Home/Agenda de Eventos/Comitê Alumni de Desenvolvimento Profissional e Empregabilidade

COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA – TRANSFORMANDO CONFLITOS EM CONEXÕES

A capacidade de diálogo é uma habilidade chave para resolução de problemas complexos e criação de um ambiente colaborativo. Neste cenário, a comunicação não violenta surge como uma ferramenta essencial na busca por aprimorar e estreitar relacionamentos. A Comunicação Não Violenta se baseia em habilidades de linguagem e comunicação que fortalecem a capacidade de continuarmos humanos, mesmo em condições adversas. […] Nossas palavras, em vez de serem reações repetitivas e automáticas, tornam-se respostas conscientes, firmemente baseadas na consciência do que estamos percebendo, sentindo e desejando. – Marshall B. Rosenberg Neste bate papo promovido pelo Comitê Alumni de Desenvolvimento Profissional e Empregabilidade Cesar Augusto P. Blanco, especialista no assunto, abordará o tema trazendo dicas para ajudar profissionais a transformar conflitos em conexões.

O Comitê Alumni de Desenvolvimento Profissional e Empregabilidade foi criado com o objetivo de disponibilizar recursos e gerar oportunidades para Comitê Alumni por meio do desenvolvimento de habilidades complementares à formação técnica, além de potencializar a empregabilidade dos participantes.

Informações

Data: 11/03/2021

Horário: 19h30

INSCRIÇÕES

Vagas encerradas.


Realização:

CONHEÇA OS PALESTRANTES

Cesar Augusto Pastori Blanco

Co-founder da LEONM (Legal Online Mediation) – Plataforma global 100% on-line de mediação de conflitos interempresarial. Advogado colaborativo, mediador de conflitos, pesquisador de estudos de paz, administrador de empresas com ênfase em Tecnologia da Informação (TI) e empreendedor social. Atualmente cursa Mestrado na Cátedra da UNESCO para Estudos de Paz, Desenvolvimento, Segurança e Transformação Internacional de Conflitos na Universidade de Innsbruck. Atua há mais de 11 anos em diversas empresas da iniciativa privada e pública. Acredita que a mediação de conflitos é uma arte que tem o potencial de empoderar e transformar consciências, configurando um dos principais vetores para o desenvolvimento social de uma cultura de paz.