Home/Agenda de Eventos/Metricis promove 21ª oficina sobre indicadores socioambientais

Webinar

Insper Metricis (Núcleo para Medição de Impacto Socioambiental) promoveu sua 21ª Oficina de Impacto Socioambiental. O evento contou com a presença do professor Ricardo Paes de Barros, professor titular da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper, e de Haroldo Torres, empreendedor social. O tema do encontro foi É necessário ter grupo de controle em avaliações de impacto?

Após o debate, foi realizado um workshop para discutir casos reais. Os participantes foram divididos em grupos, apoiados por mediadores com expertise em medição de impacto, que conduziram a conversa em cada grupo, gerando oportunidade de discussão e feedback para a questão prática trazida. Os interessados em submeter seu projeto devem preencher o formulário neste link.

Vale ressaltar que o evento foi todo online, de modo a garantir a segurança de todos.

Informações

Data: 27/08/2020

Horário: 09h00

INSCRIÇÕES

Inscrições Encerradas!

Realização:

CONHEÇA OS PALESTRANTES

Ricardo Paes de Barros

É graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale. Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Entre 1990 e 1996, Ricardo foi professor visitante da Universidade de Yale e, entre 1999 e 2002, diretor do Conselho de Estudos Sociais do IPEA. Entre 2011 e 2015, foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Em 2015, assumiu a cátedra do Instituto Ayrton Senna (IAS) no Insper e também se tornou economista-chefe desse Instituto. Como acadêmico, publicou diversos artigos e livros sobre seus temas de pesquisa, recebendo importantes prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. Entre eles, cabe destacar o Prêmio Haralambos Simeonidis em 1995 e em 2000 e o Prêmio Mario Henrique Simonsen em 2000. Ricardo foi agraciado com a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2005, eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em 2010 e recebeu, em 2012, a primeira edição do Prêmio Celso Furtado em Estudos Sociais, oferecido pela Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS). Área de Pesquisa: Desigualdade Social, Educação, Mercado de Trabalho, Pobreza.

Haroldo Torres

É empreendedor, economista e demógrafo, com doutorado em ciências sociais. Prestou serviços para mais de 300 organizações em áreas como educação, inteligência de mercado, microcrédito, avaliação de impacto, saúde e habitação. Foi cofundador de diferentes empresas e apoia e investe em negócios com impacto social positivo.