Lançamento do Relatório de Diagnóstico Sistemático de País

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa

O Insper e o Banco Mundial convidam você a participar do evento de lançamento do Relatório de Diagnóstico Sistemático de País elaborado pelo banco. Sob o título “Retomando o Caminho para a Inclusão, o Crescimento e a Sustentabilidade”, o documento apresenta os desafios para o desenvolvimento do Brasil.

 

Em seguida, realizaremos um debate sobre as principais questões do documento com a participação de Martin Raiser, Diretor do Banco Mundial para o Brasil, Roland Clarke, especialista em setor público do Banco Mundial, Marcos Lisboa, presidente do Insper e Ricardo Paes de Barros, professor titular da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper.

 

Data: 24/05/2016

Horário: recepção a partir das 09h30

Local: Auditório Steffi e Max Perlman

Rua Quatá, 300 – Vila Olímpia, São Paulo/SP

Estacionamento: Rua Uberabinha, s/n

 

Programação

Clique no nome do participante para acessar o shortbio
09h30 – Recepção e welcome coffee

10h – Abertura com Marcos Lisboa, presidente do Insper e com Martin Raiser, Diretor do Banco Mundial para o Brasil

10h10 – Apresentação do Relatório de Diagnóstico Sistemático de País, com Roland Clarke, especialista em setor público do Banco Mundial

10h50 – Debate entre Martin Raiser, Roland Clarke, Marcos Lisboa e Ricardo Paes de Barros, professor titular da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper

11h50 – Perguntas da plateia

12h30 – Encerramento

 

Confirme sua presença:

Lançamento do Relatório de Diagnóstico Sistemático de País - 24/05/2016

 

Realização

 

É de conhecimento do participante que eventuais filmagens e/ou fotografias realizadas no evento poderão ser utilizadas em qualquer canal de comunicação para uso institucional do Insper.

 

 

Shortbios:


marcos-lisboaMarcos Lisboa – Presidente do Insper

Marcos Lisboa tem uma trajetória que abrange experiências em instituições acadêmicas, no governo e como executivo de inst ituições financeiras. Atual diretor presidente do Insper, de 2013 a abril de 2015 atuou como vice – presidente.

De 2006 a 2009 atuou como diretor executivo do Itaú – Unibanco e de 2009 a 2013, como vice – presidente. De 2005 a 2006 foi presidente do Instituto de Resseguros do Brasil e atuou como secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda de 2003 a 2005. Marcos foi professor assistente de economia na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas entre 1998 e 2002 e, anteriormen te, como professor assistente de Economia no Departamento de Economia da Universidade de Stanford, de 1996 a 1998. Marcos é Ph.D. em economia pela Universidade da Pensilvânia.

 

martinMartin Raiser – Diretor do Banco Mundial para o Brasil

Martin Raiser tem doutorado em Economia pela Universidade de Kiel, na Alemanha, e diploma em Economia e História da Economia pela London School of Economics and Political Sciences, na Inglaterra. Raiser trabalhou para o Instituto Mundial de Economia de Kiel e para o Banco Europeu para Reconstrução e Desenvolvimento, onde atuou como Diretor de Estratégia para Países e editor do Relatório de Transição.

No Banco Mundial desde 2003, Raiser ocupou as posições de Gerente de Operações do Uzbequistão e de Conselheiro Econômico na Ucrânia. Raiser trabalhou como Diretor do Banco Mundial para Ucrânia, Belarus e Moldávia, de 2008 a janeiro de 2012, quando assumiu o posto de diretor da Turquia, em Ancara.

Natural da Alemanha, Raiser é casado e pai de quatro filhos. Fala inglês e francês fluentemente; tem bom conhecimento de russo e português, além de espanhol básico. Raiser publicou artigos em jornais econômicos de referência e é autor de vários livros.

 

rolandRoland Clarke – Especialista em setor público do Banco Mundial

Roland Clarke é economista e especialista em setor público do Banco Mundial. Baseado no escritório de Brasília desde julho de 2013, coordena programas na área de política econômica, reforma do setor público e governança.

 

Trabalhou com reforma do setor público na América Latina e no Caribe e também em vários estados brasileiros, como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia. Anteriormente, trabalhou em questões semelhantes na Europa Oriental e na antiga União Soviética.

 

Antes de ingressar no Banco Mundial, foi assessor do Ministério das Finanças da Letônia, funcionário do Tesouro do Reino Unido e professor e pesquisador do Centro para Pesquisas Econômicas e Ensino (CIDE), no México, e da Universidade de Bradford, na Inglaterra, onde recebeu seu doutorado em formulação de política econômica do México.

 

ricardo-paes-de-barrosRicardo Paes de Barros – Professor titular da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper

É professor titular da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Ciências para Educação do Centro de Políticas Públicas – CPP.

 

É graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale.

 

Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Entre 1990 e 1996, Ricardo foi professor visitante da Universidade de Yale e, entre 1999 e 2002, diretor do Conselho de Estudos Sociais do IPEA. Entre 2011 e 2015, foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

 

Como acadêmico, publicou diversos artigos e livros sobre seus temas de pesquisa, recebendo importantes prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. Entre eles, cabe destacar o Prêmio Haralambos Simeonidis em 1995 e em 2000 e o Prêmio Mario Henrique Simonsen em 2000. Ricardo foi agraciado com a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2005, eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em 2010 e recebeu, em 2012, a primeira edição do Prêmio Celso Furtado em Estudos Sociais, oferecido pela Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS).

 

Em 2015, Ricardo PB deixou o serviço público e assumiu a posição de economista-chefe do Instituto Ayrton Senna bem como a titularidade da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper. Neste último, se dedica ao uso de evidência científica para identificação de grandes desafios nacionais e para a formulação e avaliação de políticas públicas, cobrindo os temas de produtividade do trabalho, educação, primeira infância, juventude, demografia, imigração, além dos tradicionalmente recorrentes em sua trajetória, desigualdade, pobreza e mercado de trabalho.

 

voltar

Doutorado em Economia dos Negócios


O programa integra a administração e economia com o objetivo de explorar a riqueza resultante da interdependência das duas áreas. Conheça!

Mestrado Profissional em Economia

Soluções de ponta para problemas práticos nas áreas de Economia e Finanças. Participe de um Encontro com a Coordenação e saiba mais sobre o curso.

Insper
linkedin facebook twitter youtube flickr

Insper

Rua Quatá, 300 - Vila Olímpia
- São Paulo/SP -
Brasil
| CEP: 04546-042
| Tel:
(11) 4504-2400

Webmail | Intranet Corporativa
Todos os direitos reservados

Mapa do site Notícias Acessibilidade Fale conosco