É engenheiro de produção e foi Secretário Estadual de Gestão e Recursos Humanos do Espírito Santo, no período de 2005 a 2010 e Secretário Estadual de Saúde do ES de 2015 a 2018. Autor dos livros: Gestão Pública: Democracia e Eficiência (2012) e Gestão Pública e Saúde (2020). Conselheiro do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde. Membro do comitê de filantropia da UMANE.

Ricardo Henriques

Economista e Superintendente Executivo do Instituto Unibanco. Foi Secretário Nacional de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação e Secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento Social, quando coordenou o desenho e a implantação inicial do programa Bolsa Família. No Rio de Janeiro foi Secretário Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e Presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos, quando desenvolveu e implantou o Programa UPP Social. Foi pesquisador e diretor adjunto da área social do IPEA, assessor especial do presidente do BNDES e, durante 30 anos, professor do Departamento de Economia da UFF. Presidiu o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro, a Conferência de Educação na 34ª Conferência Geral da UNESCO (2008) e a Rede de Vice-Ministros de Redução da Pobreza e Desenvolvimento Social do BID. Foi membro do Conselho de Administração do Institute for Education Planning (UNESCO) e, atualmente, é membro dos Conselhos da Anistia Internacional, Centro de Estudos das Relações do Trabalho e Desigualdades (CEERT), Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (FGV), Cidade Rio, CIVI-CO, Fundação Itaú Educação e Cultura, Frente Parlamentar Mista em Defesa da Renda Básica, Instituto Natura, Instituto Pensamentos e Ações para Defesa da Democracia e Instituto República.

Ricardo Paes de Barros

É graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em matemática pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale. Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Em 2015, Ricardo PB deixou o serviço público, assumindo a Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper, onde se dedica ao uso de evidência científica para identificação de grandes desafios nacionais e para a formulação e avaliação de políticas públicas, cobrindo os temas de produtividade do trabalho, educação, primeira infância, juventude, demografia, imigração, além dos tradicionalmente recorrentes em sua trajetória, desigualdade, pobreza e mercado de trabalho.

Rodrigo Maia

Foi Secretário de Governo da Prefeitura do Rio de Janeiro, exercendo o cargo de 1997 a 1998. Foi eleito para seu primeiro mandato de Deputado Federal em 1998. Já em 2002, foi reeleito para seu segundo mandato. Em 2006, foi reeleito para o terceiro mandato, sendo o mais votado do partido e o segundo mais votado no estado do Rio de Janeiro. Em 2010, foi mais uma vez reeleito. Desde 2002, Rodrigo Maia está entre os cem parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, em pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar. Em 2016 foi eleito Presidente da Câmara dos Deputados. Em 2021, foi nomeado para o cargo de secretário de Projetos e Ações Estratégicas do Estado de São Paulo pelo governador João Doria, licenciando-se do cargo de deputado federal. Em abril de 2022, desistiu da candidatura à reeleição para a Câmara dos Deputados e permaneceu no cargo de secretário do governo paulista, já durante a administração do governador Rodrigo Garcia.

Rodrigo R. Soares

É Professor Titular no Insper. Chegou à escola em julho de 2020 para ocupar a recém-criada Cátedra Fundação Lemann. Possui graduação em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1993), mestrado pela PUC-Rio (1997) e doutorado pela University of Chicago (2002). Rodrigo já foi professor na Columbia University, EESP-FGV, PUC-Rio e University of Maryland. Ele é Elected Fellow da Econometric Society e Membro Honorário da Latin American and Caribbean Economic Association. Sua pesquisa se concentra nas áreas de Economia do Trabalho, Crime, Saúde e Demografia Econômica. Rodrigo foi por três vezes ganhador do Prêmio Haralambos Simeonidis da ANPEC, em 2006 e 2009 pelo melhor artigo, e em 2002 pela melhor tese de doutorado. Foi também ganhador, em 2006, do Prêmio Kenneth J. Arrow da International Health Economics Association pelo melhor artigo publicado internacionalmente na área de economia da saúde. Tem artigos publicados em vários periódicos internacionais, incluindo American Economic Review, Journal of Political Economy, Review of Economic Studies e American Economic Journal: Applied Economics, dentre vários outros. É editor associado do Journal of Human Capital, do Journal of Demographic Economics e do IZA Journal of Development & Migration. Rodrigo é research fellow do IZA, fellow da Global Labor Organization e research affiliate do J-PAL Latin America.

Sérgio Abranches

Bacharel e mestre em sociologia, Universidade de Brasília; mestre e doutor (PhD) em ciência política, Cornell University Escritor e colunista da rádio CBN na série Conversa de Política.

Vanessa Rahal Canado

Mestra em direito tributário e doutora em direito pela PUC/SP. Coordenadora da Pós-Graduação e dos Cursos de Educação Executiva em Direito do Insper. Foi pesquisadora durante a criação da Escola de Direito de São Paulo da FGV (2003-2007), onde se tornou professora em 2008. Até 2019, foi professora na Clínica de Prática Jurídica Tributária (Graduação), na Pós-graduação lato sensu e (pós FGVLAW) e no mestrado profissional da FGV DIREITO SP e da EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo). Foi diretora do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) de 2017 a 2019 e advogada nos Escritórios Mattos Filho, Barbosa Müssnich Aragão, CSMV e Derraik & Menezes Advogados entre 2007 e 2019. Foi assessora especial do Ministro da Economia para assuntos relacionados à reforma tributária entre 2019 e 2021.