Home/Agenda de Eventos/Como garantir renda a trabalhadores em quarentena? Pagamento da ajuda de emergência durante a pandemia de coronavírus é só o começo

Webinar

O quarto webinar da parceria entre o Centro de Gestão e Políticas Públicas (CGPP) do Insper e o JOTA ocorreu, 16/04, às 11h30, com o professor do Insper Ricardo Paes de Barros. No evento online, o economista e professor da Cátedra Ayrton Senna do Insper falou sobre como garantir a renda dos trabalhadores em quarentena.

A PARCERIA — Com o objetivo de apoiar não só os tomadores de decisão, mas também a sociedade de forma geral, que se preocupa com este momento, CGPP do Insper e o JOTA firmaram parceria para promover série de webinars. O objetivo é destacar os impactos e alternativas para este momento.

“Acreditamos que o debate em torno de conteúdos relevantes poderá apoiar o Brasil a atravessar esse momento de maneira fundamentada e buscando sempre o bem-estar da sua população”, afirma André Luiz Marques, coordenador executivo do CGPP.

Veja como foi o evento:

 

Informações

Data: 16/04/2020

Horário: 11h30

CONHEÇA O PALESTRANTE

Ricardo Paes de Barros

É graduado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), com mestrado em estatística pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e doutorado em Economia pela Universidade de Chicago. Possui pós-doutorado pelo Centro de Pesquisa em Economia da Universidade de Chicago e pelo Centro de Crescimento Econômico da Universidade de Yale. Integrou o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA) por mais de 30 anos, onde realizou inúmeras pesquisas focadas em questões relacionadas aos temas de desigualdade e pobreza, mercado de trabalho e educação no Brasil e na América Latina. Entre 1990 e 1996, Ricardo foi professor visitante da Universidade de Yale e, entre 1999 e 2002, diretor do Conselho de Estudos Sociais do IPEA. Entre 2011 e 2015, foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Em 2015, assumiu a cátedra do Instituto Ayrton Senna (IAS) no Insper e também se tornou economista-chefe desse Instituto. Como acadêmico, publicou diversos artigos e livros sobre seus temas de pesquisa, recebendo importantes prêmios em reconhecimento ao seu trabalho. Entre eles, cabe destacar o Prêmio Haralambos Simeonidis em 1995 e em 2000 e o Prêmio Mario Henrique Simonsen em 2000. Ricardo foi agraciado com a comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2005, eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências em 2010 e recebeu, em 2012, a primeira edição do Prêmio Celso Furtado em Estudos Sociais, oferecido pela Academia Mundial de Ciências (The World Academy of Sciences – TWAS).exemplo, PPPs, concessões e terceirização) – a questões ligadas ao desempenho e accountability em serviços públicos e a inovações organizacionais na busca do interesse coletivo. Seus trabalhos têm sido publicados nas principais revistas de administração do Brasil e em periódicos internacionais de ponta tais como: Organization Science, Journal of Management Studies, Journal of Public Administration Research and Theory (JPART), Long Range Planning(LRP), Strategic Entrepreneurship Journal (SEJ), International Review of Administrative Sciences, International Public Management Journal (IPMJ), Public Money and Management (PMM), Public Choice, entre outros. Faz parte do board da área de Administração Pública da Academy of Management. Possui experiência profissional em organizações privadas e como consultor de empresas, governos e organizações multilaterais no Brasil e no exterior.