Home/Agenda de Eventos/Constituições revolucionárias: uma perspectiva brasileira

Webinar

Ao longo de livros e artigos nas últimas décadas, Bruce Ackerman mudou a maneira pela qual pensamos a relação entre o direito constitucional e a política. Em sua trilogia We the People, analisou como movimentos políticos bem-sucedidos transformaram o direito constitucional dos EUA, muito além das emendas formais ao texto da bicentenária constituição do país. Na obra Revolutionary Constitutions, Ackerman desenvolve e aplica essas ideias na análise comparativa de diversos países – da Índia à África do Sul, da França à Israel, da Itália ao Irã – para mostrar como lideranças populares conseguiram institucionalizar movimentos de refundação política em uma nova ordem constitucional.

Neste webinar, no contexto do lançamento da tradução em português da obra Constituições Revolucionárias: Liderança carismática e estado de direito, discutimos os principais achados e potenciais implicações de sua obra para outras democracias em momentos de crise política, a partir da perspectiva do caso brasileiro, trazida por três debatedores professores de direito constitucional

Este evento foi em inglês, sem tradução simultânea.

Veja como foi o webinar:

Informações

Data: 3/08/2022

Horário: 10h00

Programação

10h – Abertura Institucional – Diego Werneck Arguelhes

10h05 –  Palestra Bruce Ackerman

10h35 – Debates: Ana Robalinho, Diego W. A e Thomaz Pereira

11h05 – Perguntas do público

11h30 – Encerramento

INSCRIÇÕES

Realização:

Conheça os participantes

Ana Beatriz Robalinho

Doutoranda (J.S.D.) e mestre (LL.M.) pela Yale Law School. Mestre em Direito Público pela Universidade de São Paulo (USP). Graduada em Direito pela Universidade de Brasília (UnB). Professora da UnB e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa (IDP). Advogada.

Bruce Ackerman

Sterling Professor de Direito e Ciência Política em Yale (EUA), e autor de dezenove livros em filosofia política, direito constitucional e políticas públicas. É membro (Comandante) da Ordem Francesa de Mérito, do American Law Institute e da Academia Americana de Artes e Ciências. A American Philosophical Society concedeu-lhe o Prêmio Henry Phillips pelo conjunto da obra, considerando em especial sua exploração das grandes transformações e pontos de virada na história constitucional americana nos três volumes da série We the People (tradução para o Português: “Nós, o Povo Soberano”).

Diego Werneck Arguelhes

Doutor em Direito pela Universidade Yale (EUA) e Mestre em Direito Público pela UERJ. Co-diretor da Seção Brasileira da International Society for Public Law (ICON-S). Professor Associado do Insper.

Thomaz Pereira

Professor da FGV Direito Rio, doutorando e mestre em direito (LL.M.) pela Universidade Yale, bacharel em direito e mestre em Direito Processual Civil pela USP e mestre em Direito Empresarial pela PUC-SP.