Home/Agenda de Eventos/O futuro da relação entre ESG e Contabilidade

Webinar

Environmental, Social and Governance, termos em inglês traduzidos como Ambiental, Social e Governança, são referências aos principais fatores que medem o índice de sustentabilidade e impacto social de uma companhia. Ao longo do tempo esse conceito também pode se tornar um critério de escolha dos investidores. Qual é a conexão entre ESG e Contabilidade, como esta é impactada e quais são as transformações recentes nesse campo?

No webinar O futuro da relação entre ESG e Contabilidade, Eduardo Flores, professor do Departamento de Contabilidade e Atuária da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo e Patrick Oliveira Matos, diretor de Contabilidade Técnica da Natura, abordarão o tema. A abertura institucional do evento será realizada por Eric Martins, coordenador de Contabilidade e Finanças e professor do Insper, que também fará a mediação, juntamente com Cristiane Kussaba, professora do Insper.

Webinars Insper – O Insper acredita que informação de qualidade, baseada em evidência, é fundamental para tomada de decisão e para o enfrentamento aos desafios impostos pela chegada do novo coronavírus. Nesse sentido, a escola promove uma série de eventos on-line, gratuitos, para divulgar conteúdos relevantes como panorama econômico, aspectos trabalhistas, ferramentas jurídicas aplicáveis, desafios para startups, liderança e gestão de equipes remotas, gestão do capital de giro em tempos de crise, impactos nas cadeias de suprimento e o impacto do novo coronavírus em empresas familiares. Confira a programação completa e assista, na íntegra, os eventos que já estão no nosso canal.

Inscreva-se e participe!

Informações

Data: 29/06/2021

Horário: 19h30

INSCRIÇÕES

29/06/2021 - O futuro da relação entre ESG e Contabilidade
  • DECRETO Nº 58.228, DE 16 DE MAIO DE 2018 Dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de travestis, mulheres transexuais e homens trans em todos os órgãos da Administração Pública Municipal Direta e nas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista municipais, bem como nos serviços sociais autônomos instituídos pelo Município, concessionárias de serviços públicos municipais e pessoas jurídicas referidas no artigo 2º, inciso I, da Lei Federal nº 13.019, de 31 de julho de 2014, que mantenham qualquer espécie de ajuste com a Administração Municipal.
  • Acessibilidade

    O campus do Insper está em conformidade com os padrões nacionais estabelecidos para acessibilidade, de forma que as pessoas com deficiência física encontrem as condições necessárias para circular com autonomia. Conheça nossas ações de Acessibilidade.
    Para garantir a qualidade dos serviços contratados, as solicitações para Interpretação em Libras devem ser feitas até 48 horas úteis antes do evento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Realização:

 

Conheça os participantes

Cristiane Kussaba

Professora de contabilidade e finanças no Insper, é mestre em controladoria e contabilidade e bacharel em ciências contábeis pela FEA-USP e tem experiência como especialista em normas e pareceres contábeis em consultorias e instituições financeiras. Também é coordenadora acadêmica na Saint Paul Escola de Negócios, supervisora da área de Normas Contábeis no banco BV e coautora do livro IFRS no Brasil: Temas Avançados Abordados por meio de Casos Reais.

Eduardo Flores

Professor do Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA-USP, Eduardo Flores é advisory counselor da IFRS Foundation, membro do Comitê de Pronunciamentos Contábeis e alternate board member do IIRC.

Eric Martins

Coordenador de Contabilidade e Finanças e professor do Insper. Pós-doutor em contabilidade pela UFES. Doutor em contabilidade pela FEA-USP. Mestre em musicologia pela ECA/USP. Bacharel em contabilidade pela FEA-USP. Consultor e parecerista contábil. Membro titular de Comitê de Auditoria e Conselho Fiscal.

Patrick Oliveira Matos

Diretor de Práticas Contábeis da Natura & Co, trabalhou em auditoria externa (Big 4) de 2008 a 2020. Membro do grupo de práticas profissionais e capital markets de 2016 a 2020, atuando em revisões de qualidade na América Latina e no posicionamento da firma em assuntos complexos envolvendo IFRS, assuntos com reguladores, principalmente CVM, SEC e PCAOB e transações nos mercados de capitais. Membro do Ibracon.