Home/Agenda de Eventos/Como aprimorar o impacto do Ministério Público na gestão e políticas públicas?

O trabalho do Ministério Público, antes restrito à área criminal, hoje se estende a inúmeros setores com o objetivo de garantir os direitos sociais e individuais. Esses direitos só se materializam com a implementação de políticas públicas consequentes. Como a atuação dos promotores e procuradores de Justiça se reflete na elaboração e execução dessas políticas públicas? Qual é resultado das ações do Ministério Público em áreas tão distintas, que vão do meio ambiente aos direitos humanos? Essas e outras questões serão discutidas no evento que contará com representantes do MP-SP e professores do Insper nas áreas de políticas públicas e economia.

Na ocasião, também será anunciada a parceria entre as duas instituições. A escola apoiará o MP na identificação e diagnóstico de entraves que comprometem a eficiência na gestão pública, por meio da análise de dados e com suporte na tecnologia. O termo de cooperação objetiva também a formação do agente público a partir da possibilidade de concessão de bolsas de estudo pelo Insper a integrantes do Ministério Público.

A aproximação entre a academia e os profissionais do MP-SP traz benefícios mútuos. O Insper avança na produção de pesquisas aplicadas, reforçando o compromisso de impactar positivamente a sociedade e a gestão pública. O Ministério Público, por sua vez, oferece aos seus membros ferramentas para que possam aprimorar a prestação de serviço ao cidadão.

Informações

Data: 6/08/2018

Horário: 18h30

Local: 407 – 4º andar - Insper

Programação

18h30

Recepção e credenciamento

19h

Abertura e anúncio da parceria

  • Marcos Lisboa (Insper)
  • Gianpaolo Poggio Samnio (Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo)

19h15 

Debate

  • Prof. Paulo Furquim (Insper)
  • Milton Seligman (Insper)
  • Fábio Bechara (Secretário Executivo)

Conheça os palestrantes

Paulo Furquim

É graduado em Administração Pública, pela FGV e é Mestre e Doutor em Economia pela FEA-USP. Foi Visiting Professor no MIT (pós-doutorado), em 2012, e Visiting Scholar na University of California at Berkeley, em 1994. Antes de se juntar ao Insper, foi professor da Sao Paulo School of Economics – FGV, bem como da USP-RP e da UFSCar. É autor de diversos artigos e capítulos de livros sobre os seguintes temas: defesa da concorrência, regulação, estratégias empresariais, organização dos mercados e da firma, e Direito e Economia. Foi também Conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) de 2006 a 2009, tendo sido o seu presidente interino de 08/2008 a 11/2008, quando acumulou experiência no enforcement de políticas de concorrência e regulação de mercados. Em 2016, recebeu o prêmio Competition & Anti-trust Advisory Firm Of The Year, da Corporate LiveWire – Global Awards 2016, tendo sido também referenciado pela Global Competition Review – Who is Who – como Most Highly Regarded Competition Economist in Brazil.

Milton Seligman

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Maria. É membro do Conselho de Administração da Cerveceria Nacional Domenicana, da República Dominicana e da Cerveceria Bucanero, de Cuba, empresas associadas a Ambev. Foi VP of Corporate Affairs para a América Latina Norte da Anheuser-Busch Inbev Company e Diretor de Relações Corporativas da Ambev até dezembro de 2013. Foi Secretário-Executivo e Ministro Interino do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (1999-2000), Presidente e Membro do Conselho de Administração do BNDES (1999-2000), Presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA (1997-1998) e Secretário-Executivo e Ministro da Justiça (1995-1997). Teve diversos outros cargos no setor público e atuou ainda em organismos internacionais tendo sido Assessor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD (1993-1994). No Insper atua como Coordenador Geral dos Programas em Gestão e Políticas Públicas.

Fábio Bechara

Promotor de Justiça em São Paulo, atual secretario executivo da Procuradoria-Geral de Justica. Doutor em Direito pela USP. Global Fellow do Brazil Institute do Woodrow Wilson International Center for Scholars. Membro do GACINT - Grupo de Analise de Conjunturas Internacionais da USP. Professor da Universidade Mackenzie.